Accueil / Art / Sur l’artiste Journée internationale de la femme Christiana Guinle ouvre l’exposition qui débat le féminin dans les œuvres produite dans l’Iphone

Sur l’artiste Journée internationale de la femme Christiana Guinle ouvre l’exposition qui débat le féminin dans les œuvres produite dans l’Iphone

Après avoir affiché à Paris et Normandie, “Décadence Noire” chega ao Rio de Janeiro e apresenta urbanidades expressionistas e retratos de mulheres fatais que ilustram o pensamento feminino

Arte de Christiana Guinle. Foto: Divulgação.

Arte de Christiana Guinle. Photos: Divulgation.

Exposição “Décadence Noire”

Ouverture: mercredi, 08 Mars

Temps: 19 heures

Alliance française Galerie Botafogo

Curatelle: S de Nina

A atriz e artista plástica Christiana Guinle ouvre, jour 08 Mars, Journée internationale de la femme, às 19h, na Galeria Aliança Francesa Botafogo, exposition “Décadence Noire” que apresenta 18 obras feitas exclusivamente em Iphone (15 fotografias e 3 aménagements) que fazem um passeio por um único tema: femmes. L'entrée est gratuite.

Dans cette exposition, Christiana Guinle transpõe sua experiência atuando como narradora, diretora de imagem e fotógrafa. Através da sua arte, a artista constrói uma ponte entre o real e o insondável. Cada filtro é uma marca, índice de traços da alma, de referências clássicas às modernas, de olhares sobre a história contemporânea e a sociedade. As obras respondem e se confrontam para contestar questões modernas e enfatizar os tormentos contemporâneos. Suas obras estão repletas de amor e crítica, violência e sensualidade, escuro e elegante, decadente e irresistível.

A artista se alimenta de uma coleção de imagens de mais de 40.000 itens que compõem suas fontes de criação feitas, unicamente, em smartphone, que determina a linguagem deste processo singular. Usa exclusivamente esta técnica, experimentando as possibilidades infinitas oferecidas pelas aplicações digitais. A mostra foi apresentada com sucesso em Paris, na respeitada Maëlle Galerie, e na Normandia, pas Semaine de Quilly.

“Telefones celulares atuais alcançam uma qualidade de imagem ideal para o trabalho da artista, ferramenta pessoal de laboratório experimental próprio. Puis, Christiana captura, seleciona, modifica, pinta em camadas após camadas, filtros depois de filtros, aplicação após a aplicação, fundindo seu processo criativo com o mecanismo digital”, explica a curadora Nina Sales.

Nina Sales é franco-brasileira. Como diretora artística e curadora, concebeu e realizou quatro exposições individuais (Iris Della Roca, Rudi Sgarbi, Christiana Guinle, Elaine Brand), sete exposições coletivas (Passage(s), Vu DéjàVu PasVu, Enchanté Paris!, Braises d’aujourd’hui, Panor’Almas 1 & 2, Zone Brésil(S), duas conferências (Beatriz Lemos, Cristiana Tejo) e duas residências (Sean Hart, Gilberto de Abreu).

Artista Plástica Christiana Guinle. Foto: Divulgação.

Artista Plástica Christiana Guinle. Photos: Divulgation.

L’artiste- Christiana Guinle se iniciou nas artes plásticas através da pintura, fazendo seus primeiros trabalhos sob a influência de seu primo, o famoso pintor Jorge Guinle. Logo ela desiste dos pincéis em favor das Artes Cênicas, tornando-se um ícone do patrimônio audiovisual brasileiro. Durante dez anos, realiza pesquisas no campo da arte digital, questionando as novas tecnologias a serviço da expressão fotográfica. Suas últimas obras são o resultado de um processo técnico único. Ela ‘fabrica’ suas obras a partir de imagens reinterpretadas e modificadas por meio de ferramentas de retoque e pintura digital. A artista explora todos os movimentos da história da arte, inserindo referências clássicas ou modernas, criando um repertório de imagens com acentos “Neo-Pop” fundamentalmente inovadores. Ícone inesperada das redes sociais se tornou um fenômeno social. Ela tem participado em inúmeras exposições coletivas em todo o mundo, como Nova York, Paris e Rio de Janeiro. www.christianaguinle.com

Arte de Christiana Guinle. Foto: Divulgação.

Arte de Christiana Guinle. Photos: Divulgation.

Aliança Francesa – comemorou 130 années d'activités au Brésil 2015. En plus d'être une référence dans la langue, elle est, sans doute, l'institution la plus respectée et connue dans le monde, quand il se agit à la propagation de la langue française et les cultures francophones. Elle a, actuellement, plus que 850 unités 135 pays, où ils étudient à propos 500.000 étudiants. En France, il a des écoles et des centres culturels pour les étudiants étrangers. Le Brésil a le plus grand réseau d'Alliances Français avec 40 les associations et 69 unités.

En 2013, foi inaugurada a Galeria da Aliança Francesa do Rio, où, depuis, são apresentadas exposições de fotografia contemporânea, artística e documental, valorizando propostas experimentais, audaciosas e sobre grandes temas da sociedade. A inauguração da exposição “Décadence Noire”, no dia internacional dos direitos da mulher, será a ocasião de discutir sobre o papel das mulheres no campo da criação contemporânea, na França e no Brasil.

Service:

Ouverture: 08 Mars 2017, às 19h
Palestra e Bate-papo com a artista:
10 Mars 2017 – 19h30
Haut-parleur: Angela Ancora da Luz
Visitation: de09 março a 23 Avril 2017
Segunda a Sexta de 10h às 20h
Sábados de 09h às 13h
Alliance française Galerie Botafogo – Rua Muniz Barreto, 746 -Botafogo

Téléphone: (21) 3299-2000

christianaguinle.com/decadence-noire

ARTMAZONE

Curatelle: S de Nina

Direção Artística: Marcio Goldzweig

Commentaires

Laisser une réponse

Votre adresse email ne sera pas publiéeLes champs requis sont surlignés *

*