Home / Arte / Arte sacra e obra de aleijadinho são destaque de exposição em São Paulo
Talha de madeira - Aleijadinho. Foto: Divulgação.

Arte sacra e obra de aleijadinho são destaque de exposição em São Paulo

Um presépio composto por esculturas de Nossa Senhora, São José e o Menino Jesus, um burrico e um boi, do escultor equatoriano de obras sacras Manuel Chili, o Caspicara, e uma raríssima iconografia religiosa de Nossa Senhora do Leite em barro policromado com 38 cm de altura, do século XVIII, estarão em exposição entre os dias 09, 10 e 11 de dezembro, no espaço Dutra Leilões, em São Paulo.

De acordo com Luiz Fernando Dutra, responsável pelo evento, o visitante também poderá apreciar obras de diversos artistas brasileiros, algumas em primeira edição, oportunidade única para bibliófilos e colecionadores.

Publicidade: Banner Luiz Carlos de Andrade Lima

Na ocasião ainda estarão expostos uma talha de madeira, folhada a ouro, de Antônio Francisco Lisboa, o “Aleijadinho”, um par de anjos lampadófaros, de madeira entalhada e policromada do século XVII e uma raríssima imagem em barro cozido, com 94,5 cm de altura de Nossa Senhora da Assunção, de Frei Agostinho da Piedade, e considerada em um artigo publicado no Diário de Notícias de Salvador, por Clerival dos Prado Valladares, como ‘a primeira manifestação de arte superior que se fez nas terras do Brasil, e com a terra brasileira’.

Haverá talhas, imagens e um belo florão, ou coroamento de altar, de madeira entalhada e policromada com 90 cm de altura, de Mestre Valentim, um dos precursores e responsáveis pelo barroco brasileiro, que provavelmente pertenceu a Igreja São Pedro dos Clérigos, demolida entre 1943 e 1944, para construção da Av. Presidente Vargas.

Um conjunto de oito cadeiras que pertenceram ao Palácio de Petrópolis no período de D. Pedro II, uma coleção de máscaras e esculturas africanas do século XIX, candelabros de bronze do mesmo século e um conjunto de esculturas orientais em marfim integram o acervo.

Finalmente, Dutra traz aos visitantes a primeira edição do poema Caramuru, que narra o descobrimento da Bahia, o naufrágio de Diogo Álvares Correia e seus amores com as índias e o primeiro exemplar do livro Espumas Flutuantes, de Castro Alves.

Entre as telas, estrão o quadro Paisagem Rural, de Anita Malfatti e o Retrato de Helena Alves de Souza, de Candido Portinari. Após a exposição, as obras serão leiloadas no mesmo local nos dias 12 e 13 de dezembro, segunda-feira, a partir das 20h30.

O convite e o catálogo, completos, estão disponíveis no site www.dutraleiloes.com.br

Serviço:

Local da Exposição e do Leilão
Rua João Lourenço, 79 – Vila Nova Conceição
Exposição de 9,10e 11 de dezembro das 12h às 21h
Leilão: dias 12 e 13 de dezembro de 2016 – a partir das 20h30.

Telefone: (11) 3887- 3234

Comentários

Deixe um Comentário

O seu endereço de email não será publicado.Campos obrigatórios estão marcados *

*