Home / Arte / Fundação Cultural publica editais para desfiles do Carnaval 2016
Escola Mocidade Azul foi a campeã do Carnaval 2015. Foto: Alice Rodrigues/FCC.

Fundação Cultural publica editais para desfiles do Carnaval 2016

A Fundação Cultural de Curitiba publicou, nesta terça-feira (15), os editais de chamamento público referente aos desfiles das escolas de samba e do Rancho das Flores no Carnaval 2016, que acontecerão no dia 6 de fevereiro, na Avenida Marechal Deodoro, a partir das 17h. As propostas devem ser enviadas até 30 de dezembro.

Uma das novidades para o ano que vem é a nova nomenclatura para a denominação dos Grupos. O antigo Grupo A passou a ser chamado de Grupo Especial e Grupo B passa a ser o Grupo de Acesso. O valor total disponibilizado também aumentou. No total, para os desfiles, foram reservados R$ 394,2 mil. Em 2015 o valor tinha sido de R$ 339 mil e, em 2014, de R$ 263 mil.

Publicidade: Banner Luiz Carlos de Andrade Lima

Do valor total, R$ 60,4 mil destinados a cinco escolas do Grupo Especial, R$ 30,6 mil a duas escolas do Grupo de Acesso e, ainda, R$ 24 mil para a escola iniciante deste grupo. O valor está em conformidade com disposto no Regulamento do Carnaval referente ao Biênio 2016/2017. A Fundação Cultural também destinou R$ 3,5 mil a dois blocos carnavalescos, com no mínimo 50 integrantes.

A última colocada do Grupo Especial será automaticamente rebaixada ao Grupo de Acesso. Já a campeã do Grupo de Acesso terá garantido o direito de desfilar no Grupo Especial em 2017. A ordem das escolas e blocos no desfile será definida pela Comissão do Carnaval e informada antecipadamente.

Entre as obrigações das escolas do Grupo Especial estão: desfilar com, no mínimo, 230 integrantes, sendo pelo menos 15 na Ala das Baianas, oito integrantes na Comissão de Frente e 40 na Bateria. Também há a exigência de, no mínimo, dois carros alegóricos e de um desfile com duração de 50 a 65 minutos.

Já as escolas do Grupo de Acesso devem desfilar com ao menos 160 integrantes, sendo 10 Baianas, oito na Comissão de Frente e 30 na Bateria. Precisam ter no mínimo um carro alegórico e desfilar por 40 a 50 minutos.

Os quesitos em julgamento serão Bateria, Fantasia, Mestre Sala e Porta Bandeira, Comissão de Frente, Alegorias e Adereços, Samba-Enredo, Harmonia, Enredo e Conjunto.

O Corpo de Julgadores terá 18 membros, sendo dois para cada quesito. A indicação dos membros será feita através de Edital de Chamamento Público para credenciamento de interessados, que deverão ter reconhecida e notória especialização na área. A apuração ocorrerá em data e local ainda a serem definidos pela Comissão do Carnaval.

Rancho das Flores – Grupo tradicional do carnaval curitibano, formado por pelo menos 400 pessoas da terceira idade participantes dos programas sociais da Prefeitura de Curitiba, o Rancho das Flores é a atração que normalmente inaugura o desfile das escolas de samba.

Para a concepção e produção artística do evento, que ano que vem terá o enredo “Nhô Berlamino e Nhá Gabriela”, foi publicado edital de chamamento que prevê um valor de até R$ 50 mil. Os interessados devem enviar suas propostas até o dia 22 de dezembro. Os envelopes serão abertos no dia 28 do mesmo mês.

Resultados – A escola de samba campeã do Carnaval 2015 foi a Mocidade Azul, seguida pela Acadêmicos da Realeza, a Leões da Mocidade e a Embaixadores da Alegria. Na quinta colocação ficou a Imperatriz da Liberdade, que caiu para o Grupo de Acesso. Já a escola Internautas foi a que garantiu o acesso ao Grupo Especial em 2016. A escola deixou para trás a Unidos de Pinhais.

Os editais completos podem ser encontrados na seção de Editais do site da Fundação Cultural de Curitiba.

Comentários

Deixe um Comentário

O seu endereço de email não será publicado.Campos obrigatórios estão marcados *

*