Home / Arte / Autismo e Mozart na Sessão Philos do +Globosat

Autismo e Mozart na Sessão Philos do +Globosat

Autismo e Mozart na Sessão Philos do +Globosat

Sábado, 01 de agosto, às 16h30

Abrindo a programação de agosto, a Sessão Philos do próximo sábado (1) vai apresentar o documentário “Enigma do Autismo”, transtorno que teve um aumento de 600% em seu diagnóstico nos últimos 20 anos. “Barenboim Filarmônica de Berlim – Concerto para Piano de Mozart” encerra a Sessão Philos do dia. Neste episódio, o regente e pianista Daniel Barenboim interpreta e conduz a Orquestra Filarmônica de Berlim no concerto No. 20 em ré menor, composto em 1785 e um dos oito últimos concertos de Mozart.

O Enigma do Autismo
Ano: 2011
Classificação: Livre
Diretor: Marion Gruner, Christopher Sumpton
País: Canadá
Duração: 52 minutos
Sinopse: Com um impressionante aumento de 600% em diagnósticos nos últimos 20 anos, o autismo é o transtorno de desenvolvimento que mais cresce no mundo industrializado. A partir de descobertas recentes sobre o efeito que bactérias intestinais podem ter no cérebro, e graças aos esforços dos pais, ávidos por respostas sobre o comportamento dos filhos, pesquisas científicas começam a investigar uma possível relação entre essas bactérias e o autismo.

Barenboim Filarmônica de Berlim – Concerto para Piano de Mozart
Ano: 1988/1989
Classificação: Livre
Diretor: George Moorse, Jean-Pierre Ponnelle and Klaas Rusticus
País: Alemanha
Duração: 126 minutos
Sinopse: Na belíssima Siemens-Villa em Berlim, o premiado regente e pianista Daniel Barenboim, interpreta e conduz a renomada Orquestra Filarmônica de Berlim nos oito últimos concertos de Mozart. Neste episódio, aprecie o No. 20 em ré menor (K. 466) composto em 1785 e, segundo Barenboim, o concerto preferido do ditador soviético Joseph Stalin.

Sábados, às 16h30.
01/08 – “O Enigma do Autismo” e “Barenboim Filarmônica de Berlim – Concerto para Piano de Mozart”

Sessão Philos no +Globosat

A Sessão Philos leva para o canal +Globosat uma seleção dos melhores documentários sobre arte, história, música, atualidades, ciência, povos e culturas. Todas as produções exibidas fazem parte da grade do Philos.

Sobre o Philos

Criado pela Globosat, o Philos não é um canal tradicional. Com um vasto acervo que reúne os melhores documentários e espetáculos inesquecíveis, Philos está disponível no modelo de subscription video on demand (SVOD), em que o espectador escolhe o momento e o conteúdo que deseja assistir, quantas vezes quiser, por meio de uma assinatura.

Com produções de altíssima qualidade, Philos reúne documentários sobre arte, ciência, história, atualidades, música, povos e culturas; debates e entrevistas; e espetáculos de dança e música – tudo em alta definição (HD).

Para ter acesso ao Philos, é necessário contratar o serviço através de uma operadora de TV por assinatura que ofereça o pacote (GVT e NET, R$ 14,90 mensais) ou pela Globo.com (R$ 16,90 mensais), que dá acesso a todo o acervo. Os conteúdos podem ser assistidos na TV (usando o decoder da operadora), no computador – pelo site www.philos.tv – ou em apps para iPhones, iPads e dispositivos Android.

Comentários

2 comentários

Deixe um Comentário

O seu endereço de email não será publicado.Campos obrigatórios estão marcados *

*