Home / Arte / Nina Simone: Live At Montreux pela primeira vez na Sessão Philos do +Globosat
Nina Simone. Foto: Divulgação.

Nina Simone: Live At Montreux pela primeira vez na Sessão Philos do +Globosat

Além desta produção, “Câncer”, “A arquitetura de Norman Foster”, “A Lei Seca nos Estados Unidos”,
“O que é o Cinema?”
e “Cinemateca de Ingmar Bergman” são inéditos e serão exibidos em fevereiro,
sempre às sextas-feiras, a partir das 13h

Nina Simone. Foto: Divulgação.

Nina Simone. Foto: Divulgação.

A Sessão Philos de fevereiro traz ao público novidades para quem assiste ao conteúdo do canal no +Globosat. Durante o mês, o espectador poderá conferir oito produções, entre as inéditas “Nina Simone: Live At Montreux”, “Câncer”, “A arquitetura de Norman Foster”, “A Lei Seca nos Estados Unidos”, “O que é o Cinema?” e “Cinemateca de Ingmar Bergman”. A Sessão Philos é apresentada todas as sextas-feiras, a partir das 13h, com reprises aos domingos (8h), terças (2h) e quintas (6h).

Serão exibidos no dia 5 de fevereiro os documentários “O dia em que jogaram a bomba”, filme que apresenta fatos e entrevistas sobre o ataque à Hiroshima; e “No Início”, primeiro episódio de “A História do Cinema: Uma Odisseia” – documentário que apresenta os grandes marcos de inovação da indústria do entretenimento. Já no dia 12, o público poderá assistir a série “Câncer”, uma abordagem sobre a cura da doença que é considerada um dos maiores desafios da história da ciência. Também nesta data, a Sessão Philos vai apresentar “A arquitetura de Norman Foster”, produção que fala sobre o arquiteto inglês conhecido por seus emblemáticos projetos na Europa e na Ásia e sua constante preocupação com o meio ambiente.

Em 19 de fevereiro, os fãs de Nina Simone terão a chance de conferir as apresentações da cantora no Festival de Montreux entre 1968 e 1990. Na sequência, a série “A Lei Seca nos Estados Unidos” vai explorar os 13 anos do período em que foi proibido o uso da bebida alcoólica no país. A Sessão Philos encerra a programação do mês no dia 26 e exibe os documentários “O que é o Cinema?”, um filme do cineasta Chuck Workman que aborda os próximos passos da sétima arte; e “Cinemateca de Ingmar Bergman”, um mergulho nas produções do dramaturgo e cineasta sueco.

NOVA DATA E HORÁRIO: Sextas, às 13h
REPRISES: Domingos (8h), terças (2h) e quintas (6h)

05/02 – “O dia em que jogaram a bomba” e “A História do Cinema: Uma Odisseia”
12/02 – “Câncer” (A Cura de 50 Anos) e “A arquitetura de Norman Foster”
19/02 – “A Lei Seca nos Estados Unidos” e “Nina Simone: Live At Montreux”
26/02 – “O que é o Cinema?” e “Cinemateca de Ingmar Bergman”

Sessão Philos no +Globosat

A Sessão Philos leva para o canal +Globosat uma seleção dos melhores documentários sobre arte, história, música, atualidades, ciência, povos e culturas. Todas as produções exibidas fazem parte da grade do Philos.

Sobre o Philos

Criado pela Globosat, o Philos não é um canal tradicional. Com um vasto acervo que reúne os melhores documentários e espetáculos inesquecíveis, Philos está disponível no modelo de subscription video on demand (SVOD), em que o espectador escolhe o momento e o conteúdo que deseja assistir, quantas vezes quiser, por meio de uma assinatura. Com produções de altíssima qualidade, Philos reúne documentários sobre arte, ciência, história, atualidades, música, povos e culturas; debates e entrevistas; e espetáculos de dança e música – tudo em alta definição (HD). Para ter acesso ao Philos, é necessário contratar o serviço através de uma operadora de TV por assinatura que ofereça o pacote (GVT, NET e VIVO, R$ 19,90 mensais) ou pela Globo.com (R$ 21,90 mensais), que dá acesso a todo o acervo. Os conteúdos podem ser assistidos na TV (usando o decoder da operadora), no computador – pelo site www.philos.tv – ou em apps para iPhones, iPads e dispositivos Android.

Publicidade: Banner Luiz Carlos de Andrade Lima

Comentários

Deixe um Comentário

O seu endereço de email não será publicado.Campos obrigatórios estão marcados *

*