Home / Arte / Exposição Segunda Natureza, de Wander Rodrigues, acontece no Centro Compartilhado de Criação

Exposição Segunda Natureza, de Wander Rodrigues, acontece no Centro Compartilhado de Criação

Unindo teatro e artes visuais, o Centro Compartilhado de Criação recebe a partir do dia 12 de julho, a exposição SEGUNDA NATUREZA, do artista Wander Rodrigues. Na mostra, estarão expostas 30 máscaras teatrais, além de uma mesa representando o ateliê de Wander com moldes e matrizes, mostrando assim o processo criativo do artista.

Entre as máscaras expostas em SEGUNDA NATUREZA estão as da commedie dell’arte, as neutras do francês Jacques Lecoq, as japonesas do teatro Nô e as expressivas. Para Wander Rodrigues, o uso da máscara como símbolo do teatro é uma alusão aos dois principais gêneros surgidos na Grécia Antiga: a tragédia e a comédia. “A primeira tratava de temas referentes à natureza humana e ao controle dos deuses sobre o destino dos homens, enquanto a última funcionava como um instrumento de crítica à política e sociedade atenienses”, explica o artista.

Exposição Segunda Natureza, de Wander Rodrigues. Foto: Divulgação.

Exposição Segunda Natureza, de Wander Rodrigues. Foto: Divulgação.

Em sua formação, Wander Rodrigues construiu uma trajetória como produtor, cenógrafo e artista visual. “A pesquisa com a linguagem das máscaras especialmente as larvárias, veio para ampliar o repertório de conhecimentos artísticos e culturais, pois o Teatro estimula este pensamento crítico por se tratar de uma linguagem artística que nos possibilita transitar em diferentes esferas: dramaturgia, atuação, sonoplastia, iluminação, cenografia, direção, produção, para citar algumas”, conta ele.

Máscaras sociais

A pesquisa com máscaras teatrais assumiu importante papel na obra de Wander Rodrigues, por se tratar de uma ferramenta artística e pedagógica que funciona como elemento para conhecer diferentes histórias, culturas e para fomentar cada vez mais a compreensão de si mesmo e do outro. O artista explica: “De certa forma, transitamos pelo universo das ‘máscaras sociais’ em nome do reconhecimento e admiração no convívio cotidiano. Diariamente nos rendemos a opiniões que muitas vezes discordamos e nos queixamos às escondidas sem propor um ponto de vista diferente, que inclusive, poderia ser melhor do que as normas obedecidas.”

As sociedades estão cheias de máscaras reais ou metafóricas. Cada máscara conta uma história. Máscaras são feitas de delicadas camadas. A mostra SEGUNDA NATUREZA convida para estas e outras reflexões.

Publicidade: Banner Luiz Carlos de Andrade Lima

Para roteiro:

SEGUNDA NATUREZA – Abertura dia 12 de julho, terça-feira, às 20 horas, no Centro Compartilhado de Criação. Artista – Wander Rodrigues. Até 12 de agosto. De segunda a sexta, das 10h às 22h e sábado, domingo e feriado, das 17h às 00h. GRÁTIS.

CENTRO COMPARTILHADO DE CRIAÇÃO – Rua James Holland, 57 – Barra Funda. Telefone – (11) 3392-7485. www.centrocompartilhadodecriacao.com

Comentários

Deixe um Comentário

O seu endereço de email não será publicado.Campos obrigatórios estão marcados *

*