Σπίτι / Τέχνη / Entrevista com Márcia Vinhas Fernandes, “Alla prima”, από Edmundo Chandra

Entrevista com Márcia Vinhas Fernandes, “Alla prima”, από Edmundo Chandra

Edmundo Cavalcanti é Colunista de Arte.

Edmundo Cavalcanti é Colunista de Arte.

Entrevista com Márcia Vinhas Fernandes, “Alla prima”,
από Edmundo Chandra

Participando ou visitando algumas exposições, acabo sempre tendo surpresas muito agradáveis, descobrindo alguns talentos até então desconhecidos e pouco divulgados.

Tive o grande prazer e alegria de conhecer pessoalmente em Itapetininga, σε I Mostra Itapetininga de Arte. OBS.: (Já éramos amigos virtuais).

Apresentação Márcia Vinhas Fernandes, artista plástica colorista e escritora:

Nasceu em Niterói, morou em Resende e agora vive em Santana de Paraíba, cidade Berço dos Bandeirantes, tomada pelo patrimônio histórico.

Estudou na Escola Panamericana de Arte e Design, fez vários cursos avulsos e viagens para estudos.

Perfil Márcia Vinhas FernandesPedimos então para que nos fale sobre suas obras e seus livros:

Márcia: “Trabalho com a Cor.

Todo o meu trabalho é feitoalla prima, em tinta óleo, sem desenhos ou retoques.

- Alla Primaé um método de pintura direta na tela, é uma expressão italiana utilizada para nomear uma técnica, originalmente a óleo, praticada no século XVII. O resultado é atingido após uma única aplicação.

Este método requer segurança, pois o artista trabalha com a rapidez e a liberdade. Tem que ter grande habilidade na aplicação datintae seus movimentos.

Αλλά, para isto, tem que ter a ideia clara do que vai se pintar e o que quer passar, assim como as cores que pretende usar nas pinceladas.

– É preciso trabalhar a pintura sem vacilar, para que a primeira impressão não se perca. Que ela se entregue a tela e as cores.

Artwork 6Posteriormente aprendi a técnica da Veladura.

- “Veladuraé uma técnica tradicional, associada à pintura a óleo. É utilizada para realizar mesclas.

Ela vem do Renascimento, τον 15ο αιώνα, é aplicada em separado, em sucessivas camadas finas e transparentes de pinturas, produzindo tons de uma grande riqueza e luminosidade.

A camada fina e transparente aplicada sobre a pintura seca modifica sua tonalidade e serve para iluminar, sombrear, obter variações de tons.

Para dar vida a minha arte, uni as técnicas Alla Prima, Veladura, το Ιμπρεσιονισμός και το Cor.

Με αυτόν τον τρόπο, criei minha linguagem através das pinceladas, unindo técnicas e procurando aveludar as cores, obtendo assim, um efeito tridimensional.

A composição da tela está na junção das cores, através das pinceladas com movimento, obtidas com as técnicas estudadas e o Impressionismo.

Conclusão:

Meu Tema: A Cor.

Minha Técnica: Alla Prima e Veladura.

Meu Estilo: Impressionismo Contemporâneo.

Minha Forma de Expressão: Pinceladas com Movimentos Contínuos.

Meu Efeito: Tridimensional.

Meu Trabalho: Único.

Obras de Arte da Artista:

.

Márcia, fale um pouco sobre seu último livro “Arte de ver e sentir”:

Livro Arte de ver e sentir 2Livro para Principiantes em Arte, lançado na Bienal em São Paulo.

Um Livro para quem quer entender um pouco e se deliciar com as CriaçõesAs CoresAs FormasAs TransparênciasAs ÉpocasOs Estilos

De uma forma leve, um livro para ajudar a entender um pouquinho este mundo mágico.

O livro faz um paralelo com as épocas históricas e do Brasil, explica algumas técnicas, fala um pouco de cores, apresenta alguns pintores

Faz um apanhado rápido e direto no mundo da arte, desde montagem de exposições até o comportamento em museus.

Um livro para ler e reler sempre, usar como pesquisa, para levar em museus e exposições.

Prefácio da Historiadora Mônica Hernandes.

.

Agenda:

2015.

# Casa Galeria.

Lançamento do Livro em Janeiro.

www.casagaleria.com.br

Participações mais recentes:

2014.

– Lançado na Bienal de São Paulo livro de arte. “Arte de Ver e Sentir”. Equipe de trabalho, Mônica Hernandes – Historiadora, Carla Burnato – Fotógrafa, Cristiano Justo – Web e Francisco Fernandes Filho – Administração.

– Exposição Coletiva “13 Mostra Primavera da Associação Piracicabana de Artistas Plásticos” – APAP. Μέχρι 14 de novembro no Armazém 14 do Engenho Central.

– Participando da I Mostra de Arte de Itapetininga – no Clube Venâncio Ayres. Από 04 να 14 Νοέμβριος. Com o lançamento do LivroArte de Ver e Sentir”.

– Lançamento do LivroArte de Ver e Sentir”, na Galeria Licia Simoneti, em Limeira, Σάο Πάολο.

– Lançamento do LivroArte de Ver e Sentir”, no Colégio Aplicação de Resende, Ρίο Ιανέιρο.

- Participando da primeira Exposição Nacional de Arte de Caixinha de Fósforo, através da APAP, com curadoria de Margarete Zenero. Na Casa do Povoador, Piracicaba.

– Participando da APAP.

– Escrevendo meu segundo Livro de Arte.

- Trabalhando na Junção de Cores. Tela fora da madeira, com pinceladas pequenas visando um efeito tridimensional mais apurado. Com tinta óleo.

– Pintando aSérie Tridimensional”. Fazendo as pinceladas saltarem da pintura com efeitos em tinta óleo.

Perfil Márcia Vinhas Fernandes 2

Επαφές:

MÁRCIA VINHAS FERNANDES
Facebook Perfil | Facebook Fan Page | Blog | Saatchi
E-mail: marciavinhas@gmail.com

Ελάτε μαζί μας, Μάθετε τα νέα με e-mail:

E-mail

.

.

Όπως? Αφήστε ένα σχόλιο!

.

.

Σχόλια

12 παρατηρήσεις

Αφήνω μια απάντηση

Διεύθυνση ηλεκτρονικού ταχυδρομείου σας δεν θα δημοσιευθεί. Υποχρεωτικά πεδία επισημαίνονται *

*