Home / Arte / A bomba atômica em Hiroshima e o Museu Judaico de Berlim são assuntos da Sessão Philos do +Globosat

A bomba atômica em Hiroshima e o Museu Judaico de Berlim são assuntos da Sessão Philos do +Globosat

A bomba atômica em Hiroshima e o Museu Judaico de Berlim
são assuntos da Sessão Philos do +Globosat

Sábado, 08 de agosto, às 16h30

A Sessão Philos do próximo sábado, dia 8, traz para o público um documentário especial, após a semana que marca os 70 anos da bomba que destruiu Hiroshima. “O dia em que jogaram a bomba” mostra como o ataque à Hiroshima repercutiu no mundo todo e teve um importante papel, acelerando o fim da Segunda Guerra Mundial. Ainda no sábado, é exibido o episódio “Museu Judaico de Berlim”, da série “Arquitetura”, que mostra a construção do museu desenhado em zigue-zague por Daniel Libeskind.

O dia em que jogaram a bomba
Ano: 2015

Classificação: 14 anos
Diretor: Leslie Woodhead
País: Reino Unido
Duração: 52 minutos
Sinopse: A bomba atômica de Hiroshima acelerou o fim da 2ª Guerra Mundial e suscitou um debate que continua até hoje, sobre a moralidade do uso dessa arma nuclear. O documentário apresenta entrevistas com sobreviventes da bomba, conta com o único membro ainda vivo da tripulação do avião que lançou o dispositivo nuclear e também com o único cientista britânico remanescente que contribuiu para a construção da arma.

The Day They Dropped The Bomb

The Day They Dropped The Bomb. Foto Divulgação.

Arquitetura – Museu Judaico de Berlim
Ano: 2002

Classificação: Livre
Diretor: Richard Copans, Stan Neumann
País: França
Duração: 26 minutos
Sinopse: Esta série apresenta e examina, de forma didática e única, grandes realizações arquitetônicas de nossa época. O Museu Judaico de Berlim, desenhado por Daniel Libeskind, é um teste para os limites da arquitetura. Neste episódio, entenda como, em um local onde tudo havia sido destruído, foi erguida uma nova construção sem apagar a memória do que um dia existiu ali. O formato de zigue-zague do museu lembra a estrela de David e só é possível entrar por uma passagem subterrânea.

Archi Musee Juif Berlin

Archi Musee Juif Berlin. Foto Divulgação.

Sábados, às 16h30.
08/08 – “O dia em que jogaram a bomba” e “Arquitetura – Museu Judaico de Berlim”

Sessão Philos no +Globosat
A Sessão Philos leva para o canal +Globosat uma seleção dos melhores documentários sobre arte, história, música, atualidades, ciência, povos e culturas. Todas as produções exibidas fazem parte da grade do Philos.

Sobre o Philos
Criado pela Globosat, o Philos não é um canal tradicional. Com um vasto acervo que reúne os melhores documentários e espetáculos inesquecíveis, Philos está disponível no modelo de subscription video on demand (SVOD), em que o espectador escolhe o momento e o conteúdo que deseja assistir, quantas vezes quiser, por meio de uma assinatura.

Com produções de altíssima qualidade, Philos reúne documentários sobre arte, ciência, história, atualidades, música, povos e culturas; debates e entrevistas; e espetáculos de dança e música – tudo em alta definição (HD).

Para ter acesso ao Philos, é necessário contratar o serviço através de uma operadora de TV por assinatura que ofereça o pacote (GVT e NET, R$ 14,90 mensais) ou pela Globo.com (R$ 16,90 mensais), que dá acesso a todo o acervo. Os conteúdos podem ser assistidos na TV (usando o decoder da operadora), no computador – pelo site www.philos.tv – ou em apps para iPhones, iPads e dispositivos Android.

Comentários

3 comentários

Deixe um Comentário

O seu endereço de email não será publicado.Campos obrigatórios estão marcados *

*