Home / Arte / Oficina de Música continua com inscrições abertas até 20 de novembro
Oficina de Música. Foto: Cido Marques.

Oficina de Música continua com inscrições abertas até 20 de novembro

Completando quinze dias com inscrições abertas, a 35ª Oficina de Música de Curitiba já conta com 450 alunos matriculados, entre eles 81 estrangeiros. Treze cursos estão com as vagas esgotadas. Promovida pela Prefeitura de Curitiba, por meio da Fundação Cultural e do Instituto Curitiba de Arte e Cultura (ICAC), a Oficina será realizada de 7 a 29 de janeiro, com a oferta de 77 cursos nas fases de música erudita e MPB. As inscrições seguem até 20 de novembro, no site www.oficinademusica.org.br.

Cada aluno pode freqüentar até seis cursos, com o limite de três para cada fase. As aulas acontecem na sede da Pontifícia Universidade Católica do Paraná (PUC-PR) e diversas outras atividades estão programadas na Capela Santa Maria e nas Administrações Regionais. Na página da Oficina de Música constam todas as informações sobre os cursos, professores, número de vagas e horários.

Publicidade: Banner Luiz Carlos de Andrade Lima

Cursos com vagas abertas – Diversos cursos da fase erudita e antiga ainda estão com vagas abertas. O núcleo “Ópera Estúdio” volta à programação da Oficina, ofertando estágios para direção cênica, musical e prática de coro adulto. A ópera encenada será “A flauta mágica”, de Wolfgang Amadeus Mozart.

Ainda há tempo para se inscrever no curso de um dos mais conceituados pianistas brasileiros, Cristian Budu, e também da soprano brasileira Rosana Lamosa, do violoncelista brasileiro radicado na Alemanha, Matias de Oliveira Pinto, e dos violinistas Yusuko Horigome, do Japão, e Hagai Shaham, de Israel.

No núcleo de música contemporânea da fase erudita, destaque para o novo curso “O som específico” (Specific Sound), do professor Brandon LaBelle. Nele, será analisada a utilização do som como material e ferramenta artística e musical em locais fechados, na cidade e em outros ambientes. O curso discutirá o tema da arte sonora como um conjunto de práticas situadas entre música e arte.

Outros que merecem atenção são os cursos Orquestra de Frevo, com Spok, Bateria no Frevo, com Adelson Silva, e o Seminário de Violas do Brasil, com os professores Ricardo Vignini, Zé Helder, João Paulo Amaral, Cacai Nunes e Rogério Gulin, realizados na fase de Música Popular Brasileira. O curso de Cristóvan Bastos sobre a sua música para todos os instrumentistas e estudantes de música em geral também é novidade neste ano.

Para o núcleo Música e Tecnologia restam poucas vagas. Nesta edição, dois novos cursos ainda estão com inscrições abertas: “Home Vídeos para músicos: produzindo vídeos no seu Home Studio e Loop Station” e “Tecnologia e Performance: o uso de Loops e DAWs na performance ao vivo”, ministrados pelo professor André Paz.

Serviço:

35ª Oficina de Música de Curitiba
Data: de 7 a 29 de janeiro de 2017
Realização: Prefeitura Municipal de Curitiba, Fundação Cultural de Curitiba e Instituto Curitiba de Arte e Cultura (ICAC).

Inscrições: www.oficinademusica.org.br até 20 de novembro de 2016.

Valor: R$ 100 (um curso), R$ 150 (dois cursos), R$ 180 (três ou mais cursos distribuídos nas duas fases) e R$ 10 (cursos nas Ruas da Cidadania).

Comentários

Deixe um Comentário

O seu endereço de email não será publicado.Campos obrigatórios estão marcados *

*