الرئيسية / الفن / África Hoje no MARpor Adriane Constante

África Hoje no MARpor Adriane Constante

África Hoje no MAR por Adriane Constante

متحف الفن ريو, por meio da Escola do Olhar, realiza a segunda etapa do projeto que apresenta a diversidade do continente africano

في الأيام 9 و 10 أغسطس, على Museu de Arte do Rio – MAR vai promover a segunda etapa do programa África Hoje no MAR. Com curadoria do professor-associado na Universidade Católica de Lisboa e curador do Programa Gulbenkian Próximo Futuro, António Pinto Ribeiro, o projeto teve início em março de 2014, com a visita do ex-jogador de futebol e ativista da educação contra o racismo Lilian Thuram. الآن, os convidados são os professores doutores Harry Garuba, da Universidade do Cabo, e Alexandre dos Santos, da PUC-Rio, que participam de uma conferência no dia 9 (السبت), entre 10h e 13h, no auditório do Museu.

Especialista em literatura africana, Garuba abordará o tema “Fases do Pensamento Intelectual Africano: Raça, Escravidão, Colonialismo e Depois”, esboçando um modelo para o entendimento das diferentes fases do pensamento intelectual e político da África na modernidade, começando a partir do momento de escravização e racialização ao longo do período de colonização e resistência até o momento contemporâneo da globalização.

Já Alexandre dos Santos – professor de história da África e editor-chefe do programa Como Será?, da Globo – em sua participação, intitulada “África: Imagens Dicotômicas – Uma Perspectiva Histórica da Construção das Percepções Sociais e das Visões da Diplomacia Brasileira”, vai propor uma conversa a respeito das relações que o Brasil manteve com o continente africano, antes e depois da independência, e de como a imagem do que representa a África foi sendo moldada, modificada e reconstruída a partir das necessidades da diplomacia e do governo brasileiros.

“Muitas foram as alterações que aconteceram no século XX, و, em particular, após as independências dos países africanos, mas a globalização e uma consciência pós-colonial dos agentes e líderes dos países africanos hoje constituem a mais séria ‘revolução’ da representação que se tem sobre África e que África produz sobre si própria”, comenta António Pinto Ribeiro sobre a importância de colocar o continente em pauta.

Para a gerente de Educação do MAR, Janaína Melo, a localização do Museu propicia o debate. “África Hoje no MAR é um programa fundamental para a instituição por promover um espaço de discussão que envolve cinema, فلسفة, racismo, literatura e outros temas culturais e sociais. A proposta atenta para o espaço em que estamos inseridos: a Região Portuária do Rio de Janeiro, também conhecida como Pequena África, um importante lugar da história brasileira. علاوة على ذلك, o projeto permite uma aproximação entre os países africanos e o Brasil”, توضح هذه المقالة.

Assim como na primeira etapa, o programa também engloba o Ciclo de Cinema Nova África. A mostra apresenta a produção cinematográfica recente do continente, com foco nos problemas socioeconômicos da África pós-colonial. Serão exibidos os documentários SEM FLASH – Homenagem a Ricardo Rangel (1924–2009), de Bruno Z‘Graggen, و Black Gold, من Mark Francis e Nick Francis, e o filme de ficção Cadjigue, من Sana Na N’Hada.

África Hoje no MAR – um dos projetos do MAR na Academia, promovido pela Escola do Olhar -, acontece ao longo do ano de 2014 e faz parte da agenda em comemoração ao centenário de Abdias Nascimento. A proposta é apresentar toda a diversidade – de pessoas, etnias, regimes políticos – do continente africano, demonstrando a grandeza de sua produção artística e massa crítica intelectual. Em novembro, o programa chega à sua terceira e última etapa com o Seminário Literatura e Poesia e a mostra de cinema Ciclo MzansiThe Reel South Africa.

Convite do Evento:

Programa África Hoje no MAR - و Museu دي ارتي دو ريو

Museu de Arte do Rio – MAR

البحر مساحة مخصصة للفن والثقافة البصرية. مثبتة على Praça Mauá, وهو يشغل مبنيين: كبار السن, نمط هوت وانتقائي, que abriga o pavilhão de exposições; رجل أصغر سنا, نمط الحداثة, حيث لا "تبدو المدرسة". وتنضم إلى التصميم المعماري المبنيين مع تغطية ملموسة السوائل, que remete a uma onda – marca registrada do Museu –, ومنحدر, حيث يصل زائر في مساحات العرض.

.
البحر, uma iniciativa da Prefeitura do Rio em parceria com a Fundação Roberto Marinho, الأنشطة التي تنطوي على جمع, سجل, بحث, حفظ والعودة إلى المجتمع المحلي للسلع الثقافية. مساحة الدعم الاستباقي للتعليم والثقافة, o Museu já nasceu com uma escola – a Escola do Olhar –, مقترح المتحف الذي هو مبتكرة: تطوير برنامج تعليمي للأعمال في البرازيل وفي الخارج, الجمع بين الفن والتعليم من برنامج التصميم الذي يوجه المؤسسة.

O Museu tem a Vale e as Organizações Globo como patrocinadoras e o apoio do حكومة ولاية ريو دي جانيرو ومن وزارة الثقافة, من خلال القانون الاتحادي من حافز للثقافة. A gestão fica a cargo do معهد اوديون, جمعية خاصة, منظمة لا تستهدف الربح, تتمثل مهمتها في تعزيز المواطنة، وتطوير التعليم من خلال المشاريع الثقافية.

Programação mostra de cinema

09/08 (السبت), الساعة 02:00 م: Black Gold

Mark Francis e Nick Francis | المملكة المتحدة | 2006 | Cor | 78 دقيقة | تصنيف: مجاناً

Contra o pano de fundo da jornada de Tadesse a Londres e Seattle, o enorme poder das empresas multinacionais que dominam o comércio de café do mundo torna-se aparente. Comerciantes de commodities, de Nova Iorque, as trocas internacionais do café, e as negociações duplas de ministros de Comércio da Organização Mundial do Comércio revelam os muitos desafios enfrentados por Tadesse em sua busca por uma solução a longo prazo para seus agricultores.

10/10 (الأحد), الساعة 02:00 م: Cadjigue

Sana Na N’Hada | Guiné-Bissau | 2013 | Ficção | 113 دقيقة | تصنيف: مجاناً

Língua original: crioulo.

Tal como no paraíso original, os habitantes do arquipélago de Bijagós vivem de acordo com as tradições ancestrais e em absoluto respeito pela natureza até que, um dia, um bando de traficantes de droga ocupa as suas ilhas sagradas. Quando o feiticeiro da aldeia morre, tudo parece estar perdido, mas seu jovem aprendiz aceita ser seu sucessor e decide lutar contra os invasores para salvar a aldeia.

SEM FLASH – Homenagem a Ricardo Rangel (1924–2009)

Bruno Z‘Graggen | موزمبيق | 2012 | فيلم وثائقي | 56 دقيقة | تصنيف: مجاناً

Línguas originais: português e inglês.

O retrato cinematográfico, sob a forma de documentário, realizado pelo curador de exposições Bruno Z‘Graggen, com direção de fotografia do produtor de vídeo Angelo Sansone (ambos de Zurique), assume-se como um condigno ensaio sobre a obra do grande fotógrafo moçambicano Ricardo Rangel.

مكتب الصحافة

Adriane Constante – Atendimento

adriane.constante@approach.com.br

(21) 3461-4616 -ملحق 179

João Veiga – Coordenação

joao.veiga@approach.com.br

(21) 3461-4616 -ملحق 170

موقع على شبكة الإنترنت obrasdarte.com:
Logo do Site Obras de Arte
الفنانين المعاصرين
معرض الأعمال الفنية
جوجل +
| الفيسبوك مروحة الصفحة | تغريد

تعليقات

2 تعليقات

اضف رد

لن يتم نشر البريد الإلكتروني . الحقول المطلوبة مشار لها بـ *

*