Home / Arte / Adriana Jungbluth libera curso de roteiro audiovisual gratuitamente para autores
Adriana Jungbluth, destaque. Foto: Divulgação.
Adriana Jungbluth, destaque. Foto: Divulgação.

Adriana Jungbluth libera curso de roteiro audiovisual gratuitamente para autores

Autora, curadora de dois cursos, produtora e roteirista de curtas, Adriana Jungbluth lança curso didático sobre técnicas de roteiro pelo IGTV

Em tempo de quarentena, muitas pessoas encontraram conforto adquirindo conhecimento por meio de cursos disponíveis na internet. Explorando essa ideia, a escritora, roteirista e produtora Adriana Jungbluth iniciou um curso gratuitamente em sua conta do Instagram. Com a finalidade de compartilhar sua bagagem de informações, ela pretende atingir autores nacionais que sonham com a adaptação cinematográfica de seus livros.

Publicidade: Banner Luiz Carlos de Andrade Lima

O curso recebeu o nome de Noções Roteiro para Escritores e está sendo publicado no IGTV, em seu perfil do Instagram. Cada episódio dura em média de 5 a 10 minutos, mas além dos vídeos, a autora aparece na rede social para apresentar algumas dicas ou curiosidades sobre o universo dos roteiristas.

“Como existem diversos cursos e vídeos sobre roteiro, quis fazer um mais voltado para os escritores que têm muita curiosidade em entender um pouco mais sobre roteiro audiovisual. Acho que a maioria dos autores gostariam de ver suas obras na tela e muitos se perguntam se isso é possível, se eles mesmo poderiam escrever o roteiro.”, disse a escritora em entrevista.

Apesar de o objetivo ser expandir o conhecimento de autores sobre o processo da escrita de um roteiro, Adriana Jungbluth afirma que o público não se limita aos profissionais literários: “Esses vídeos são voltados para esse público principalmente, mas não apenas. Para quem não é escritor, mas quer começar carreira de roteirista, esses vídeos também podem ajudar.”

Curadora de dois cursos, a roteirista já participou de vários concursos e, em sua maioria, se destacou sendo finalista, inclusive já produziu e filmou curtas-metragens. Atualmente ela está se dedicando na produção de seu segundo curta, no caso uma animação, e também está focada no projeto de um longa-metragem idealizado desde dezembro de 2019; com financiamento de um edital.

Apesar de ter integrado há 4 anos no mercado cinematográfico, Adriana Jungbluth também é muito conhecida por meio de “Um Lenda Japonesa”, seu livro de estreia lançado pelo Grupo Editorial Coerência em 2019. A obra é ambientada no Japão e promete uma história surpreendente, romântica e com bastante informações sobre a cultura japonesa, inclusive envolvendo samurais.

Sinopse

Aileen é uma jovem de dezesseis anos que sempre vê o melhor das pessoas. Após passar a infância na Inglaterra, ela retorna ao Japão no período de decadência dos samurais. Com a ajuda de Ikawa, seu melhor amigo, começa a se adaptar à sua nova vida, até que uma doença misteriosa atinge os moradores da cidade em que vivem. É então que os dois se veem numa jornada em busca da cura.

Durante essa aventura, eles conhecem Nara, cuja saúde é muito frágil, e Kasigi, um samurai que reluta em abandonar os velhos costumes. Juntos, eles terão de enfrentar fome, frio, cansaço e o que mais vier pela frente. E essa batalha será ainda mais dura para Alieen, que tentará descobrir sua origem, lutará para transformar Kasigi na pessoa boa que era e conhecerá o amor de uma forma dolorosa e inesperada.

Sobre a autora

Adriana Jungbluth é natural de Jundiaí, município do interior de São Paulo. Formada em Ciências Econômicas, atuou na área por catorze anos, mas abandonou a carreira para estudar Roteiro Cinematográfico na EICTV – Escuela Internacional de Cine y Televisión, em Cuba. Deste então, teve alguns curtas-metragens selecionados em competições internacionais, como o roteiro Beyond first sight, concorrente do Inroads Screenwriting Fellowship. Maybe just the plant, também de sua autoria, foi produzido em Berlim em 2018. Além dos roteiros, a escritora e roteirista tem diversos livros escritos e pretende publicá-los ao longo dos próximos anos.

Comentários

Deixe um Comentário

O seu endereço de email não será publicado.Campos obrigatórios estão marcados *

*