Home / Arte / Glauco Moraes apresenta exposição inédita em Belo Horizonte
Glauco Moraes. Foto: Mari Guimarães.

Glauco Moraes apresenta exposição inédita em Belo Horizonte

São 18 anos dedicados as artes. Artista, curador, entusiasta, colecionador, professor e empresário, Glauco Moraes focou sua vida em sua paixão pelas obras de arte, se envolvendo em grandes e variadas atividades desse ramo. Chegando na “maior idade” dessa jornada, ele resolveu dar um novo rumo a sua empreitada.

Com o objetivo de levar suas artes para outros estados e países, desde o início deste ano, ele vem focado seus esforços para a carreira de artista plástico. A partir daí e por isso, assinou contrato de exclusividade com um investidor, que já negocia obras e exposições para fora das fronteiras de Minas Gerais.

Publicidade: Banner Luiz Carlos de Andrade Lima

Despedida e exposição inédita

Para despedir de sua ‘casa’, a Maison Escola e Galeria de Arte (Av. Bento Simão, 255 – São Bento), por onde ministrou diversos cursos voltados para a arte e realizou várias mostras, Glauco Moraes preparou uma exposição especial. A partir do dia 15 de setembro (quinta-feira), o público poderá conferir “Páginas do Livro: A Revelação de Narciso”, mostra inédita e diferente de tudo que o artista já fez até hoje. A exposição ficará em cartaz até o dia 15 de outubro.

“O nome dessa exposição é literal, pois realmente as obras serão parte das páginas de um livro que preparo. Será uma publicação especial com a evolução dos meus 18 anos de carreira”, explica Glauco.

Nas 18 obras que compõem a exposição “Páginas do Livro: A Revelação de Narciso”, Glauco investe na fotografia. Nas telas, com o tamanho de 120 por 90, ele retrata um pouco desses seus 18 anos de carreira. Além de fotografias da infância a fase adulta, o público poderá conferir um pouco de sua evolução artística.

Arte de Glauco Moraes. Foto: Divulgação.

Arte de Glauco Moraes. Foto: Divulgação.

“Nas telas misturo várias técnicas, como colagem, pintura, desenho, interferência digital fotografia e, claro, o meu dialeto secreto. Investi cerca de seis meses na produção desta exposição, que será um marco em minha carreira, por ser a última que realizo na Maison Escola e Galeria de Arte, no qual sou o fundador”, conta o artista.

Cada detalhe da mostra e dessa série foi pensado com carinho. Tanto que as obras foram impressas em Fine Art com papel alemão Hahnemule. Cada obra terá cinco séries, mas que serão únicas, pois cada uma terá um dialeto diferente em sua moldura.

Para receber essa mostra, a Maison Escola e Galeria de Arte passa por uma transformação. O teto será pintado de preto e as paredes receberá um tecido escuro. O intuito, segundo o artista, é de focar o olhar do publico somente para as telas.

Para colecionador

Nesse projeto, Glauco Moraes pensou nos colecionadores e admiradores de seu trabalho. Ele desenvolveu uma escultura que terá todas as 18 obras da exposição em tamanho menor. “Essa escultura é uma caixa do tamanho de 41 cm de altura, 31 cm de profundidade e 21 cm de largura. Essa caixa é de madeira e acrílico com corte a laser”, revela o artista, que já pensa em uma outra exposição para os últimos três meses de 2016 em comemoração aos seus 18 anos de carreira.

Comentários

Deixe um Comentário

O seu endereço de email não será publicado.Campos obrigatórios estão marcados *

*