Home / Arte / Acervos dos museus da FCC poderão ser consultados pela internet
Casa da Memória. Foto: Cido Marques.

Acervos dos museus da FCC poderão ser consultados pela internet

O Acordo de Cooperação Técnica firmado entre a Fundação Cultural de Curitiba e a Secretaria de Estado da Cultura para adesão dos museus municipais ao Sistema Estadual de Museus já apresenta os primeiros resultados. Em janeiro terá início o processo de migração dos bancos de dados dos acervos para um novo sistema que possibilitará a consulta pública das obras de arte pela internet.

Publicidade: Banner Luiz Carlos de Andrade Lima

No dia 9 de janeiro, bibliotecários e técnicos do Museu Municipal de Arte começam o treinamento oferecido pela Coordenadoria do Sistema Estadual de Museus para fazer a transferência das informações para o Pergamum, que é o programa de catalogação e armazenamento utilizado pelos museus estaduais. O sistema foi desenvolvido pela Universidade Católica do Paraná e atualmente é utilizado em mais de 424 instituições e 8 mil bibliotecas em todo o Brasil.

O Museu Municipal de Arte tem um total de 3.830 obras catalogadas. Na sequência, todos os demais acervos da Fundação Cultural de Curitiba também serão transferidos para a nova plataforma: Museu da Gravura (2.809 obras), Museu da Fotografia (1.496 imagens), Museu de Arte Sacra (1.580 itens), além de todos os itens do Centro de Documentação e Pesquisa da Casa da Memória, da Gibiteca de Curitiba, do Conservatório de MPB e da Cinemateca, num total de mais de 700 mil itens, entre livros, documentos, fotografias, cartazes, gibis, periódicos, CDs, DVDs e filmes.

De acordo com a diretora de Patrimônio Cultural da Fundação Cultural de Curitiba, Marili Azim, o Pergamum é a ferramenta adequada para a catalogação e disponibilização do acervo da Fundação Cultural, diante da grande diversidade de formatos e suportes. “O uso do sistema é gratuito para a Fundação Cultural, mas o mais importante é que ele permitirá o acesso da população às informações dos acervos municipais”, diz Marili.

O acordo de cooperação foi firmado no dia 6 de dezembro pelo presidente da Fundação Cultural de Curitiba, Marcos Cordiolli, e pelo secretário de Estado da Cultura, João Luiz Fiani. Além do uso do Pergamum, o acordo tem o objetivo de promover a articulação entre os museus existentes no estado, desenvolver programas de assistência técnica, promover programa de capacitação de recursos humanos, incentivar a realização de atividades culturais, fomentar a pesquisa, inventário, registro, vigilância e tombamento das obras de arte, e manter o intercâmbio com entidade nacionais e internacionais.

Comentários

Deixe um Comentário

O seu endereço de email não será publicado.Campos obrigatórios estão marcados *

*