Home / Art / Film Club of the Cinematheque presents Cycle Roberto Rossellini
Viagem à Itália de de Roberto Rossellini. Photo: Disclosure.

Film Club of the Cinematheque presents Cycle Roberto Rossellini

The film society of the Cinematheque displays in October a series of four films by Roberto Rossellini (1906-1977), diretor consagrado e um dos expoentes do neorrealismo italiano, ao lado de Vittorio de Sica e Luchino Visconti. O movimento surgiu após a Segunda Guerra Mundial, refletindo a realidade econômica e social daquele período. Um dos filmes de Rossellini, “Roma, Cidade Aberta”, é considerado o marco do movimento.

O ciclo que será exibido na Cinemateca, on Saturdays, às 14h, traz uma de suas obras-primas – “Alemanha, Ano Zero”, filme produzido em 1947. Os demais filmes são representativos de outras fases da carreira do cineasta, que teve uma produção profícua, dirigindo vários filmes de ficção, documentários e produções para TV.

About the film Club

To keep alive the interest in cinema as art and expand the public space, the Curitiba Cultural Foundation promotes since April 2014 the film society of the Cinematheque. Organized by the collective Atalante, an independent group that two years ago develops activities in different cultural areas.

Check:

3 October 2015
GERMANY, ANO ZERO (“Germania, Anno Zero”, 1948/Itália – 73’)
Em Berlim, após o final da 2ª Guerra Mundial, Edmund (Edmund Moeschke), um garoto de uma família muito pobre, trabalha para sustentar o pai doente, sua pequena irmã e o irmão, que não tem documentos. One day, ao conversar com um antigo mestre (Erich Gühne), fala do seu pai enfermo e entende ter recebido um conselho para matar seu pai, um peso morto. Ele começa a pensar na idéia.
Rating: 14 years

Germany, Ano Zero de de Roberto Rossellini. Photo: Disclosure.

Germany, Ano Zero de Roberto Rossellini. Photo: Disclosure.

10 October 2015
TRIP TO ITALY (“Viaggio in Italia”, 1954/FR/ITA – 85’)
Um casal inglês (Ingrid Bergman e George Sanders) parte para o Sul da Itália para aí vender uma propriedade recentemente herdada. A sua relação, repleta de distância, piora ao entrarem em contato com Nápoles, os seus habitantes e fantasmas. Ela recorda um poeta que a amou e que morreu durante a guerra; ele foge para Capri, flertando com mulheres, mas evitando o adultério; ela visita os museus de Nápoles e Pompeia, mergulhando no fascínio que os napolitanos têm pela morte. With her, ele mostra-se sarcástico; com ele, ela é crítica. É a ilustração falsamente simples de um casal cansado cujo casamento se vai desintegrando, transformado por Roberto Rossellini numa história apaixonada que mistura crueldade e cinismo.
Rating: 12 years

Viagem à Itália de de Roberto Rossellini. Photo: Disclosure.

Viagem à Itália de Roberto Rossellini. Photo: Disclosure.

17 October 2015
ÍNDIA, MATRI BHUMI (“India: Matri Bhumi”, 1959/FR/ITA – 88’)
Versão restaurada do esquecido filme de Roberto Rossellini. Apesar de creditado como documentário, o filme mistura elementos ficcionais e documentais, contando pequenas histórias de personagens de diferentes idades e classes sociais do país, montando assim abricolagem humana” which, segundo o narrador nos primeiros momentos do filme, é a India.
Rating: 12 years

India, Matri Bhumi de de Roberto Rossellini. Photo: Disclosure.

India, Matri Bhumi de Roberto Rossellini. Photo: Disclosure.

31 October 2015
SÓCRATES (“Socrate”, 1971/FR/ITA/ESP – 120’)
Esta cinebiografia apresenta os últimos dias de Sócrates, elucidando de maneira concisa e bastante clara alguns dos mais célebres diálogos platônicos, a exemplo daApologia” (discurso de defesa no julgamento), “Críton” (o diálogo sobre a prisão entre um discípulo e Sócrates) and “Fédon” (os últimos ensinamentos do mestre antes de tomar a cicuta).
Rating: 14 years

Sócrates de Roberto Rossellini. Photo: Disclosure.

Sócrates de Roberto Rossellini. Photo: Disclosure.

.

Time: at 2:00

Local: Cinematheque

Entrance: Free

Comments

3 comments

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*