Home / Arte / RELIGARE – Exposição de pinturas de Manoel Teixeira
Manoel Teixeira, Deusa do vale, 57 x 72 cm. Foto: Divulgação.
Manoel Teixeira, Deusa do vale, 57 x 72 cm. Foto: Divulgação.

RELIGARE – Exposição de pinturas de Manoel Teixeira

De 16 de Agosto a 16 de Setembro de 2017

A mostra RELIGARE reúne uma produção contínua de pinturas que, partindo de uma concepção construtiva geométrica mais estrita, se associaram cada vez mais a uma representação da vida em seus elementos mais essenciais, buscando sempre um olhar atento e sensível às relações entre formas e cores, aos materiais e suas qualidades expressivas, e uma religação às forças da matéria e dos elementos, ao cosmos e à vida, chegando a um sentido do místico que se aproxima do religioso mas foge do doutrinário.

Publicidade: Banner Luiz Carlos de Andrade Lima

Essa produção partiu de uma preocupação inicial de fazer interagir formas geométricas elementares e formas orgânicas ou “manchas”, subvertendo a lógica do abstracionismo geométrico mais propriamente construtivo e estabelecendo uma relação dinâmica entre o formal e o informal, um contraponto entre o geométrico e o orgânico, reforçado pela convivência e contraste entre materiais, daí sua denominação de Geometrias Impuras. Esses trabalhos buscam sempre captar a situação em que as formas latejam e ganham uma vibração própria e um equilíbrio momentâneo e instável.

A ligação entre a visão construtiva e a representação das forças da vida se aprofundou a partir de uma incorporação mais explícita do telúrico, de um aproximar-se dos elementos básicos da natureza: o ar, o vento, a terra, a pedra e a água, expressando suas contraposições e interrelações, o que tem ressonância nos próprios materiais utilizados, em especial a terra, os pigmentos minerais, explorados em suas diversas cores, texturas e densidades.

Isto encaminhou o trabalho para uma aproximação ao místico, aos símbolos e aos mitos, ensejando construções simbólicas e representações dos sentidos básicos da vida, buscando falar daquilo que permanece ou é permanente em um espaço social onde domina o fugaz, a rapidez, a fragmentação, a dificuldade de ligar-se aos valores fundamentais da existência.

Alguns trabalhos se valem de referências figurativas, algumas com forte ressonância simbólica e mítica, como a árvore e a montanha, e conformam espécies de paisagens metafísicas. Algumas são representações particulares de mitos descritos no livro “História das crenças e das ideias religiosas”, de Mircea Eliade.

O livro inspira o conjunto dos trabalhos ao estimular a representação, não só dos elementos constituintes do mundo e das visões cosmogônicas, mas também de alguns sentidos fundamentais da existência humana: o acolher, o abrigar, o contato de peles, o encontro e ligação dos seres, do masculino e do feminino, a geração e recriação da vida.

RELIGARE propõe assim um olhar mais lento e reflexivo sobre os trabalhos expostos e, em meio a um mundo cada vez mais preso ao contigente e ao passageiro, se pretende um chamado ao permanente, a uma religação maior aos fundamentos da vida e do estar junto, aos elementos e sua interrelação, aos mistérios da criação e do cosmos, aos mistérios do outro.

Manoel Teixeira

Todos os trabalhos são em técnica mista sobre tela, utilizando pigmentos minerais, tinta acrílica e, eventualmente, colagens de materiais diversos.

Mostra RELIGARE. Divulgação.

Comentários

Um comentário

Deixe um Comentário

O seu endereço de email não será publicado.Campos obrigatórios estão marcados *

*