Home / Arte / Últimos dias: exposição “ALEX FLEMMING: RetroPerspectiva”

Últimos dias: exposição “ALEX FLEMMING: RetroPerspectiva”

No último dia da exposição, 11 de dezembro, o artista estará no MAC
para receber os convidados

Alex Flemming: RetroPerspectiva. Foto: Murillo Medina.

Alex Flemming: RetroPerspectiva. Foto: Murillo Medina.

Os paulistanos que já passaram pela Estação Sumaré do Metrô de São Paulo já devem ter reparado alguns rostos anônimos em painéis de vidro sobrepostos por poemas brasileiros. O artista criador trouxe para São Paulo a exposição gratuita Alex Flemming: RetroPerspectiva, no MAC USP Ibirapuera. Experimental por princípio, Alex Flemming comemora 40 anos de profissão apresentando obras suas de diversas séries, desde objetos até pinturas sobre superfícies não tradicionais.

Alex Flemming: RetroPerspectiva traz 110 obras das últimas quatro décadas de produção do artista. Livre de escolas, movimentos e formas, Flemming sempre pesquisou diferentes materiais como suporte de suas pinturas, como gravuras, fotografias, objetos e instalações. “Transformo objetos da minha vida em arte e fotos em pinturas. Retorno a temas sobre os quais me dediquei 10 anos atrás e volto ao assunto, porém sob outro ponto de vista. Meu trabalho reflete essa exposição: ele é circular, não linear”, diz Flemming.

Com uma obra de caráter autorreferente, Flemming traz pinturas que têm como suporte suas próprias roupas, assim como o prato em que comeu, as cuecas que usou, os cartões de crédito que gastou, os dentes que tirou. “Auto-Retrato em Auschwitz”, por exemplo, mostra sapatos que Flemming utilizou ao longo da vida, pintados da mesma cor, formando um círculo em que não se vê o fim.

Biblioteca Mário de Andrade

O centro de São Paulo estará de cara nova a partir de 3 de dezembro. A Biblioteca Mario de Andrade ganha uma nova obra pública para o seu acervo: 16 imensos vidros do artista plástico Alex Flemming, retratando pessoas anônimas que frequentam a Biblioteca. Na arte de Flemming, dotada de muita cor e vibração, esses cidadãos desconhecidos se transformam em representantes da cidade, personagens símbolos do transeunte anônimo e dos usuários da Biblioteca. O local também foi escolhido para o lançamento do livro “Alex Flemming”, com texto de autoria da Professora Mayra Laudanna do Instituto de Estudos Brasileiros da USP.

Publicidade: Banner Luiz Carlos de Andrade Lima

O livro “Alex Flemming” tem como base as 120 obras da exposição “Alex Flemming – Retroperspectiva”, em cartaz no Museu de Arte Contemporânea da USP de 13 de agosto a 11 de dezembro de 2016. Mais do que um simples catálogo da exposição no MAC, o livro (bilíngue – português/ inglês) possui um denso ensaio sobre a obra do artista viajante que há mais de 25 anos divide seu tempo e sua produção entre São Paulo e Berlin. O artista paulistano já morou na Flórida, Nova Iorque, Lisboa, Rotterdam, Berlin Oriental e fixou residência naquela cidade em 1991.

Sobre Alex Flemming

“Ser artista é aceitar o desafio de se expressar diferentemente conforme a vida evolui”, diz Alex Flemming. Filho de um piloto e de uma aeromoça, ele é um cidadão do mundo. Formado em Cinema pela Fundação Armando Álvares Penteado, o artista surgiu no meio artístico nos anos 70, com gravuras sobre o cotidiano e contestação sócio-política. Iniciou intensa dedicação à pintura quando ganhou bolsa de estudos da Fundação Fulbright e cursou o Pratt Institute de Nova York. Atualmente, Flemming mora na Alemanha, mas visita o Brasil com frequência para fortalecer suas raízes.

SERVIÇO
Alex Flemming: RetroPerspectiva
Local: MAC USP Ibirapuera
Endereço: Avenida Pedro Álvares Cabral, 1301 – Ibirapuera
Temporada: 13 de agosto a 11 de dezembro
Funcionamento: Terça a domingo, das 10h às 18h
Contato: (11) 2648-0254

Entrada gratuita

Comentários

Deixe um Comentário

O seu endereço de email não será publicado.Campos obrigatórios estão marcados *

*