Home / Arte / Baby Doll – Toda Mulher pode ser uma boneca

Baby Doll – Toda Mulher pode ser uma boneca

Trabalho de artista gaúcha que investiga o feminismo no Japão tem exposição
em São Paulo a partir de 5 de outubro, em galeria da Consolação

Cínthya Verri, 37 anos, é artista plástica, médica, dramaturga, escritora e comunicadora. Seja no ateliê, no consultório ou nos meios de comunicação, sua ação é marcada pela contemporaneidade e pela exploração de vieses inéditos.

Publicidade: Banner Luiz Carlos de Andrade Lima

No trabalho Baby Doll – Toda Mulher pode ser uma boneca, ela se vale de mosaicos, pinturas em papel, tecidos inéditos e couros para evocar duas tendências de comportamento próprias do Japão, que certamente provocarão ampla discussão sobre afetividade e sexualidade: as Dutch Wives e as Gyaru.

Dutch Wives são manequins de silicone ultrarrealistas. As bonecas têm opções de rosto e de cabelos e já vêm de fábrica com algumas peças de vestuário e lingerie para que o proprietário não precise se constranger no comércio. Há alguns anos, observa-se que alguns homens assumem um relacionamento amoroso e sexual com suas bonecas. O site da exposição tem postados alguns vídeos sobre as Dutch Wives e as Gyaru – confira em http://bit.ly/2xdOQ3D.

Gyaru é o nome de uma subcultura da juventude japonesa em que as adolescentes compõem caricaturas de estereótipos femininos, transformando-se em “bonecas vivas”. No início da década de 1990, perceberam-se meninas do ensino médio com cabelos castanhos, saias escolares curtas e pele artificialmente bronzeada agarradas a bolsas de luxo europeias e usando cachecóis Burberry. Nasciam as gyaru (pronúncia japonesa da palavra derivada do inglês girl: “gal”).

Na exposição de Cínthya, as Dutch Wives e as Gyaru serão retratadas em 21 trabalhos entre mosaicos, couros, gravuras e telas. A provocação Baby Doll – Toda Mulher pode ser uma boneca interferirá na arquitetura da Andreus Galeria: as obras estarão instaladas em um contêiner, e a presença de Gyarus brasileiras já foram confirmadas na abertura, em 5 de outubro.

Serviço:

BABY DOLL – TODA MULHER PODE SER UMA BONECA
ANDREUS GALERIA – Rua Nestor Pestana, 109 – Bairro Consolação – São Paulo
De 05 a 27 de outubro

Entrada franca

.

Mais da autora:

Site pessoal de Cínthya – www.cinthyaverri.com.br
Instagram: @cinthyaverri
Facebook: facebook.com/cinthyaverri

Comentários

Um comentário

Deixe um Comentário

O seu endereço de email não será publicado.Campos obrigatórios estão marcados *

*