Главная / Искусство / Рококо в Бразилии Rosangela Vig

Рококо в Бразилии Rosangela Vig

Вы также можете услышать эту статью в свой собственный голос художника Rosangela Vig:

Rosângela Vig é Artista Plástica e Professora de História da Arte.

Виг является Rosangela художник и учитель История искусства.

Eu vivo nas tuas igrejas
E sobrados
E telhados
E paredes.
Eu sou aquele teu velho muro
Verde de avencas
Onde debruça
Um antigo jasmineiro,
Ароматные,
Na ruinha pobre e suja.
Eu sou estas casas
Encostadas
Cochichando umas com as outras.
Eu sou a ramada
Dessas árvores,
Sem nome e sem valia,
Sem flores e sem frutos,
De que gostam
A gente cansada e os pássaros vadios.
(ЖЕНСКИЙ, 2004, п. 38)

Pode ser que um Brasil ainda antigo esteja vivo em algumas ruazinhas de nosso país. Emoldurado por suas janelinhas, portinhas e igrejas, o tempo permaneceu inalterado nas cidades históricas, em suas ruas, suas vielas, seus becos. É como se a memória insistisse em sobreviver, em meio a telhados, fachadas, esculturas e pinturas. Fechando-se os olhos, é possível ouvir o burburinho de outros tempos, o arrastar de passos e o tropel de crianças em alegres brincadeiras e correrias, pelas ruas. A Искусство, assim fala ao pensamento, por meio de preciosos vestígios que a História deixou como pegadas dos séculos.

E os sinais de outros tempos, da segunda metade do século XVIII, foram deixados nas cidades históricas mineiras de São João Del Rey, де Ору-Прету, de Congonhas do Campo, среди других. Há ainda testemunhos desse século em Belém, em vários lugares de Pernambuco, da Bahia e do Rio de Janeiro. O então Рококо, vinha da Europa, onde se apresentava com um sentido decorativo e ornamental, levando à ideia de um alegre viver. Здесь, quando essa tendência despontou, misturou-se com a última fase do Барокко, e muitas vezes foi confundido também com o Neoclássico, que chegou um pouco mais tarde, junto com a Missão Francesa.

Fig. 1 – Igreja de Nossa Senhora do Rosário dos Pretos, Salvador, Bahia. Foto: Franck Camhi.

Инжир. 1 – Igreja de Nossa Senhora do Rosário dos Pretos, Спаситель, Bahia. Фото: Franck Camhi.

Os graciosos elementos, a minuciosa decoração e a leveza ganharam espaço na Arte brasileira, mas foi no mobiliário conhecido como estilo Dom João V e na Arquitetura, que esse estilo se manifestou com mais proeminência. Ao contrário do Rococó europeu, o nosso ficou mais evidente nos temas religiosos.

No Brasil colonial, a Arte brasileira via nascerem raminhos, ракушки, anjos e guirlandas entre os elementos decorativos. Nas igrejas e nas construções, a linhas arquitetônicas simétricas, claras, evidenciavam um estilo limpo que traduzia a sensação de equilíbrio. Na transição entre o Барокко e o Rococó, as construções se carregaram da sensação de leveza e de iluminação.

Um exemplar do Rococó brasileiro, é a Igreja de Nossa Senhora do Rosário dos Pretos (Инжир. 1), не исторический центр Сальвадора. A fachada, construída por mestre Caetano José da Costa em 1780, tem estilo Rococó. Já o retábulo é de 1871, aos moldes neoclássicos, do artista João Simões F. de Souza. Na parte externa, o tom azul da parede reforça o relevo e a brandura das linhas e dos frisos que emolduram janelas e que contornam toda a construção. Os campanários, duas altivas torres laterais, tem como acabamento um coruchéu, concluído por bulbos sobrepostos, revestidos por azulejos. As torres se completam com quatro pináculos, no topo de cada uma.

Fig. 2 – Igreja de Nosso Senhor do Bonfim, Bahia. Foto: Rhea Sylvia Noblat.

Инжир. 2 – Igreja de Nosso Senhor do Bonfim, Bahia. Фото: Рея Сильвия Noblat.

Ainda em Salvador, в штате Баия, a conhecida Igreja de Nosso Senhor do Bonfim (Инжир. 2) atesta sua fachada, aos moldes do Rococó, embora seu estilo predominante seja o Неоклассической. Há azulejaria e afrescos, в строительстве, que é um ícone da fé cristã e que seguiu os padrões das igrejas portuguesas do período. Fica nítido o afastamento do Barroco, nas paredes claras, nas linhas simétricas e retas, presentes nos delicados detalhes da parte externa.

No centro do Rio de Janeiro, a igreja de Santa Rita também atesta esse trânsito entre os estilos e guarda um pouco da História, em meio aos modernos edifícios da cidade. Sua construção foi aos moldes do Barroco, но в 1759, seu interior, o frontão e o coruchéu foram modernizados para o Rococó. Os bulbos e os pináculos na torre erguem-se expressivos e seu interior tem a decoração típica do Rococó, com uso do dourado, dos desenhos de flores e o uso de conchas.

A graciosa igreja de São Francisco de Assis, em Ouro Preto também faz parte dessa fase de transição. Seu projeto e algumas esculturas do interior são atribuídos a Aleijadinho. É do Barroco, a parte externa da igreja. É de Mestre Ataíde a pintura no teto (Инжир. 3), já apresentando traços do Rococó. В изображении, abre-se o teto da igreja, com a Virgem, em seu manto, ao centro, olhando serenamente para baixo, em um gesto de abençoar, cercada de nuvens e de anjos músicos. Ela tem os traços de uma mulata, característica inovadora para a época, que remetia para a realidade do Brasil. A cor azul, в нижней части изображения, dá saliência e relevância à cena, que ainda é decorada por delicadas linhas ornamentadas por conchas, desenho típico do Rococó.

Fig. 3 – Igreja de São Francisco de Assis, teto, com pintura de Mestre Ataíde. Foto: Museu Aleijadinho.

Инжир. 3 -Церковь St. Francis Ассизи, teto, com pintura de Mestre Ataíde. Фото: Алехандро музей.

Muitos dos escultores que estiveram presentes no Barroco brasileiro, acabaram por adotar o Rococó em suas obras, entre os quais Manuel da Costa Ataíde (1762-1830) e Antônio Francisco Lisboa (1730-1814), Алейжадинью. E ainda é válido citar os nomes de José Pereira Arouca (1733-1795) e de Francisco Xavier de Brito (вероятно 1715-1751).

Нет Brasil, o Rococó ficou registrado em ruazinhas, em igrejas de várias cidades e nesses lugares onde o tempo parece não ter passado. Por essas bandas, a vida parece transcorrer da forma costumeira e a Arte parece ter sido incorporada à paisagem. O tempo que parece minguado, os passos apressados e largos que se arrastam no dia a dia, parecem esconder tanta riqueza. Mas a Arte é obstinada, teima estar nos caminhos, escondida, aguardando um olhar maravilhado, sobre sua forma, sobre sua cor, para que tenha valido a pena a pincelada do artista, o entalhe do escultor e o cálculo do arquiteto.

Dar a qualquer matéria
A aritmética do metal
Dar lâmina ao metal
E à lâmina, Алюминий.

Dar ao número ímpar
O acabamento do par
Então ao número par
O assentamento do quatro.

Dar a qualquer linha
Projeto a pino de reta,
Dar ao círculo, sua reta
Sua racional de quadrado.

Dar à escultura, o limpo,
De uma máquina de Arte
В свою очередь, capaz da Arte
De dar-se um espaço explícito.

(МЕЛО НЕТО, 1975 p.12)

.

В избранное? Оставить комментарий!

.

Пойдем с нами, Получить Последние по электронной почте:

E-mail

.

.

Вам также могут понравиться:

.

Ссылки:

БАЙЕР, Раймонд. История эстетики. Лиссабон: Редакция Stamp, 1993. Перевод Хосе Сарамаго.

ЧИЛВЕРС, Ян; ZACZEK, Иэн; УЭЛТОН, Джуд; ГОРНИСТ, Кэролайн; МАК, Лорри. Иллюстрированная история искусства. Сан-Паулу: Publifolha, 2014.

ЖЕНСКИЙ, Кора. Кора Коралина в стране кошмаров, Лучшие стихи. Сан-Паулу: Глобальные издатель, 2004.

Гомбрич, E.H. История искусства. Рио-де-Жанейро: Editora Гуанабара, 1988.

HAUSER, Арнольд. Социальная история искусства и литературы. Мартинс Fontes, Сан-Паулу, 2003.

МЕЛО НЕТО, João Кабрал. Музей все. Сан-Паулу: И. José Olympo, 1975.

SCHILLER, Фридрих фон. Эстетическое воспитание человека. Сан-Паулу: И. Iluminuras, 2002.

.

Как фигурас:

Инжир. 1 - Igreja de Nossa Senhora do Rosário dos Pretos, Спаситель, Bahia. Фото: Franck Camhi.

Инжир. 2 - Igreja de Nosso Senhor do Bonfim, Bahia. Фото: Рея Сильвия Noblat.

Инжир. 3 - Церковь St. Francis Ассизи, teto, com pintura de Mestre Ataíde. Фото: Алехандро музей.

.

Комментарии

Комментарии

Вы также можете услышать эту статью в свой собственный голос художника Rosangela Vig: Я живу в церкви и дома и крыш и стен. Я уверен, что старые Зелёная стена адиантум где рассматриваются бывший Жасмин, Ароматные, Na ruinha pobre e suja. Eu sou estas casas Encostadas Cochichando umas com as outras. Eu sou a ramada Dessas árvores, Sem nome e sem valia, Sem flores e sem frutos, De que gostam A gente cansada e os pássaros vadios. (ЖЕНСКИЙ, 2004,…

Обзор

Сплоченность
Консистенция
Содержимое
Текстовое ясность
Форматирование

Отлично!!

Итог: Оцените статью! Спасибо за Ваше участие!!

Рейтинг пользователей 4.75 ( 5 голосов)

Оставить комментарий

Ваш email нигде не будет показанОбязательные для заполнения поля помечены *

*