Home / Arte / Exposição “Turbulências” da artista Cecilia Cipriano
Obra Bandeira de Cecilia Cipriano. Foto: Divulgação.

Exposição “Turbulências” da artista Cecilia Cipriano

O Parque das ruínas inaugura no dia 24 de fevereiro a 4ª edição do Projeto Passagem, com curadoria de Gabriela Dottori, que traz a exposição “Turbulências” de Cecilia Cipriano. A mostra inclui uma instalação e a apresentação das obras intituladas de Imobilidade II e Turbulência (I e II), assim como registros em vídeos de uma intervenção performática denominada de Apelo ao Sal (que consistiu na ação de espalhar mais de uma tonelada de sal grosso nas escadarias da Câmara Municipal do Rio de Janeiro). A estética dos trabalhos da artista possui algo da ordem do escultural.

Publicidade: Banner Luiz Carlos de Andrade Lima

Cecilia opera através de site specifics buscando sempre interferir de maneira física e simbólica no concreto da pólis. Por meio de sua extensa pesquisa e presença ativa em manifestações ela captura os abalos, os ruídos e a saturação da massa. Esta série de trabalhos busca apontar as (im)possibilidades de diálogo com os agentes políticos. Nas palavras da mesma: “estes trabalhos expandiram também meu diálogo com a federação, cujo símbolo maior, a bandeira nacional, e também o mapa territorial foram transformados pela ação do sal”.

SOBRE A ARTISTA

Cecilia Cipriano vive e trabalha no Rio de Janeiro. Sua trajetória artística passou por uma carreira universitária como Professora e Pesquisadora do Instituto de Química da UFRJ, sempre sensível às qualidades estéticas de imagens científicas e industriais. Sua aproximação mais efetiva com a arte se deu através de cursos da Escola de Artes Visuais do Parque Lage e, se estreitou ainda mais quando se tornou aluna de Artes Visuais/Escultura da Escola de Belas Artes da UFRJ, em 2012. No ano de 2017, realizou três exposições no Rio de Janeiro. Seu projeto, e conseqüente exposição, “O Corte” foi contemplado pelo Programa Rumos do Itaú Cultural em 2015 e teve curadoria de Ana Hupe.

SOBRE A CURADORIA

Gabriela Dottori formou-se em Psicologia pela UFRJ é psicanalista, participou como aluna em diversos cursos na Escola de Artes Visuais do Parque Lage e atua como curadora e crítica independente.

SOBRE O PROJETO

O Projeto Passagem tem o intuito de promover exposições mensais de arte contemporânea no Centro Cultural Municipal Parque das Ruínas, mais especificamente no local conhecido como Galeria Túnel. A proposta consiste em convidar artistas a fim de consolidar uma ocupação ética e estética do espaço provocando sua ativação. Trata-se de ampliar as plataformas expositivas não tradicionais pelo desejo de despertar contatos, conexões e afetos através do trânsito poético feito por esta passagem.

SERVIÇO
Projeto Passagem – 4ª edição
Exposição individual: Turbulências
Artista Cecilia Cipriano
Curadoria: Gabriela Dottori
Abertura: 24 de fevereiro, sábado, das 15h às 18h
Período expositivo: 25 de fevereiro até 25 de março de 2018, de terças à domingos de 10h as 18h
Local: Centro Cultural Municipal Parque das Ruínas
Endereço: Rua Murtinho Nobre, 169 – Santa Teresa, Rio de Janeiro – RJ, 20241-050
Telefones: (21) 2215-0621 | (21) 2224-3922
Visitação gratuita
Mais informações: projetopassagemnasruinas@gmail.com

.

Comentários

Deixe um Comentário

O seu endereço de email não será publicado.Campos obrigatórios estão marcados *

*