Home / Arte / Marcos Duprat no Museu Nacional de Belas Artes
Marcos Duprat, Figura na água I, 1989t. Foto: Divulgação.

Marcos Duprat no Museu Nacional de Belas Artes

Um panorama de seus desenhos em mais de quatro décadas de trabalho, este é o foco da exposição “Memórias sobre Papel”, que o artista Marcos Duprat apresenta no Museu Nacional de Belas Artes/Ibram/MinC, a partir de 16 de maio.

Publicidade: Banner Luiz Carlos de Andrade Lima

A mostra, na Sala Clarival do Prado Valladares, reúne 36 obras sobre papel que ilustram as transformações em sua linguagem e imagística em seu enfoque do “enigma da realidade visível”, abordando a temática do mundo exterior – paisagens e figuras na água – e o mundo interior – naturezas mortas, retratos e figuras e reflexos em espaços íntimos. Os trabalhos foram produzidos entre 1977 e 2017.

Quanto à técnica, o artista utiliza diversos meios, como lápis de cor, crayon,pastel seco e oleoso, aquarela e óleo, sobre diferentes papéis – canson, schoeller, fabriano, polpa vegetal e papéis artesanais japoneses e brasileiros. A luz é o elemento protagônico e de articulação dessas imagens presentes na exposição “Memórias sobre Papel”.

15ª Semana de Museus, Museu Nacional de Belas Artes. Divulgação.

15ª Semana de Museus, Museu Nacional de Belas Artes. Divulgação.

Nascido no Rio de Janeiro em 1944, Marcos Duprat manteve ao longo de sua vida diplomática a constância e o fluxo de sua obra. As influências de sua formação artística no Rio de Janeiro e nos EUA, bem como posteriormente dos sete anos vividos na Europa e dos nove na Ásia, deixaram traços nítidos em seu trabalho.

Sua formação artística foi iniciada no MAM/Rio e prosseguiu com o mestrado em Belas Artes em Washington(EUA), onde fez sua primeira individual, em 1977.

Realizou inúmeras mostras individuais no Brasil, dentre as quais no MASP (1979 e 1988), no MAC (1995), na Pinacoteca do Estado de São Paulo (2006), entre outros, em São Paulo. Enquanto isso, no Rio de Janeiro realizou mostras no Centro Cultural Correios (1995 e 2008), no Instituto Cultural Villa Maurina (1996) e no CCBB (1999). Até fevereiro deste ano, Marcos Duprat exibia uma retrospectiva de sua obra pictórica na Biblioteca Nacional.

O artista produziu exposições em diversos museus no exterior, dentre os quais no Centro Culturale San Fedele, em Milão (1990), o Museu Nacional da Hungria (1993), o Museo de Arte Contemporaneo de Montevidéu (1999), o Teien Metropolitan Art Museum, em Tóquio (2003), e a Sidhartha Art Foundation em Kathmandu (2013). Suas obras estão nos acervos das instituições acima relacionadas, bem como em coleções particulares.

Serviço:

Exposição: Memórias sobre Papel, do artista Marcos Duprat
Abertura: 16 de maio, terça, às 12h.
Período: 16 de maio até 2 de julho

Visitação: Terça a sexta-feira das 10 às 18hs; Sábados, domingos e feriados das 13 às 18 horas.

Ingressos: R$ 8,00 e meia: R$ 4,00 ingresso família (para até 4 membros de uma mesma família) a R$ 8,00. GRÁTIS AOS DOMINGOS.

Telefone: (21) 3299-0600

Facebook: MNBARio / Site: www.mnba.gov.br

Assessoria de imprensa do MNBA: 3299-0638 Nelson Moreira Junior

Comentários

Deixe um Comentário

O seu endereço de email não será publicado.Campos obrigatórios estão marcados *

*