الرئيسية / الفن / Exposição Contaminações – Performance O Leitor, de Alexandre D’Angeli, يحدث اليوم 8 نيسان/أبريل
Alexandre D’Angeli apresenta O Leitor no Sesc Ipiranga. صور: الكشف.

Exposição Contaminações – Performance O Leitor, de Alexandre D’Angeli, يحدث اليوم 8 نيسان/أبريل

ALEXANDRE D’ANGELI APRESENTA O LEITOR NO SESC IPIRANGA

Ação integra a programação da Exposição Contaminações, que coloca em evidência três obras importantes para a literatura brasileira: Zero (1974), de Ignácio de Loyola Brandão; O Concerto de João Gilberto no Rio de Janeiro (1982), de Sérgio Sant´Anna, e Eles Eram Muitos Cavalos (2001), de Luiz Ruffato e criam diálogos com diferentes linguagens artísticas

20 livros de autores nacionais e internacionais com romance, poesia e arte são o ponto de partida de O LEITOR, performance do artista Alexandre D’Angeli, que integra a Exposição Contaminações, do Sesc Ipiranga, e acontece اليوم 8 نيسان/أبريل, السبت, das 18 إلى 21 ساعات, no Hall da unidade. A ação volta a ser apresentada nos dias 27 de maio e 24 حزيران/يونيه.

O LEITOR é uma performance que apresenta a pesquisa artística de Alexandre D’Angeli acerca da presença do corpo na literatura oral – para isso o artista projetou uma mesa que ao invés de tampo possui uma caixa que comporta cem quilos de areia onde são enterrados os livros. O programa da ação propõe que os títulos um a um sejam desenterrados pelo performer e lidos trechos em voz alta por um período de dois minutos, tempo que é marcado por um relógio de areia (ampulheta).

Entre os livros que fazem parte da obra destaque para Zero, de Ignácio de Loyola Brandão; O Concerto de João Gilberto no Rio de Janeiro, de Sérgio Sant´anna; Eles Eram Muitos Cavalos, de Luiz Ruffato; Ho-ba-la-la, de Marc Fischer; Dois em Um, de Alice Ruiz; Contos Negreiros, de Marcelino Freire; O Corvo, de Edgar Allan Poe e As Portas da Percepção, de Aldous Huxley, آخرون.

Busca por preciosidades

Para D’Angeli a performance aprofunda questões ligadas a sua pesquisa acerca das interações possíveis entre corpo e espaço. Se na ação Resíduos, 300 quilos de areia vermelha eram utilizados para cobrir o corpo estático do artista por um período de três horas, agora a mesma areia, mas de cor preta, cobre objetos em repouso que aguardam para serem revelados “livros”, o que ocorre no momento que são ativados por meio da leitura.

De acordo com o artista, a ação também joga foco na origem da palavra. “O livro é apenas um objeto e se torna algo somente quando descoberto, aberto e lido. Procurar os livros no meio de 100 quilos de areia, abrir uma página aleatoriamente e ler por apenas dois minutos é uma busca por pequenas preciosidades, um verdadeiro trabalho de arqueologia”, explica ele.

Alexandre D’Angeli apresenta O Leitor no Sesc Ipiranga. Foto: Divulgação.

Alexandre D’Angeli apresenta O Leitor no Sesc Ipiranga. صور: الكشف.

Sobre Alexandre D’Angeli

Performer, ator e bonequeiro com graduação em Artes Cênicas. Especializou-se em Mímica Corporal Dramática e Acrobacia Teatral pela Ecole International de Mime Corporel Gestuel Dramatique de Paris, sob orientação do mestre Ivan Bacciocchi. Interessa-se especialmente pelas linguagens mais diretamente relacionadas ao corpo, e que operam no cruzamento entre a performance e o teatro. Foi fundador e diretor artístico do ânima dois. Participou do projeto ocupaçãoÉ Logo Alido Sesc Ipiranga com Listening to the Sheep Sleeping, performance com textos do autor e cartunista Caco Galhardo, que também participou do Festival Sesc de Inverno do Rio de Janeiro e da Virada Cultural de Belo Horizonte no Sesc Palladium. Integrou a exposição Terra ComunalMarina Abramovic+MAI como facilitador do método Abramovic. No mesmo ano realizou 436, performance de longa duração e instalação, propondo aos visitantes do Memorial da Resistência de São Paulo a montagem de quatrocentos e trinta e seis rostos de papel em memória aos mortos e desaparecidos políticos. في 2010 foi responsável pelas intervenções artísticas realizadas no Terminal Rodoviário do Tietê durante a Virada Cultural, destaque para Objetos de Valor و Présence Decroux. Participou com a performance Objetos de Valor da abertura da paralela da 29ª Bienal de São Paulo promovida pelo Sesc Campinas. Criador e performer em MolloyO fim está no começo e no entanto continua-se, espetáculo solo de teatro gestual inspirado no romance de Samuel Beckett, que participou da mostra “Samuel Beckett – 100 anos” organizada pelo SESC Santana e integrou a VII Mostra Cariri das Artes por meio do Palco Giratório do SESC Ceará. في 2016 integrou a V Bienal de Performance de Bogotá, o Festival La Plaformance – Resistência em Rede, a segunda edição do MOVIMENTA na Galeria Mezanino com a performance O Leitor, e realizou a performance Estudo para uma Ergonomia do Efêmero, no projeto Presença Permeável, da Praça das Artes, في ساو باولو. Participou ainda da SP-ARTE e da MP3 – Mostra Internacional de Performance de Belo Horizonte com a performance Resíduos, obra que em 2015 foi realizada no Maus Hábitos Espaço de Intervenção Artística, na cidade do Porto, وفي البرتغال, e também no projeto Performance em Encontro do Sesc Campinas. www.alexandredangeli.com

Alexandre D’Angeli apresenta O Leitor no Sesc Ipiranga. Foto: Divulgação.

Alexandre D’Angeli apresenta O Leitor no Sesc Ipiranga. صور: الكشف.

Para roteiro:

O LEITOR – Dia 8 نيسان/أبريل, السبت, das 18 إلى 21 ساعات, no Hall do Sesc Ipiranga. Performance de Alexandre D’Angeli. مجاناً إلى جميع الجماهير. قدره - 100 الشعب. المدة - 180 دقيقة. GRÁTIS.

SESC IPIRANGA – Rua Bom Pastor, 822 – Ipiranga. Telefone – (11) 3340-2000. Acesso para deficientes físicos. Bilheteria – De terça a sexta das 12 إلى 21 ساعات, sábado das 10 às 21h30 e domingo e feriado das 10 إلى 18 ساعات (ingressos à venda em todas as unidades do SESC). Não há estacionamento. www.sescsp.org.br.

تعليقات

اضف رد

لن يتم نشر البريد الإلكتروني . الحقول المطلوبة مشار لها بـ *

*