Accueil / Art / Chœur de la Camerata de Antiqua de Curitiba invite axée sur le wind Orchestra
Orquesta à Base de Sopro & Coro da Camerata. Photos: Doreen Marques.

Chœur de la Camerata de Antiqua de Curitiba invite axée sur le wind Orchestra

A Orquestra À Base de Sopro e o Coro da Camerata Antiqua de Curitiba estarão juntos no mesmo palco, Ce week-end, à Curitiba. Os concertos, que acontecem sexta-feira (23), à 20:00, et samedi (24), às 18h30, dans la chapelle de Santa Maria, trazem músicas escritas especialmente para os grupos e arranjos que se destacam pela originalidade.

Este é o primeiro encontro entre o Coro da Camerata Antiqua e a Orquestra à Base de Sopro de Curitiba. Segundo Sérgio Albach, diretor artístico da Orquestra À Base de Sopro (OABS), o repertório destes concertos são resultado do que os grupos já vêm trabalhando. “O Coro sempre deu margem para repertórios que envolvem compositores brasileiros e com características populares, assim como a OABS nos últimos anos tem se aprofundado em músicas que não são populares nem eruditas. Neste programa, os compositores envolvidos trabalham com essa característica”, lembra Sérgio.

Publicité: Bannière Luiz Carlos de Andrade Lima

As apresentações começam com Henrique de Curitiba Morozowicz, com sua obra consagrada: Evocação das Montanhas, gravada em 1982 por Milton Nascimento. Na sequência três obras que formam uma pequena suíte de Edmundo Villani-Côrtes; são trabalhos já conhecidas do coro e que foram ampliadas para a participação dos sopros a partir da obra original; ils sont: Papagaio Azul, Valsinha de Roda e o Frevo Fugato.

Segue uma valsa de André Mehmari executada pela OABS: Ride, obra dedicada a orquestra inspirada no Passeio Público de Curitiba, que remete às clássicas valsas populares do século XIX. Mehmari é um multi-instrumentista e um dos compositores brasileiros mais requisitados da atualidade, trafega à vontade em qualquer linguagem. A sua outra obra que está no programa – Espírito Santo (primeira audição mundial) é um ótimo exemplo disto. Nesta peça entra a parceria com a poetisa Etel Frota presente em mais duas obras desse concerto: Dolor, parceria com Iso Fischer e arranjo de Vicente Ribeiro e A Lenda do Uakti (primeira audição mundial) com Davi Sartori.

No programa ainda conta com uma obra de Gilberto Mendes, o compositor mais ligado a música contemporânea deste encontro, e conhecido pela música “Beba Coca-Cola”, peça executada por inúmeros corais, traz uma parte para orquestra toda inédita de Gilson Fukushima que apreendeu a obra original para coro sem acompanhamento.

Os concertos são marcantes pelo encontro da Orquestra À Base de Sopro com o Coro da Camerata Antiqua de Curitiba – dois grupos que conquistaram lugar de destaque no cenário cultural. Apesar de terem uma longa trajetória artística, pela primeira vez estão produzindo um programa juntos. O encontro proporciona um espetáculo grandioso, que surpreende pela qualidade e pela presença no palco de cerca de 35 músicos cantores e instrumentistas.

Ainda para Albach, o encontro será memorável, “tendo em vista as parcerias realizadas e as produções de obras inéditas que surgiram para esse encontro, é de se desejar que esse seja o primeiro de muitas parcerias entre o Coro da Camerata Antiqua e da OABS”, reforça.

Service:

CORO DA CAMERATA ANTIQUA DE CURITIBA COM ORQUESTRA Á BASE DE SOPRO
Direção musical Sérgio Albach
Flen Regency
Vendredi, 23, à 20:00
Samedi, 24, às 18h30
Entrée: R $ 30 e R $ 15

Local: Espace culturel-Santa Maria chapelle-Rua Laurindo conseiller, 273 - Centre

.

Vérifiez sur la carte:

Commentaires

3 plusieurs commentaires

Laisser une réponse

Votre adresse email ne sera pas publiéeLes champs requis sont surlignés *

*