Home / Arte / Exposição “Todo mundo é de todo mundo,” na inauguração da Galeria Oriente
Exposição “Todo mundo é de todo mundo,” na inauguração da Galeria Oriente.

Exposição “Todo mundo é de todo mundo,” na inauguração da Galeria Oriente

Trabalhos inéditos de Ana Dalloz, Ana Carolina Fernandes, Anna Kahn,
Fábio Seixo, Kitty Paranaguá, Marco Antônio Portela, Paulo Marcos M. Lima,
Thiago Barros e Walter Carvalho inauguram galeria de arte no Rio de Janeiro

A exposição “Todo mundo é de todo mundo,” propõe uma troca de lugares
entre os nove artistas, no qual cada um assume o papel do
outro por trás das lentes

Abertura: sábado 23 de julho de 2016 | 16h > 20h
Local: Rua do Russel 300/ 401 – Glória

No próximo dia 23 de julho, sábado, será inaugurada a Galeria Oriente. Ambientada no endereço onde funciona o Ateliê Oriente, conhecido por ser um espaço que sempre promoveu e estimulou a criação fotográfica, a nova Galeria de Arte do Rio de Janeiro será um lugar para expor trabalhos que tenham a fotografia como seu principal suporte.

Publicidade: Banner Luiz Carlos de Andrade Lima

Além dos cinco sócios da casa, Ana Dalloz, Kitty Paranaguá, Marco Antônio Portela, Paulo Marcos M. Lima e Thiago Barros, foram convidados a integrar o quadro fixo da galeria os fotógrafos Ana Carolina Fernandes, Anna Kahn, Fábio Seixo, e Walter Carvalho. Indo da fotografia documental à arte contemporânea, a Galeria Oriente pretende expor as diferentes expressões fotográficas e ainda abrir espaço para novos talentos.

A exposição que marca a abertura da galeria será a “Todo mundo é de todo mundo,” um trabalho que propõe uma troca de lugares entre os nove artistas, no qual cada um assume o papel do outro por trás das lentes. Cada um deles produziu um trabalho como se fosse um dos outros. Mais do que uma brincadeira, é uma homenagem entre si inspirada no trabalho “Ninguém é de ninguém,” de Rogério Reis, fruto da investigação do artista de como a relação dos fotógrafos com os fotografados no espaço público mudou nas duas últimas décadas. Amigo e vizinho no prédio da rua do Russel, onde mantém seu estúdio, Rogério mostra no anexo 1 da Galeria uma foto desta conhecida série durante o mesmo período. O texto curatorial da exposição é de Diógenes Moura.

“Felix Nadar abriu as portas de seu estúdio/galeria em 1874 para os pintores impressionistas como Monet, Cezanne, Pizarro, Degas entre outros exporem seus trabalhos. Um gesto nobre que marcou a história da arte. Allen Ginsberg fez a famosa leitura do seu poema Howl em 1955 na Galeria Six em São Francisco e mudou a cara da cultura no mundo inteiro. Em outros pontos do universo das artes algumas galerias, livrarias e até restaurantes como o La Coupole em Paris, como o Café de Flore onde intelectuais como Jean-Paul Sartre, Albert Camus, Pablo Picasso se encontravam para falar de filosofia e arte. Lugares de encontros e de movimentos artísticos icônicos da história. A Galeria Oriente é lugar de encontrar, de expor, lugar de espiar, um lugar para se conspirar pela fotografia. A galeria é um ponto de confluência que aponta para um viés promissor, diz entusiasmado Walter Carvalho, um dos representados da nova galeria, que terá o trio Ana Luiza “Luli” Prudente, Adriana Braga e Mônica Angeleas à frente do negócio.

A exposição fica em cartaz até dia 13 de agosto e poderá ser visitada de segunda à sexta das 14h às 20h e sábado das 10h às 12h ou agendamento através do e-mail contato@atelieoriente.com.

Exposição “Todo mundo é de todo mundo,”

Exposição dos fotógrafos Ana Dalloz, Ana Carolina Fernandes, Anna Kahn, Fábio Seixo, Kitty Paranaguá, Marco Antônio Portela, Paulo Marcos M. Lima e Thiago Barros e Walter Carvalho.

Galeria Oriente
Abertura: 23 de julho – sábado – de 16h às 20h
Exposição de 24 de julho a 13 de agosto

Rua do Russel 300/ 401 – Glória – www.atelieoriente.com.

Segunda à Sexta das 14h às 20h e sábado das 10h às 12h ou agendamento: contato@atelieoriente.com

Comentários

Deixe um Comentário

O seu endereço de email não será publicado.Campos obrigatórios estão marcados *

*