Marcos Cordiolli – Site Obras de Arte https://www.obrasdarte.com Artes Plásticas e Galeria Virtual de Arte Thu, 18 Apr 2019 13:24:17 +0000 pt hourly 1 https://wordpress.org/?v=4.9.8 https://www.obrasdarte.com/wp-content/uploads/2014/02/cropped-Logo-Obras-de-Arte-140-x-140-32x32.jpg Marcos Cordiolli – Site Obras de Arte https://www.obrasdarte.com 32 32 Acervos dos museus da FCC poderão ser consultados pela internet https://www.obrasdarte.com/acervos-dos-museus-da-fcc-poderao-ser-consultados-pela-internet/ https://www.obrasdarte.com/acervos-dos-museus-da-fcc-poderao-ser-consultados-pela-internet/#respond Mon, 02 Jan 2017 16:24:52 +0000 http://www.obrasdarte.com/?p=33460-pt O Acordo de Cooperação Técnica firmado entre a Fundação Cultural de Curitiba e a Secretaria de Estado da Cultura para adesão dos museus municipais ao Sistema Estadual de Museus já apresenta os primeiros resultados. Em janeiro terá início o processo de migração dos bancos de dados dos acervos para um novo sistema que possibilitará a consulta pública das obras de arte pela internet.

Publicidade: Banner Luiz Carlos de Andrade Lima

No dia 9 de janeiro, bibliotecários e técnicos do Museu Municipal de Arte começam o treinamento oferecido pela Coordenadoria do Sistema Estadual de Museus para fazer a transferência das informações para o Pergamum, que é o programa de catalogação e armazenamento utilizado pelos museus estaduais. O sistema foi desenvolvido pela Universidade Católica do Paraná e atualmente é utilizado em mais de 424 instituições e 8 mil bibliotecas em todo o Brasil.

O Museu Municipal de Arte tem um total de 3.830 obras catalogadas. Na sequência, todos os demais acervos da Fundação Cultural de Curitiba também serão transferidos para a nova plataforma: Museu da Gravura (2.809 obras), Museu da Fotografia (1.496 imagens), Museu de Arte Sacra (1.580 itens), além de todos os itens do Centro de Documentação e Pesquisa da Casa da Memória, da Gibiteca de Curitiba, do Conservatório de MPB e da Cinemateca, num total de mais de 700 mil itens, entre livros, documentos, fotografias, cartazes, gibis, periódicos, CDs, DVDs e filmes.

De acordo com a diretora de Patrimônio Cultural da Fundação Cultural de Curitiba, Marili Azim, o Pergamum é a ferramenta adequada para a catalogação e disponibilização do acervo da Fundação Cultural, diante da grande diversidade de formatos e suportes. “O uso do sistema é gratuito para a Fundação Cultural, mas o mais importante é que ele permitirá o acesso da população às informações dos acervos municipais”, diz Marili.

O acordo de cooperação foi firmado no dia 6 de dezembro pelo presidente da Fundação Cultural de Curitiba, Marcos Cordiolli, e pelo secretário de Estado da Cultura, João Luiz Fiani. Além do uso do Pergamum, o acordo tem o objetivo de promover a articulação entre os museus existentes no estado, desenvolver programas de assistência técnica, promover programa de capacitação de recursos humanos, incentivar a realização de atividades culturais, fomentar a pesquisa, inventário, registro, vigilância e tombamento das obras de arte, e manter o intercâmbio com entidade nacionais e internacionais.

]]>
https://www.obrasdarte.com/acervos-dos-museus-da-fcc-poderao-ser-consultados-pela-internet/feed/ 0
FCC e SEEC firmam termo de adesão de Curitiba ao Sistema Estadual de Museus https://www.obrasdarte.com/fcc-e-seec-firmam-termo-de-adesao-de-curitiba-ao-sistema-estadual-de-museus/ https://www.obrasdarte.com/fcc-e-seec-firmam-termo-de-adesao-de-curitiba-ao-sistema-estadual-de-museus/#respond Wed, 07 Dec 2016 13:20:22 +0000 http://www.obrasdarte.com/?p=33221-pt O presidente da Fundação Cultural de Curitiba, Marcos Cordiolli, e o secretário de Estado da Cultura, João Luiz Fiani, assinaram nesta terça-feira (6) o Acordo de Cooperação Técnica para adesão dos museus municipais de Curitiba ao Sistema Estadual de Museus do Paraná. A parceria permite a união de esforços para gestão, modernização, difusão e capacitação na área museológica em benefício dos quatro museus mantidos pela FCC: Museu Municipal de Arte, Museu da Gravura, Museu da Fotografia e Museu de Arte Sacra.

Publicidade: Banner Luiz Carlos de Andrade Lima

“A adesão dos museus municipais ao Sistema Estadual abre perspectivas de um maior atendimento da população. Os museus são equipamentos culturais por excelência e desempenham um importante papel no conjunto das políticas públicas”, disse Cordiolli, lembrando que um convênio semelhante foi implantado em relação aos editais da Lei Municipal de Incentivo à Cultura.

“A regulação dos sistemas e das práticas de políticas culturais é prioridade absoluta. Temos avançado muito rápido em vários protocolos regulatórios. Adotamos essa medida em relação à gestão dos editais, aproveitando equipamentos, tecnologias e expertise de um sistema funcional e eficiente”, destacou.

Marili Azim, João Luiz Fiani, Marcos Cordiolli e Rodrigo Marques (esq p/ dir). Foto: Cido Marques.

Marili Azim, João Luiz Fiani, Marcos Cordiolli e Rodrigo Marques (esq p/ dir). Foto: Cido Marques.

Para o secretário João Luiz Fiani, a parceria traz ganhos para ambos os lados. “Observamos que os museus paranaenses atuam muito sozinhos e, apesar do importante papel que desempenham, ficam relegados a um segundo plano, trabalhando sempre no limite, com muitas dificuldades. Nosso objetivo é harmonizar as instituições, tornando esse trabalho mais fácil, até para angariar recursos. Essas condutas estão acima de questões políticas e ideológicas”, afirmou.

A diretora de Patrimônio Cultural da FCC, Marili Azim, conta que a colaboração entre os museus municipais e estaduais já se dava por iniciativa dos técnicos, mas havia a necessidade de uma regulamentação. Para Marili, um dos principais benefícios da adesão é a possibilidade de uso gratuito do Pérgamo, um programa de catalogação e armazenamento de dados que permite disponibilizar os acervos na internet, garantindo o acesso de toda a população.

São objetivos do acordo estabelecer um padrão museológico, promover a articulação entre os museus existentes no estado, desenvolver programas de assistência técnica, promover programa de capacitação de recursos humanos, incentivar a realização de atividades culturais, fomentar a pesquisa, inventário, registro, vigilância e tombamento das obras de arte, e manter o intercâmbio com entidade nacionais e internacionais. Também participou da assinatura do termo o coordenador do Museu da Fotografia Cidade de Curitiba, Rodrigo Marques.

]]>
https://www.obrasdarte.com/fcc-e-seec-firmam-termo-de-adesao-de-curitiba-ao-sistema-estadual-de-museus/feed/ 0
Portão Cultural recebe as atrações da Bienal de Quadrinhos de Curitiba https://www.obrasdarte.com/portao-cultural-recebe-as-atracoes-da-bienal-de-quadrinhos-de-curitiba/ https://www.obrasdarte.com/portao-cultural-recebe-as-atracoes-da-bienal-de-quadrinhos-de-curitiba/#respond Tue, 06 Sep 2016 14:10:06 +0000 http://www.obrasdarte.com/?p=31695-pt Durante quatro dias, de 8 a 11 de setembro (quinta-feira a domingo), o MuMA, no Portão Cultural, sediará a Bienal de Quadrinhos de Curitiba. Nesse período, o espaço será a casa de mais de 100 artistas nacionais e internacionais que, com seu olhar aguçado sobre o mundo, têm muito a contribuir para a democratização do acesso à cultura e para a criação de uma sociedade mais crítica.

Toda a programação será gratuita: debates, palestras, oficinas e eventos diversos, como a Gibikids, pensado para crianças, a Bienal Publica!, que dá vez a quem ainda não tem voz, e o Palco Ocupa, uma possibilidade para o espontâneo, além da exibição de filmes e festas.

A Bienal de Quadrinhos de Curitiba é realizada pela Znort, em parceria com a Fundação Cultural de Curitiba, Prefeitura de Curitiba e tem como apoiadores o o Sesi, Consulados do Japão e da França, Câmara Municipal e outros parceiros que vêm sendo mantidos desde a primeira edição, quando o evento era chamado de Gibicon.

Publicidade: Banner Luiz Carlos de Andrade Lima

Pré-bienal

A Bienal de Quadrinhos acontece em setembro, mas uma série de eventos já vinham acontecendo para o público ir entrando no clima. Em agosto, o Sesi – Casa Heitor Stockler de França, recebem ações de grafitagem, oficina de autopublicação e debate sobre feminismo e quadrinhos.

A Gibiteca de Curitiba também recebe a exposição Navio Negreiro, baseada na HQ homônima de Elvo Benito Damo. Com gravuras e matrizes originais da obra, a mostra será inaugurada na sala de exposições, às 19 horas do dia 6.

Prêmio Claudio Seto de Quadrinhos

O grande homenageado do ano, que ganhará uma exposição de seus originais no MuMA, é o veterano ilustrador Benício. Com 80 anos, o artista carioca é famoso pelas ilustrações em revistas pulp-fiction, capas de discos e cartazes de filmes, produzidos em mais de cinquenta anos de trabalho.

Bienal Publica!

Uma ação democrática e potencialmente transformadora. Nesta edição, a Bienal Publica!, através de uma equipe de curadores, selecionou 300 artistas para publicação e distribuição gratuita nos dias do evento.

Arte de Juscelino Neco. Divulgação.

Arte de Juscelino Neco. Divulgação.

Gibikids – Casa da Leitura Wilson Bueno

Crianças também são bem-vindas na Bienal. A Casa da Leitura Wilson Bueno, no Portão Cultural, terá programação infantil especial, com contação de histórias, oficinas, palestras, shows e peças de teatro.

Mostra de filmes

Quadrinhos e cinema se encontram em uma parceria promissora: o maior festival de animação da América Latina, o Anima Mundi, também estará na Bienal de Quadrinhos. Haverá seleções de filmes em curta e média-metragem. Uma adulta, com animações de temática política, e outra com seleção de curtas nacionais infantis. A Bienal irá exibir o filme Olympia 2016, um trhiller político de Rodrigo Mac Niven que traz uma discussão qualificada sobre a corrupção.

Bienal na Gibiteca de Curitiba

A Gibiteca irá receber uma programação especial de oficinas para professores e arte-educadores: Educação e Quadrinhos, com Fábio Paiva (PE), responsável pelo projeto EduQuadrinhos; e a oficina Uso de Fanzines e HQ em Sala de Aula, com Carlos de Brito Lacerda (GO), coordenador dos projetos Fanzinaço e Fanzinação.

O setorial de ilustração irá promover o debate “Planejamento e conquistas no Poder Público”, com os delegados representantes dos ilustradores nas Conferências de Cultura Marcelo Lopes, Fúlvio Pacheco, Jyudah, Natan SS, além do secretário executivo do Conselho Municipal do Patrimônio Cultural, Hugo Moura Tavares e o presidente da FCC, Marcos Cordiolli.

Duelo HQ

Dois artistas desenhando em tempo real. É uma batalha criativa, mas sem derrotado. Allan Sieber, Lovelove e Rafael Sica estão confirmados. O evento acontece no Quintal do Monge (Rua Doutor Claudino dos Santos, 24, São Francisco), dia 9 de setembro, sexta-feira, às 22h, com ingressos a R$ 5. Com discotecagem para embalar.

Arte de Retinto Shiko. Divulgação.

Arte de Retinto Shiko. Divulgação.

Festa

We like to party! A festa oficial da Bienal de Quadrinhos de Curitiba será no Jokers, no sábado, 10 de setembro, a partir das 22h, com show da banda Ovos Presley. Os ingressos custarão R$ 20 e R$ 10 (meia-entrada).

E mais… Arena dos Artistas, Sessão de autógrafos, Palco Ocupa, Leia Mulheres, Croquis Urbanos, Feira de Quadrinhos, shows, contação de histórias, teatro….

Confirme e confira a programação completa no site www.bienaldequadrinhos.com.br

Programação

AUDITÓRIO ANTONIO CARLOS KRAIDE

8 SET (QUI)
11h: MESA: O QUADRINHO ATUAL CURITIBANO
Mediação: André Caliman. Com Adriano Loyola, Pryscila Vieira, Yoshi Itice, Fulvio Pacheco e Antonio Eder.
14h: MESA: NOVA GERAÇÃO DE FÔLEGO
Mediação: Lobo. Com Pedro Cobiaco, Diego Sanchez, Bianca Pinheiro, Felipe Nunes e Gustavo Borges.
16h: PALESTRA: LOVELOVE6 – DES(CONS)TRUINDO O OLHAR MASCULINO
Reflexões e propostas feministas para uma representação feminina crítica nas HQs
18h: PALESTRA: LIVE DRAWING
Com Roger Cruz
21h: SHOW: ZED – ESTUDOS MUSICAIS
Com Fabiano Silveira (Tiziu), Gabriel Schwartz, Sergio Albach e André Caliman.

9 SET (SEX)
11h: PALESTRA: QUADRINHÓPOLE 10 ANOS
Mediação: Antônio Eder. Com Leonardo Melo.
14h: MESA: NOVAS LINGUAGENS DO MAINSTREAM – COMO AS GRANDES EDITORAS ESTÃO INOVANDO PARA ATRAIR LEITORES?
Mediação: Ibraim Roberson. Com Gustavo Duarte, Juscelino Neco e Mateus Santolouco.
16h: MESA: QUADRINHOS E CONFLITOS DE TERRA
Mediação: Janaina Moscal. Com André Toral, Daniel Esteves e Jesús Cossio.
18h: MESA: CADERNOS DE VIAGENS
Mediação: Lielson Zeni. Com André Caliman, Elcerdo, Guilherme Caldas e Power Paola.
20h: MESA: MÚSICA E QUADRINHOS
Mediação: Heitor Pitombo. Com André Caliman (ZED), Fabiano Silveira – Tiziu (ZED), Cleiton Patrick (Rock para Caçador), Junior Hellboy (Fliperama Mundo Cão), Leonardo Melo (Fire Shadow), Marcatti (Ratos do Porão), Alcimar Frazão (O Diabo e Eu) e Davi Calil (Quaisqualigundum)
21h30: SHOW: FLIPERAMA MUNDO CÃO E JUNIOR HELLBOY

10 SET (SÁB)
11h: MESA: PESQUISA E CRÍTICA DE QUADRINHOS
Mediação: Gian Danton. Com Paulo Ramos, Maria Clara Carneiro, Liber Paz, Pedro Franz e Erico Assis.
14h: MESA: MSP – NOVAS ROUPAGENS PARA CLÁSSICOS DE MAURÍCIO DE SOUZA
Mediação: Liber Paz. Com Bianca Pinheiro, Sidney Gusman, Gustavo Duarte, Davi Calil e Rogério Coelho.
16h: MESA: QUADRINHOS PÓS 2013
Mediação: Rogério de Campos. Com Daniel Esteves, Alexandre de Maio, Luiz Gê, André Dahmer e Luciano Cunha.
18h: MESA: A IDENTIDADE GRÁFICA BRASILEIRA
Mediação: Marcelo Quintanilha. Com Guazzelli, Marcelo D’Salete, André Toral e Rodrigo Rosa.
20h: MESA: CRIADOR E CRIATURA – BASTIDORES DA CRIAÇÃO DAS PERSONAGENS
Mediação: Ramon Vitral. Com Marcello Quintanilha, Juscelino Neco e Wagner Willlian.

11 SET (DOM)
11h: MESA: JORNALISMO, QUADRINHOS E REDES SOCIAIS
Mediação: Heitor Pitombo. Com Mariamma Fonseca, Lielson Zeni, Ramon Vitral e Victor Marcello.
14h: MESA: QUADRINHOS NA AMÉRICA LATINA
Mediação: Cecília Arbolave. Com Jesús Cossio, Power Paola, Troche e Lucas Varela.
16h: MESA: HUMOR NOVO
Mediação: Adão Iturrusgarai. Com Pablo Carranza, Chico Felix, Ryot, Al´Hanati e Felipe 5horas.
18h: MESA: OS PRÓXIMOS VOOS DO GRALHA
A ficção e a realidade do Gralha, o personagem mais icônico de Curitiba, e as novas publicações do personagem. Mediação: Claudio Yuge. Com Gian Danton, Leonardo Melo, Edson Kohatsu e Antônio Eder.

CINE GUARANI
8 SET (QUI)
11h: PALESTRA: RODRIGO TRAMONTE – HUMOR AZUL – O LADO ENGRAÇADO DO AUTISMO
14h: PALESTRA: LAERTE
Mediação: Cristiano Castilho
16H: PALESTRA: E BENÍCIO INVENTOU A MULHER
Mediação: Heitor Pitombo. Com Benício e Ricardo Antunes.
18h: MOSTRA ANIMA MUNDI
Sessão Adulta

9 SET (SEX)
11h: MESA: QUADRINHOS AUTOBIOGRÁFICOS
Mediação: Bruno Azevedo. Com Sirlanney – Magra de Ruim, Power Paola, Rafael Correa e Guazzelli.
14h: MESA: QUADRINHOS SILENCIOSOS
Mediação: Lielson Zeni. Com Troche, Rafael Sica, Alexandre S. Lourenço, André Ducci e Lucas Varela.
16h: MESA: FINANCIAMENTOS COLETIVOS
Mediação: Rafael Coutinho. Com Diego Reberg (Catarse), Ciro Arendt (Estilyngue), Lila Cruz, Yoshi, Ryot e Jajá Felix
18h: MESA: EDITORES BRASILEIROS
Mediação: Érico Assis. Com Rogério de Campos – Veneta, André Conti – Quadrinhos na Cia, Sidney Gusman – MSP, Cassius Medauar – JBC e Claudio Martini – Zarabatana.
20h: MESA: QUADRINHO, GÊNERO E DIÁLOGO
Mediação: Maria Clara Carneiro. Com Laerte, Pochep Philippe e Adão Iturrusgarai.

10 SET (SÁB)
11h: MESA: QUADRINHOS E INCLUSÃO
Mediação: Adriana Czelusniak. Com Fulvio Pacheco – Relatos Azuis, Lucas Ramon – Os três patetas surdos, Flavio Soares – A Vida De Logan, Rodrigo Tramonte – Humor Azul e Marco Jacobsen – Gibi Poético: um olhar sobre os Jogos Paraolímpicos
14h: MESA: NARRATIVAS NEGRAS NOS QUADRINHOS
Mediação: André Toral. Com João Pinheiro, Sirlene Barbosa, Alexandre de Maio, Marcelo D’Salete e Shiko.
16h: MESA: QUADRINHOS E O FEMINISMO
Mediação: Maria Clara Carneiro. Com Lovelove6, Bianca Pinheiro, Sirlanney Magra de Ruim, Lila Cruz, Ana Recalde e Pryscila Vieira.
18h: MESA: PASQUIM – DUAS DÉCADAS DO SEMANÁRIO ALTERNATIVO BRASILEIRO
Mediação: Gonçalo Junior. Com Jaguar, Allan Sieber, Solda, Ricky Goodwin.
20h: MESA: SEXO E EROTISMO
Mediação: Gonçalo Jr. Com Shiko, Adão Iturrusgarai, Diego Sanchez, Lovelove6, Sirlanney Magra de Ruim.

11 SET (DOM)
11h: MESA: NEO MANGÁ
A nova geração de quadrinistas brasileiros influenciados pelo Mangá. Mediação: Cassius Medauar. Com Magenta King, Paula Puiupo, Mylle e Ichirou.
14h: PALESTRA: LUIZ GÊ
Mediação: Rodrigo Scama. Participação: Guilherme Caldas.
16h: MOSTRA ANIMA MUNDI
Sessão Infantil
18h: FILME OLYMPIA
Direção de Rodrigo Mac Niven.

PALCO OCUPA

8 SET (QUI)
11h: MESA: QUADRINHOS INDEPENDENTES NA INTERNET
Com Leonardo Maciel, Rafael Marçal e Wesley Samp.
12h: MESA: A FORÇA DAS MULHERES NOS QUADRINHOS
Com Rebeca Puig e Alice Grossman.
14h: MESA: RUMOS DO QUADRINHO INDEPENDENTE
Mediação: Douglas Utescher – UGRA Press. Com Chico Felix (Curitiba), Lila Cruz (Salvador), Eric Peleias (São Paulo), Estelle Flores (Curitiba) e Jajá Felix (Curitiba).
16h: PALESTRA: MAGENTA KING – LIVE DRAWING
18h: MESA: NOVA GERAÇÃO DE FÔLEGO
Mediação: Lobo. Com Pedro Cobiaco, Diego Sanchez, Bianca Pinheiro, Felipe Nunes e Gustavo Borges.

9 SET (SEX)
11h: MESA: EVENTOS DE ILUSTRAÇÃO, DESIGN E PUBLICAÇÕES INDEPENDENTES – OUTRAS FRENTES DE DIÁLOGO GRÁFICO
Mediação: Rafael Coutinho. Com Camilo Maia – Festival Publique-se, Cecília Arbolave – Feira Miolos, Guilherme Jacon – Feira da Baronesa, Estelle Flores e Marcelo Romero – Selva Press
13h: SHOW: BRUNA LUCCHESE
14h: MESA: RUMOS DO QUADRINHO INDEPENDENTE
Mediação: Douglas Utescher (UGRA Press). Com Paulo Kielwagen (Joinville), Bruno Azevedo (São Luiz), Phellip Willian (Ponta Grossa), Mazô (Rio de Janeiro) e Samanta Floor (Porto Alegre).
16h: PALESTRA: ADRIANO LOYOLA – SENHOR DOS PORCOS
Com Theo Szczepanski – A Grande Cruzada, Cleiton Patrick – O Cavernoso, Cesar Alcazar – Da Literatura para as HQs: O Salto do Cão
18h: MESA: NÃO É TÃO ENGRAÇADO QUANTO PARECE!
Mediação: Al’Hanati. Com Adão Iturrusgarai, Allan Sieber, Benett, Arnaldo Branco, Paixão e Rafael Corrêa.
20h: PALESTRA
Com Selva Press e Risografia.
21h: PALESTRA
Com Bruno Azevedo e Usando Quadrinhos.

10 SET (SÁB)
11h: LEIA MULHERES: VIRUS TROPICAL – POWER PAOLA
Mediação: Emanuela Siqueira e Lubi Prates.
13h: SHOW: FLIPERAMA MUNDO CÃO – BANDA GRETCHEN CADILAC
14h: MESA: RUMOS DO QUADRINHO INDEPENDENTE
Mediação: Douglas Utescher (UGRA Press). Com Andricio de Souza (São Paulo), Gustavo Borges (Porto Alegre), Francis Ortolan (Curitiba), Fabio Coala (Guarujá), Amanda Barros (Curitiba), Paula Puiupo (São Paulo).
16h: MESA: NOVOS EDITORES BRASILEIROS – O QUE PUBLICAM, PORQUE PUBLICAM E COMO PUBLICAM?
Mediação: Érico Assis. Com Janaína de Luna – Mino, Cecília Arbolave – Lote 42, Lucio Luiz – Marsupial, Elcerdo – Beleléu, Leonardo Melo – Quadrinhópole.
18h: MESA: JORNALISMO EM QUADRINHOS
Mediação: Paulo Ramos. Com Robson Vilalba, Alexandre de Maio, Guilherme Caldas, Rafael Coutinho e Jesús Cossio.
20h: PALESTRA: ANDRÉ DAHMER – PROCESSO CRIATIVO
21h: PALESTRA: FERNANDO CARUSO – SUPER HERÓIS

11 SET (DOM)
11h: PALESTRA: PEDRO FRANZ – INCIDENTE EM TUNGUSKA
Pesquisa a partir de um fato real, transformando em quadrinhos e outros desdobramentos visuais.
13h: PALESTRA: FERNANDO CARUSO – STAR WARS
14h: PALESTRA: MARCATTI – FAÇA VOCÊ MESMO. PERGUNTE-ME COMO
16h: MESA: FÓRUM DE EVENTOS – 25 ANOS DE EVENTOS DE QUADRINHOS NO BRASIL
Mediador: Heitor Pitombo. Com Afonso Andrade (Belo Horizonte), Emerson Vasconcelos (Porto Alegre), Jorge Rodrigues (São Paulo), Luciana Falcon (Curitiba), Marcia Squiba (Curitiba) e Cesar Coelho (Rio de Janeiro).
18h: SHOW: VIDA RUIM
19h: SHOW: FOLEBAIXO

CASA DA LEITURA WILSON BUENO – GIBIKIDS
8 SET (QUI)
11h: MOSTRA ANIMA MUNDI
Sessão Infantil
14h: OFICINA
Guilherme Match – Mangá
16h: CONTAÇÃO DE HISTÓRIA
Colorín Colorado
14h às 18h: TEATRO LAMBE-LAMBE
Trágica Cia de Arte

9 SET (SEX)
11h: OFICINA
Ryot – Tiras.
13h: MOSTRA ANIMA MUNDI
Sessão Infantil.
14h: OFICINA
Melissa Gabareli – Aquarela.
16h: BATE-PAPO – FELIPE CAMPOS
Como enfrentar monstros assustadores – histórias de terror para crianças e jovens.
14h às 18h: TEATRO LAMBE-LAMBE
Trágica Cia de Arte.

10 SET (SÁB)
11h: OFICINA
Rogério e Pedro Coelho – Desenhando em família.
13h: MOSTRA ANIMA MUNDI
Sessão Infantil.
14h: CONTAÇÃO DE HISTÓRIAS
Barbas de Molho – Histórias escapulidas.
15h: SHOW: VADECO
16h: OFICINA
Flávio Soares – Todo mundo pode desenhar.
14h às 18h: TEATRO LAMBE-LAMBE
Trágica Cia de Arte.

11 SET (DOM)
11h: OFICINA
Fulvio Pacheco – Stencil em HQ.
13h: MOSTRA ANIMA MUNDI
Sessão Infantil.
14h: OFICINA – ARIEL MORAIS
Criação de Personagens.
16h – Oficina – Marcelo Lopes
Criação de Personagens em Paper Toys.

EXPOSIÇÕES
8 SET a 15 NOV

Sala Célia Neves Lazzarotto

EXPOSTAS
As autoras jogam nas mais variadas áreas, do texto escrito à pintura, passando pela fotografia, vídeo-arte, gif e cartazes em experimentações intermidiáticas.

70 ANOS DE LUCKY LUKE
Com a coordenação da Zarabatana Books e do desenhista Bira Dantas, a Bienal comemora os 70 anos dos quadrinhos do autor belga Morris reunindo trabalhos de autores brasileiros.

ACTION FIGURES
O escultor Thiago Provin propõe um encontro inesperado entre o clássico e o popular. Batman vs. Michelangelo. A mostra terá 20 trabalhos que ilustram a trajetória do artista.

CURITIBANOS
Dezenas de páginas de obras de autores locais que foram recentemente publicadas, que estão sendo publicadas ou que serão publicadas em breve em Curitiba.

QUADRINHÓPOLE 10 ANOS
Uma amostra do projeto criado há 10 anos por Leonardo Melo e Antonio Eder, do qual tantos artistas fizeram parte e continuam a fazer – e a escrever, desenhar, imaginar e sonhar.

Sala 1
VENAS ABIERTAS
Nas veias gráficas que correm pelo corpo da mostra, circulam os desenhos versáteis do portenho Lucas Varela, da colombiana Power Paola, do uruguaio Troche e do peruano Jesús Cossio.

O MUNDO SEGUNDO JOURALBO
Allan Siber incentivou seu pai, Jouralbo, a retomar sua carreira. A mostra reúne óleos, quadrinhos, artes finais e layouts para a propaganda gaúcha, produzidos entre as décadas de 1950 e 1980.

MARCELLO QUINTANILHA
O niteroiense se notabilizou por resgatar toda uma particular iconografia eminentemente brasileira, referenciada no cinema, imprensa e fotojornalismo para os quadrinhos.

RETINTO
Desenhos e pinturas que valorizam o negro – sua cultura, religião, política e o cotidiano de mulheres – compõem a exibição de 20 obras do artista paraibano Shiko.

Sala Domício Pedroso
E BENÍCIO INVENTOU A MULHER
A imensa produção de Benicio em mais de 60 anos se estendeu em diversas áreas em mais de 300 posters de cinema, capas de revistas, anúncios, ilustrações de livros históricas, de arquitetura, para adultos e crianças.

POCHEP PHILLIPPE
O francês foi reconhecido inicialmente pelo blog Politburo, em 2007. Depois, multiplicou suas participações na internet, com uma experiência pioneira e coletiva em novela em quadrinhos.

MARCELLO QUINTANILHA
O autor explora as diversas facetas do ser humano e sua relação com o mundo que o cerca.

Gibiteca de Curitiba
6 SET a 13 NOV

NAVIO NEGREIRO
Produção em xilogravura, realizada a partir de 207 matrizes em madeira entalhadas, baseada no livro Navio Negreiro, de Castro Alves e usando como referências personagens do Velho Oeste.

Jokers Pub
10 SET a 15 NOV

JUSCELINO NECO
Autor das graphic novels Parafusos, Zumbis e Monstros do Espaço e Matadouro de Unicórnios, Neco faz uma releitura pop de elementos de filmes de terror e ficção científica.

10 SET
22h: Inauguração da mostra

]]>
https://www.obrasdarte.com/portao-cultural-recebe-as-atracoes-da-bienal-de-quadrinhos-de-curitiba/feed/ 0
Fundação Cultural de Curitiba presente no cenário nacional das políticas culturais https://www.obrasdarte.com/fundacao-cultural-de-curitiba-presente-no-cenario-nacional-das-politicas-culturais/ https://www.obrasdarte.com/fundacao-cultural-de-curitiba-presente-no-cenario-nacional-das-politicas-culturais/#respond Tue, 01 Mar 2016 19:42:58 +0000 http://www.obrasdarte.com/?p=28693-pt O presidente da Fundação Cultural de Curitiba, Marcos Cordiolli, participa nesta quarta-feira (2), em Brasília, do 2º Encontro Nacional dos Gestores Municipais de Cultura. Como membro e ex-presidente do Fórum Nacional de Secretários de Cultura das Capitais e Regiões Metropolitanas, Cordiolli foi convidado pelo atual presidente do fórum, Leônidas Oliveira, de Belo Horizonte, para discutir uma pauta de reivindicações e apoiar a organização de uma entidade nacional dos gestores de cultura de cidades de pequeno e médio porte.

Esse é mais um dos eventos que a Fundação Cultural de Curitiba participa este ano levando as suas experiências na área da cultura. “A Fundação Cultural, em função das políticas desenvolvidas nesta gestão, tem ocupado um papel maior no cenário nacional das políticas culturais”, constata Cordiolli. Na semana passada (dias 25 e 26 de fevereiro), a FCC participou da IV Reunião da Comissão do Sistema Nacional de Informações e Indicadores Culturais do Ministério da Cultura e da I Oficina do GT Glossário da Cultura.

“O objetivo desse grupo de trabalho é tratar da ontologia da cultura, é construir um quadro conceitual das políticas de cultura do Brasil. Como as políticas culturais passam por várias linguagens e vários segmentos, existe toda uma justaposição conceitual que acaba criando vários tipos de problemas. Um exemplo de aplicação prática disso são os editais. Quando um conceito está apresentado num edital, ele deve ter a mesma compreensão pelo proponente e pela pessoa que está avaliando os projetos. Há compreensões diferentes para conceitos cujas diferenças são muito tênues, como por exemplo, sobre o que é difusão e o que é formação de plateia”, explica Cordiolli.

De acordo com o presidente da FCC, o glossário possibilita um diálogo mais efetivo entre todos os agentes do poder público e privado. “Ele aprimora o planejamento e a eficácia das políticas públicas, porque permite identificar melhor os objetivos e mensurar melhor os resultados”, diz.

Publicidade: Banner Luiz Carlos de Andrade Lima

Audiovisual – Na próxima semana, de 8 a 10 de março, a Fundação Cultural participa do principal evento de comercialização de conteúdos audiovisuais do Brasil – o Rio Content Market. Na programação está a realização de um fórum sobre regionalização audiovisual, promovido pela Associação Brasileira de Produtores Independentes de Conteúdo para Televisão. O presidente da Fundação Cultural foi convidado a apresentar o programa de audiovisual de Curitiba.

Cordiolli mostrará a atuação da FCC, junto com a Agência Curitiba, presidida por Gina Paladino, no Gmac – Grupo Executivo do Mercado Audiovisual de Curitiba, e apresentará o edital realizado com a Ancine – Agência Nacional de Cinema, que está investindo R$ 2,5 milhões na produção de 16 pilotos de telessérie e quatro telefilmes. Esse edital também foi destaque no Festival Internacional de Televisão – Telas 2015, em São Paulo, outro grande evento que reuniu produtores e compradores de conteúdo para televisão.

Formação – Além desses, a Fundação tem sido convidada sistematicamente para participar dos eventos do Ministério da Cultura na área de formação. No ano passado, a FCC foi chamada para dois seminários nacionais realizados pela Secretaria de Educação e Formação Artística e Cultural. O primeiro discutiu o ensino das artes na educação básica e o segundo debateu sobre a criação de um sistema nacional de formação artística e cultural, reunindo as escolas técnicas, as escolas livres e as instituições de ensino superior que tratam desse assunto.

“Esses dois seminários tiveram um resultado importante porque delinearam uma nova frente de atuação do Ministério da Cultura – uma voltada para a educação básica e outra para a organização de todos aqueles que trabalham com formação artística e cultural”, destacou. Para Cordiolli, a presença em todos esses eventos demonstra o reconhecimento nacional das políticas culturais desenvolvidas em Curitiba.

]]>
https://www.obrasdarte.com/fundacao-cultural-de-curitiba-presente-no-cenario-nacional-das-politicas-culturais/feed/ 0
Lei de proteção do patrimônio cultural de Curitiba será votada nesta terça-feira (16) https://www.obrasdarte.com/lei-de-protecao-do-patrimonio-cultural-de-curitiba-sera-votada-nesta-terca-feira-16/ https://www.obrasdarte.com/lei-de-protecao-do-patrimonio-cultural-de-curitiba-sera-votada-nesta-terca-feira-16/#respond Mon, 15 Feb 2016 17:36:58 +0000 http://www.obrasdarte.com/?p=28403-pt A Câmara Municipal vota em primeiro turno, nesta terça-feira (16), o substitutivo da Lei de Proteção do Patrimônio Cultural de Curitiba. O projeto de lei trata, entre outras questões, de instrumentos fiscais que vão permitir a preservação dos imóveis e bens imateriais, das penalidades previstas para os casos de não conservação das edificações de valor cultural, histórico ou arquitetônico, e da criação do Fundo de Proteção ao Patrimônio Cultural (Funpac) e do Conselho Municipal do Patrimônio Cultural.

O projeto de lei, apresentado pela Prefeitura, foi encaminhado ao Legislativo em janeiro de 2015 e tramitou durante todo o ano. Foi analisado pelas comissões da Câmara e em outubro foi discutido em audiência pública. “Com esta lei vamos poder organizar o mapa geral da cultura de Curitiba e também estabelecer uma política efetiva de patrimônio cultural. O conjunto de ações proposto permite que a cidade tenha uma legislação eficiente, atendendo as necessidades da população na área e indo ao encontro dos anseios daqueles defendem o patrimônio da cidade”, destaca o presidente da Fundação Cultural de Curitiba, Marcos Cordiolli.

De acordo com o diretor de Patrimônio Cultural da FCC, Hugo Moura Tavares, a lei é uma reivindicação antiga, de pelo menos 40 anos. “O texto é moderno, pois contempla o patrimônio cultural material e imaterial, bens imóveis e móveis, que contribuem com a formação e preservação da nossa identidade”, diz o diretor.

Casa Romário Martins. Foto: Divulgação.

Casa Romário Martins. Foto: Divulgação.

Propostas – Como medidas de incentivo à preservação, o projeto prevê a redução do valor do IPTU (Imposto sobre a Propriedade Predial e Territorial Urbana), o enquadramento em leis de incentivo à cultura, e a renovação do potencial construtivo a cada 15 anos mediante a boa conservação ou restauro do imóvel. Quanto às infrações, são previstas penalidades, por exemplo, por destruir, demolir, deteriorar e mutilar bens protegidos; repará-los, reformá-los, pintá-los, restaurá-los e alterá-los sem autorização da administração municipal ou em desacordo com a autorização concedida; e deixar de realizar as obras de conservação e reparação.

O texto cria o Funpac, subordinado à Fundação Cultural de Curitiba (FCC). O fundo deverá suplementar projetos destinados à conservação do patrimônio protegido, tendo como fontes de recursos dotações orçamentárias e créditos destinados pela Prefeitura, contribuições de pessoas físicas e jurídicas, e multas aplicadas por infrações contra o patrimônio cultural.

Como instrumentos de proteção ao patrimônio cultural, o projeto prevê a realização do inventário, que declara a representatividade e o significado social de um bem; o tombamento, que institui um regime jurídico diferenciado; o registro, ato administrativo para declarar bem imateriais como integrantes do patrimônio cultural (festas, rituais, manifestações artísticas, saberes, feiras, mercados etc.); e a vigilância, conjunto de ações praticadas pela administração pública voltadas à fiscalização do patrimônio protegido.

Publicidade: Banner Luiz Carlos de Andrade Lima

De acordo com o projeto, os procedimentos de inventário, registro ou tombamento podem ser solicitados pelos proprietários, pela administração pública ou qualquer pessoa interessada em sua preservação. O requerimento caberá ao Conselho Municipal de Patrimônio Cultural, formado por cinco representantes do Executivo, um da Câmara Municipal, um do Instituto Histórico e Geográfico do Paraná, um do Conselho Municipal de Políticas Culturais, um professor de instituição de ensino superior, e um do Conselho de Arquitetura e Urbanismo do Paraná (CAU/PR), com seus respectivos suplentes.

“Uma cidade deve ter a capacidade de preservar a sua história e memória. Este projeto é um avanço no incentivo à preservação do patrimônio cultural de Curitiba. Queremos que a população se sinta valorizada e seja conquistada em favor dessa causa, com a participação de diferentes setores da cidade”, afirma o prefeito Gustavo Fruet. Aproximadamente 600 imóveis, que atualmente são considerados unidades de interesse de preservação, deverão ser enquadrados com a aprovação da lei.

]]>
https://www.obrasdarte.com/lei-de-protecao-do-patrimonio-cultural-de-curitiba-sera-votada-nesta-terca-feira-16/feed/ 0
Aula inaugural e concerto da Camerata marcam início da 34ª Oficina de Música de Curitiba https://www.obrasdarte.com/aula-inaugural-e-concerto-da-camerata-marcam-inicio-da-34a-oficina-de-musica-de-curitiba/ https://www.obrasdarte.com/aula-inaugural-e-concerto-da-camerata-marcam-inicio-da-34a-oficina-de-musica-de-curitiba/#comments Wed, 06 Jan 2016 12:35:27 +0000 http://www.obrasdarte.com/?p=27600-pt A abertura da 34ª Oficina de Música de Curitiba acontece nesta quinta-feira (07), com destaque para a aula inaugural aberta ao público que acontece às 10h30, na Capela Santa Maria, com o tema “Novos desafios e paradigmas na Gestão de Instituições Musicais no Brasil”, e a tradicional cerimônia de abertura e concerto com Claudio Cruz e Antônio Menezes, no Auditório Bento Munhoz da Rocha Netto (Guairão), às 20h30. A Oficina de Música de Curitiba é uma realização do Ministério da Cultura, Prefeitura de Curitiba e Fundação Cultural.

Publicidade: Banner Luiz Carlos de Andrade Lima

Com cerca de 105 eventos, entre concertos, palestras, lançamentos de livros, workshops e exibição de filmes. Em 20 dias, o público terá inúmeras opções de espetáculos de música erudita e popular, ocupando espaços como Teatro Guaíra, Teatro do Paiol, Capela Santa Maria, Teatro da Reitoria da UFPR e Sesc Paço da Liberdade.

O presidente da FCC, Marcos Cordiolli, enfatizou que a edição de 2016 é a maior já realizada considerando o número de espetáculos, profissionais e alunos envolvidos. “Quando assumimos a FCC, em 2013, não havia recursos garantidos para realização da Oficina de Música. A Prefeitura fez um grande esforço financeiro para manter e ampliar o evento que hoje é referência na América Latina”, lembra Cordiolli.

Aula Inaugural

Novidade desta edição, as aulas inaugurais previstas para a fase erudita e popular pretendem aprofundar o estudo da música. Segundo Janete Andrade, coordenadora direção artística geral da Oficina de Música, a proposta é promover o diálogo para entender os rumos da música no Brasil. “É fundamental entender toda a cadeia envolvida para buscar novas perspectivas para a produção musical no Brasil”, afirma.

Participam da palestra o Diretor Artístico da Oficina, Cláudio Cruz, também regente e Diretor Musical da Orq. Sinfônica Jovem do Estado de SP; Claudia Toni, consultora do British Council Brasil em programas de atualização e formação de profissionais para gestão de orquestras e Paulo Zuben, diretor artístico-pedagógico da Santa Marcelina Cultura, responsável pela gestão da Escola de Música do Estado de São Paulo e do Projeto Guri Santa Marcelina. A mediação deste encontro será de Nelson Kunze, editor da Revista Concerto.

Concerto de abertura

O concerto será realizado pela Camerata Antiqua de Curitiba, sob a regência de Cláudio Cruz, solos do violinista Antônio Menezes, e dos cantores Luisa Fávero, Ariadne Oliveira, Alexandre Mousquer e Cláudio de Biaggi. No programa obras de Wolfgang Amadeus Mozart (1791) com as obras ‘Sinfônia n°29 em La maior, K 201’ e ‘Missa da Coroação’ e Joseph Haydn (1809) com ‘Concerto para violoncelo em Dó maior Hob. Vllb/1’.

Parceiros

A edição deste ano tem o patrocínio da Copel, apoio master da PUC – Pontifícia Universidade Católica do Paraná, apoio do Banco do Brasil e apoio cultural do Centro Cultural Teatro Guaira, Consulado Geral dos Estados Unidos em São Paulo, Consulado Geral da República da Polônia em Curitiba, Curitiba Hostel, Família Farinha, EParaná, Escola de Música e Belas Artes do Paraná, Faculdade de Artes do Paraná, Lumen FM, Secretaria de Estado da Cultura, SESC da Esquina e Paço da Liberdade, UFPR/Pró-Reitoria de Extensão e Cultura.

Serviço:

AULA INAUGURAL DA 34ª OFICINA DE MÚSICA DE CURITIBA
Data: 07/01/2015
Horário: 10h30
Local: Capela Santa Maria
Endereço: Rua Conselheiro Laurindo, 273 – Centro
Ingresso: Gratuito
CONCERTO E CERIMÔNIA DE ABERTURA DA 34ª OFICINA DE MÚSICA
Data: 07/01/2015
Horário: 20h30
Local: Auditório Bento Munhoz da Rocha Netto – Guairão
Ingressos: R$ 30 e R$ 15 Taxa administrativa: R$ 6,00

A programação completa da Oficina de Música você encontra no site www.oficinademusica.org.br

]]>
https://www.obrasdarte.com/aula-inaugural-e-concerto-da-camerata-marcam-inicio-da-34a-oficina-de-musica-de-curitiba/feed/ 1
V Conferência aprova propostas da sociedade para o Plano Municipal de Cultura https://www.obrasdarte.com/v-conferencia-aprova-propostas-da-sociedade-para-o-plano-municipal-de-cultura/ https://www.obrasdarte.com/v-conferencia-aprova-propostas-da-sociedade-para-o-plano-municipal-de-cultura/#respond Tue, 29 Dec 2015 12:43:26 +0000 http://www.obrasdarte.com/?p=27547-pt Depois de um amplo processo de participação democrática e debates com todos os segmentos envolvidos – classe artística, representantes das comunidades dos bairros e poder público – a V Conferência Municipal de Cultura encerrou os seus trabalhos no final da tarde de domingo (20) com a aprovação de uma proposta preliminar para o Plano Municipal de Cultura de Curitiba. Os delegados eleitos nas pré-conferências setoriais e regionais estiveram reunidos durante três dias no Instituto Federal do Paraná (IFPR) e debateram artigos e emendas da proposta, finalizando o documento que representa as diretrizes para a condução da cultura curitibana nos próximos dez anos.

“O Plano Municipal de Cultura vai orientar a política cultural em nossa cidade nos próximos dez anos. Nesse sentido, é fundamental que incorporemos a lei de um plano geral, mas também os olhares dos vários setoriais e a perspectiva das dez regionais da cidade”, disse o presidente da Fundação Cultural de Curitiba, Marcos Cordiolli. Um dos diferenciais da V Conferência, na opinião de Cordiolli, foi o aparecimento, nos debates, de áreas transversais, como a questão africana, a questão de gênero e a da sustentabilidade. “A grande novidade dessa conferência foi a relação das ações culturais com as práticas sustentáveis, que apareceu muito fortemente e vai estar permeando profundamente o nosso plano municipal de cultura”, observou.

Cordiolli avaliou que o clima da conferência foi muito bom e dentro de um processo construtivo de aprimoramento do texto final. “Esse trabalho é longo, às vezes até cansativo, mas o resultado é a satisfação das pessoas. O Plano Municipal de Cultura certamente vai representar essa ampla diversidade da cultura. Ele consegue atender tanto o produtor cultural, que está buscando um resultado financeiro, como o artista que produz obras inovadoras com pesquisa. Ao mesmo tempo, dá atenção aos artistas populares e discute o acesso da população que está no centro da cidade e nos diferentes bairros. Esse é o espírito: a política cultural deve atender dois milhões de pessoas, continuar fortalecendo o que Curitiba tem de bom, as cadeias produtivas já organizadas, a produção artística já qualificada, e ao mesmo tempo abrir espaço para os novos que estão chegando”, destacou.

V Conferência Municipal de Cultura. Foto: Alice Rodrigues.

V Conferência Municipal de Cultura. Foto: Alice Rodrigues.

Resultados – A avaliação também foi positiva por parte dos participantes. “Teremos um plano plural, que consegue integrar bem as várias linguagens. Ele abre um espaço fundamental para que os setores atuem de forma efetiva”, disse o presidente da Associação das Empresas e Profissionais do Design do Paraná (Prodesign), Túlio Filho. “O resultado foi um plano bem diversificado e democrático. Conseguimos colocar a questão da sustentabilidade e ficou contemplado praticamente tudo o que a gente propôs”, destacou Leandro Luiz Moreira, um dos delegados do segmento de cultura alimentar.

O setor das etnias compareceu com vários representantes. “Tivemos um grande avanço. Até há pouco tempo, não aparecíamos em qualquer legislação que contemplasse a área cultural. Tudo o que fazíamos era por amor à cultura dos imigrantes e dos nossos antepassados. Agora, nosso trabalho passa a ter uma base legal e isso ajuda a manter vivas as tradições”, comentou Blanca Hernando Barco, vice-presidente da Associação Inter-étnica do Paraná. Para Matheus Marcellus, presidente da Associação de Hip Hop e Movimentos Periféricos, a participação na Conferência foi fundamental para fortalecer a cultura da periferia. “Nós começamos a ser vistos e entendemos que não podemos nos fechar dentro dos quatro elementos do hip hop. É necessário ter vida política”, afirmou.

Para o presidente da comissão organizadora da V Conferência, Elton Barz, a grande lição que fica é a vontade da sociedade civil em participar das políticas públicas de cultura. “Permenecer esses três dias, no último final de semana do ano (antes das festas de Natal e Ano Novo), discutindo as 48 páginas do plano, mostra que a população de Curitiba, especialmente aqueles ligados à área da cultura, tem vontade de debater e fazer uma proposição dos seus caminhos. Não podemos esquecer que o plano é uma opção de planejamento. Isso vai ser consolidado no Conselho Municipal de Cultura, mas daqui tiramos as grandes orientações”, afirmou.

Publicidade: Banner Luiz Carlos de Andrade Lima

Próximos passos – O relatório final com a proposta da V Conferência para o Plano Municipal de Cultura será formatado pelo Conselho Municipal de Cultura durante o primeiro semestre de 2016. Encerrada essa última etapa, o Plano estará pronto, devendo passar apenas por ajustes no âmbito da FCC e da Prefeitura, antes de seguir para votação na Câmara Municipal.

O Plano Municipal de Cultura é o instrumento de planejamento, afirmação de direitos culturais e de organização das políticas públicas no prazo de 10 anos, valendo entre 2016 a 2026. Esse é o último requisito a ser cumprido pelo município de Curitiba para sua integração plena ao Sistema Nacional de Cultura.

]]>
https://www.obrasdarte.com/v-conferencia-aprova-propostas-da-sociedade-para-o-plano-municipal-de-cultura/feed/ 0
Projeto de restauro do Solar do Barão receberá verba de emenda parlamentar https://www.obrasdarte.com/projeto-de-restauro-do-solar-do-barao-recebera-verba-de-emenda-parlamentar/ https://www.obrasdarte.com/projeto-de-restauro-do-solar-do-barao-recebera-verba-de-emenda-parlamentar/#respond Thu, 12 Nov 2015 13:35:09 +0000 http://www.obrasdarte.com/?p=26526-pt Visita ao Solar do Barão. Foto: Chico Camargo.

Visita ao Solar do Barão. Foto: Chico Camargo.

O projeto de restauro do Solar do Barão receberá recursos do orçamento anual do município por meio de uma emenda parlamentar coletiva. É o que informaram os vereadores Pedro Paulo, Felipe Braga Côrtes e Paulo Salamuni, após uma visita realizada na tarde de segunda-feira a essa edificação histórica, mantida pela Fundação Cultural de Curitiba.

Os vereadores acreditam que será possível destinar, por meio da emenda coletiva, em torno de R$ 300 mil – valor que contempla não só o projeto do Solar, mas também a publicação de novas edições dos Boletins Informativos da Casa da Romário Martins e a contratação de espetáculos e oficinas para o Circo da Cidade.

O prazo para apresentação de emendas encerra na próxima sexta-feira. De acordo com o vereador Pedro Paulo, praticamente todos os vereadores estão empenhados em destinar uma parte da sua quota individual para o Solar. “Pelo menos 25 vereadores já se comprometeram com essa causa”, disse.

A verba prevista é exclusiva para o projeto e não para a reforma propriamente dita, que deverá ser financiada por outras fontes. “É fundamental que a destinação dos recursos para o projeto seja efetivada agora para que se possa realizar a licitação no ano que vem”, explicou o vereador Felipe Braga Côrtes, lembrando que a preservação desse e de outros monumentos é importante também para o turismo. Para Paulo Salamuni, o envolvimento dos vereadores mostra que há, na Câmara Municipal, uma sensibilidade para as questões culturais da cidade.

Publicidade: Banner Luiz Carlos de Andrade Lima

Manutenção preventiva – Os vereadores foram recebidos pelo presidente da Fundação Cultural de Curitiba, Marcos Cordiolli, por funcionários da Diretoria de Patrimônio Cultural e pelos coordenadores do Museu da Gravura, Museu da Fotografia, Gibiteca e Portal do Futuro, unidades que ocupam o Solar do Barão. Cordiolli expôs a importância histórica do espaço, mas principalmente seu uso como centro de formação e difusão cultural.

O presidente da FCC defendeu, para o Solar e outras unidades localizadas no setor histórico da cidade, uma gestão eficiente de manutenção preventiva. “Pretendemos estabelecer uma rotina de trabalho com a Câmara Municipal e também com as secretarias municipais para avançar mais na questão da preservação. Precisamos adotar uma política preventiva, incluindo no orçamento verbas específicas para reforma e restauro dessas unidades. Destinando, a cada ano, recursos para uma determinada unidade, teremos a conservação plena do nosso patrimônio. Esse não é um interesse só da Fundação Cultural, mas de toda a cidade”, destacou Cordiolli.

Visita ao Solar do Barão. Foto: Marcos Campos.

Visita ao Solar do Barão. Foto: Marcos Campos.

Após a visita ao Solar do Barão, os vereadores caminharam pelo Largo da Ordem, visitaram a Casa Romário Martins e seguiram até o Palácio Garibaldi, onde foram recebidos por representantes da associação dos comerciantes do setor histórico. A presidente da Rede Empresarial do Centro Histórico, Ana Vargas de Farias, apresentou as iniciativas dos empresários para revitalizar a região e destacou a parceria com a Fundação Cultural em eventos como o “Centro Histórico Divertido”, que está em sua quarta edição.

Ana Vargas disse que a Rede Empresarial considera a reforma do Solar fundamental, porque o objetivo da associação é promover o desenvolvimento econômico e também sócio-cultural da região. “Estamos instalados num lugar que exala cultura. A Fundação Cultural apoia nossas ações, se envolve com os nossos projetos. Essa relação é muito positiva”, afirmou.

]]>
https://www.obrasdarte.com/projeto-de-restauro-do-solar-do-barao-recebera-verba-de-emenda-parlamentar/feed/ 0
Exposição Traços Curitibanos inaugura parceria entre FCC e Palladium Shopping https://www.obrasdarte.com/exposicao-tracos-curitibanos-inaugura-parceria-entre-fcc-e-palladium-shopping/ https://www.obrasdarte.com/exposicao-tracos-curitibanos-inaugura-parceria-entre-fcc-e-palladium-shopping/#comments Fri, 18 Sep 2015 18:23:31 +0000 http://www.obrasdarte.com/?p=24823-pt O Palladium Shopping Curitiba recebe, a partir desta terça-feira (15), às 19h, a exposição Traços Curitibanos. A mostra, que fica em cartaz até 15 de outubro, reúne mais de 100 trabalhos de ilustração desenvolvidos por 79 artistas entre 2014 e 2015. Participam caricaturistas, cartunistas, ilustradores, quadrinistas, profissionais da animação e ilustradores com atuação no mercado editorial, publicitário, de games, moda e ilustração científica.

A mostra estava em cartaz desde julho no MuMA, no Portão Cultural, e agora é a primeira de uma parceria entre a Fundação Cultural de Curitiba e o Palladium. “Criaremos projetos para estreitar a relação entre a FCC e o público que frequenta o shopping, ajudando a promover tanto o Portão Cultural quanto os artistas e eventos do espaço”, explica o presidente da FCC, Marcos Cordiolli.

Segundo Marcelo Lopes, um dos curadores da mostra, a exposição revela a diversidade e a qualidade da geração de ilustradores atuantes no mercado curitibano atual. “É um panorama do que está sendo produzido na capital, tudo feito especialmente para a exposição, que pretende fazer parte do calendário da cidade”.

Além das ilustrações, a mostra reserva um mural com 50 azulejos personalizados pelos artistas participantes com a temática da Traços Curitibanos. A abertura oficial da exposição no Palladium acontece nesta terça-feira (15), às 19h, com a presença do presidente da Fundação Cultural de Curitiba, Marcos Cordiolli.

SERVIÇO:
Traços Curitibanos
Local: Palladium Shopping Center – Piso L4 (Cinemas) – Av. Presidente Kennedy, 4121 – Portão – Curitiba – PR – Tel. (41) 3212-3500
Data: até 15 de outubro
Horário: de segunda a sexta-feira, das 11h às 22h, sábados das 10h às 22h e domingos e feriados, das 12h às 20h

Ingresso: gratuito

]]>
https://www.obrasdarte.com/exposicao-tracos-curitibanos-inaugura-parceria-entre-fcc-e-palladium-shopping/feed/ 3