Casa / Art / Philos debutto nel mese di ottobre diretto da João Barone sulla partecipazione del Brasile nella seconda guerra mondiale
Frame da Série 1942 – O Brasil e sua guerra quase desconhecida. Foto: Rivelazione.

Philos debutto nel mese di ottobre diretto da João Barone sulla partecipazione del Brasile nella seconda guerra mondiale

Basato sul libro omonimo dello scrittore e batterista di Paralamas do Sucesso,
il programma porta le scene registrate in Italia, além de imagens de arquivo
e entrevistas com personalidades e ex-combatentes

João Barone. Foto: Verônica Peixoto.

João Barone. Foto: Verônica Peixoto.

Lungo 2015, il mondo ha celebrato il 70 anos do término do conflito mais sangrento da História: a Segunda Guerra Mundial. Apesar de pouco difundida, a participação brasileira na guerra foi importante para o desenvolvimento do país. Para abordar o tema, o Philos lança em outubro a série 1942 – O Brasil e sua guerra quase desconhecida, com direção de João Barone, escritor e baterista dos Paralamas do Sucesso. Interessado no assunto, Barone passou décadas dedicado à pesquisa do Brasil daqueles tempos, além de percorrer os mesmos cenários desbravados pelas tropas nacionais em combate na Itália para escrever o livro que inspirou a série, pubblicato nel 2013. Dividida em quatro episódios, a segunda produção criada especialmente para o serviço de video on demand da Globosat vai mostrar cenas gravadas na Itália, além de imagens de arquivo e entrevistas com personalidades, storici, jornalistas e ex-combatentes. “O desafio de fazer a série a partir do livro foi manter sua linha mestra de jornalismo histórico e tirar este tema do arcabouço onde ficou guardado por décadas”, conta Barone.

Antonio Inham e João Barone em Monte Castello. Bastidores, Arquivo pessoal João Barone.

Antonio Inham e João Barone em Monte Castello. Bastidores, arquivo pessoal João Barone.

Pracinhas – apelido dado aos soldados da Força Expedicionária Brasileira – durante a Segunda Guerra Mundial, Antônio Inham, Alberto Arioli, João Moreira, Juventino da Silva, Osias Machado da Silva, Amerino Raposo Filho e Newton La Scaleia contam suas experiências sobre a convocação para a guerra e os combates que participaram. Barone registrou vários momentos e cerimônias na Itália em honra aos soldados brasileiros, in particolare, pelas três grandes vitórias da FEB em Monte Castello, Montese e Fornovo di Taro. “Acompanhei o retorno pela primeira vez desde o fim da guerra destes pracinhas com mais de 90 anni. Foi emocionante entrevistá-los e presenciar as homenagens que receberam da população local”, lembra Barone.

Alberto Arioli e João Barone. Bastidores, arquivo pessoal João Barone.

Alberto Arioli e João Barone. Bastidores, arquivo pessoal João Barone.

O programa ainda traz entrevistas com os jornalistas e escritores Pedro Bial, Arthur Dapieve, William Waack, Marcelo Monteiro, o renomado escritor Luiz Fernando Veríssimo, o humorista Marcelo Madureira, o diplomata Jorge Carlos Ribeiro, o imortal da Academia Brasileira de Letras Marco Lucchesi, o cantor e compositor Jorge Mautner, o professor do Instituto de Estudos Estratégicos da UFF Vágner Camilos Alves, o diretor do Patrimônio Histórico e Documentação da Marinha Armando de Senna Bittencourt e o historiador militar Durval Lourenço Pereira. “Para compor o programa, convidei pessoas conhecidas que se interessam pelo tema, outras que foram testemunhas e vivenciaram aqueles tempos, mais além dos ex-combatentes. Jorge Carlos Ribeiro (pai de Bi Ribeiro, companheiro de Barone nos Paralamas do Sucesso) estava morando em Berlim em 1940 con i genitori, quando o Brasil rompeu com a Alemanha e a família teve de voltar”, lembra Barone. “Já Bial é filho de judeus convertidos que fugiram do Holocausto. William Wack foi correspondente de guerra em conflitos recentes e escreveu As duas faces da glória, sobre os soldados da FEB”, completare.

Madu, Barone e Bial. Bastidores, arquivo pessoal João Barone.

Madu, Barone e Bial. Bastidores, arquivo pessoal João Barone.

A série é dividida em quatro episódios que contam de forma cronológica a participação do Brasil na Segunda Guerra Mundial. Tal como no livro homônimo, Barone recria o contexto da época e derruba alguns mitos, revela curiosidades e casos surpreendentes, sempre permeados por depoimentos dos ex-combatentes e personalidades que de alguma forma vivenciaram a guerra, como testemunhas da época ou por conta do legado e das marcas que o conflito deixou. O programa conta também com uma cuidadosa pesquisa de imagens de arquivo que entrega algumas surpresas: filmagens do encontro entre Vargas e Roosevelt em Natal (RN), cenas do submarino italiano que fez o primeiro ataque em nossos mares e do seu comandante, Nato a São Paulo, além de uma inédita filmagem colorida dos aviadores brasileiros do esquadrão Senta a Pua, em ação na Itália.

Pubblicità: Banner Luiz Carlos de Andrade Lima

O primeiro episódio, Os ventos da guerra chegam ao Brasil, recria o contexto histórico e o flerte do governo Vargas com o fascismo antes da decisão de apoiar os Estados Unidos, il 1942. O segundo episódio, Em nome da Pátria, mostra os preparativos do Brasil para participar da guerra. O terceiro, Sangue em combate, conta as experiências dos brasileiros sob fogo, em campo de batalha. O último capítulo, Vittoria, paz e esquecimento aborda as grandes vitórias da FEB nos momentos finais da guerra, o retorno para casa e o posterior esquecimento da participação brasileira no conflito.

Frames da série:

Frames da Série: Rivelazione.

Barone e a Segunda Guerra

João Barone. Foto: Verônica Peixoto.

João Barone. Foto: Verônica Peixoto.

O interesse de Barone pela história da Segunda Guerra vem desde a infância. O fato de seu pai, João de Lavor Reis e Silva, ter sido um dos 25 mil pracinhas da Força Expedicionária Brasileira (FEB), aguçou sua curiosidade sobre o conflito: “queria saber mais sobre aquela experiência radical que ele vivenciou e que não costumava recontar, assim como os desdobramentos da guerra na História nacional. Nel corso degli anni, pude comprovar que todos que tomam conhecimento desta história do nosso país e de nossa gente, non mancano di sorprendere e addirittura essere spostato".

Barone ha prodotto e partecipato a diversi film documentari e programmi sulla guerra mondiale: Un brasiliano sul d-Day (2006) e Il percorso degli eroi (2014). Ha scritto racconti e due libri sull'argomento, il primo autorizzato La mia seconda guerra (2009). La serie omonima, 1942: Il Brasile e la sua guerra quasi sconosciuto (2013), prende il lettore per i tempi in cui il Brasile dichiarò guerra all'asse, per capire i fatti e le loro conseguenze, comporre un quadro completo su tutto ciò che riguarda il coinvolgimento e la partecipazione del Brasile nella seconda guerra MONDIALE. Per quanto riguarda la nuova serie: "C'è ancora un sacco di cose interessanti da esplorare sul Brasile nella guerra mondiale, ma sono sicuro che questa nuova serie si romperà un paradigma, avrà questo argomento sicuramente del ghetto in cui erano nascosti dal pubblico in generale. Nostra storia merita", Stati eccitati.

Circa il Philos

Creato da Globosat, il Philos non è un canale tradizionale. Con una vasta collezione che riunisce i migliori documentari e spettacoli indimenticabili, Philos è disponibile nella video su richiesta abbonamento (SVOD), dove lo spettatore sceglie il tempo e il contenuto che si desidera guardare, tutte le volte che si desidera, per mezzo di una firma. Con produzioni di alta qualità, Philos riunisce documentari sull'arte, Scienza, storia, aggiornamenti, musica, popoli e culture; dibattiti e interviste; e spettacoli di danza e musica, il tutto in alta definizione (HD). Per accedere il Philos, È necessario assumere il servizio attraverso un operatore di pay TV che offre il pacchetto (GVT e NET, R $ 14,90 mensile) o di Globo.com (R $ 16,90 mensile), che consente di accedere all'intera raccolta. Il contenuto può essere visto in TV (utilizzando il decoder dell'operatore), sul computer – il sito www.Philos.TV - o apps per iPhone, iPad e dispositivi Android.

Commenti

3 commenti

Lascia un Commento

Il tuo indirizzo email non verrà pubblicato.I campi obbligatori sono evidenziati *

*