Home / Arte / Cinemateca apresenta mostra de filmes sobre refugiados
Filme Exodus – De onde eu vim não existe mais. Foto: Divulgação.
Filme Exodus – De onde eu vim não existe mais. Foto: Divulgação.

Cinemateca apresenta mostra de filmes sobre refugiados

A Cinemateca de Curitiba apresenta a partir desta quinta-feira (1º) a mostra “Olhares sobre o Refúgio”, com exibição até domingo (4), sempre às 19h, de produções sobre o drama de refugiados. A mostra é promovida pela ACNUR – Agência da ONU para Refugiados como parte das comemorações pelo Dia Mundial do Refugiado, celebrado em 20 de junho.

A mostra está sendo exibida em cinco capitais brasileiras. Em Curitiba, serão apresentados quatro documentários: o curta-metragem canadense “Bem-vindo ao Canadá”; o filme “Estou com a Noiva”, uma co-produção da Itália e Palestina; “Exodus – De onde eu vim não existe mais”, realização conjunta de Brasil e Alemanha; e a produção nacional “Era o Hotel Cambridge”. A entrada é franca.

Serviço:
Mostra Olhares sobre o Refúgio
Local: Cinemateca de Curitiba – R. Carlos Cavalcanti, 1174
Data: 1º a 4 de junho de 2017 (quinta-feira a domingo)
Horário: 19h
Entrada franca

Informações: (41) 3321-3310

.

MOSTRA “OLHARES SOBRE O REFÚGIO”
BEM-VINDO AO CANADÁ. Welcome to Canada.
Direção: Adam Loften e Mary Fowles. 19 min. Canada, 2016. Documentário

Este curta-metragem conta a história de Mohammed Alsaleh, um jovem refugiado sírio que vive no Canadá desde 2014. Depois de ter sido preso e torturado, Mohammed busca reconstruir a sua vida no Canadá. Ele aconselha famílias sírias recém-chegadas pela mesma ONG de Vancouver que o ajudou durante seu próprio processo de acolhida no país. Como Mohammed, essas famílias deixaram seus entes queridos para trás e estão se esforçando para se adaptar a uma nova terra, encontrando resiliência e esperança para um novo começo.

ESTOU COM A NOIVA. Io sto con la sposa.
Direção: Antonio Augugliaro, Gabriele Del Grande e KhaledSoliman Al Nassiry. 89 min. Itália/Palestina. 2014. Documentário.

Um poeta palestino e um jornalista italiano conhecem um grupo de sí­rios e palestinos em Milão, que entraram na Europa através da ilha italiana de Lampedusa, com o objetivo de escapar da guerra na Síria. Eles decidem ajudar os refugiados a completarem sua jornada rumo à Suécia por meio de um casamento arranjado e, com sorte, assim evitar que sejam presos como traficantes. Com um dos palestinos vestido de noiva, e sírios e italianos como supostos convidados do casamento, eles cruzam metade da Europa em uma jornada de quatro dias e três mil quilômetros. Inspirado em fatos reais que aconteceram na estrada entre Milão e Estocolmo no ano de 2013.

EXODUS – DE ONDE EU VIM NÃO EXISTE MAIS
Direção: Hank Levine. 105 min. Brasil/Alemanha. 2016. Documentário.

Acompanhando as jornadas de seis refugiados, Napuli, Tarcha, Bruno, Dana, Nizar e Lahtow, esta é uma observação sobre o estado do mundo frente à crise dos refugiados que se espalhou por todo o planeta, visto que cada vez mais pessoas deixam seus lares para fugirem de motivos diversos como guerras e epidemias, buscando um porto seguro para recomeçar suas vidas.

ERA O HOTEL CAMBRIDGE
Direção: Eliane Caffé. 93 min. Brasil. 2017. Ficção Documental.

Refugiados recém-chegados ao Brasil dividem com um grupo de sem-tetos um velho edifício abandonado no centro de São Paulo. Além da tensão diária que a ameaça de despejo causa, os novos moradores do prédio terão que lidar com seus dramas pessoais e aprender a conviver com pessoas que, apesar de diferentes, enfrentam juntos a vida nas ruas.

Comentários

Deixe um Comentário

O seu endereço de email não será publicado.Campos obrigatórios estão marcados *

*