Home / Arte / Ciclo de Música Barroca na Aliança Francesa Botafogo, dias 26 e 27 de Abril com entrada franca!
Orquestra Barroca da UniRio (OBU). Foto: ©Júlia Rónai.

Ciclo de Música Barroca na Aliança Francesa Botafogo, dias 26 e 27 de Abril com entrada franca!

Ciclo de Música Barroca no auditório da Aliança Francesa Botafogo, dias 26 e 27 de abril apresenta concerto com as participações dos solistas da Orquestra Barroca da UniRio (OBU): Patrícia Michelini, Roger Gomes, Ribeiro Luan Braga, Nichola Viggiano, Lucas Bracher, Rosanna Lanzelotte, sob a direção artística da solista e flautista Laura Ronai.

A programação conta também com a Conferência sobre produção musical francesa do período barroco e a Masterclass ministradas por Benoît Dratwicki, diretor artístico do Centro de Música Barroca de Versalhes (CMBV).

Publicidade: Banner Luiz Carlos de Andrade Lima

Aliança Francesa Rio de Janeiro em parceria com o Centro de Música Barroca de Versalhes (CMBV) e a Orquestra Barroca da Unirio (OBU) apresentam o Ciclo de Música Barroca, nos dias 26 de abril (sexta-feira), a partir das 19h com a Conferência do músico Benoît Dratwicki, diretor artístico do Centro de Música Barroca de Versalhes (CMBV), seguida de Concerto às 20h, com solistas da Orquestra Barroca da Unirio, e dia 27 de abril (sábado), Masterclass, das 11h às 18h30, com Benoît Dratwicki, no auditório da Aliança Francesa, em Botafogo, Rua Muniz Barreto, 730. Entrada gratuita!

A programação da noite de sexta-feira (26/4) começa às 19h com a conferência ministrada pelo especialista, escritor e diretor artístico do Centro de Música Barroca de Versalhes (CMBV), Benoît Dratwicki, sobre o tema “La vie musicale à Paris au temps des Lumières” (em português A vida musical em Paris no tempo do Iluminismo). Benoît abordará sobre a produção musical francesa do período barroco, que compreende os séculos XVII e XVIII, época do movimento cultural, filosófico literário e intelectual “Iluminismo”, da segunda metade do século XVIII, originário da França e que se espalhou por toda a Europa.

Após se formar em violoncelo, música de câmara e formação musical, Benoît voltou-se para a história, análise e estética musical, obtendo diferentes distinções nos conservatórios de Metz e Paris, antes de integrar as aulas de estética e cultura musical do Conservatório Nacional de Música de Paris e no CMBV – Centro de Música Barroca de Versalhes. Constantemente convidado para seminários, conferências ou júris, Benoît Dratwicki, atual diretor artístico do Centro de Música Barroca de Versalhes, onde trabalha desde 2001, e do Palazzetto Bru Zane em Veneza – Centro de Música Romântica Francesa desde 2007, é especialista em ópera francesa do século XVIII. Autor de vários livros e artigos sobre o assunto está concluindo uma tese de doutorado na Sorbonne sobre o compositor François Colin de Blamont.

Às 20h acontece o esperado concerto de música barroca “Une soirée au salon: Paris au temps des Lumières“, ( em português “Uma noite no salão: Paris no tempo do Iluminismo) com a participação de solistas da Orquestra Barroca da UniRio (OBU): Patrícia Michelini, (flauta doce), Roger Gomes Ribeiro (violino), Luan Braga (violino), Nichola Viggiano (violino & alto), Lucas Bracher (violoncelo), Rosanna Lanzelotte (cravo) e da sob a direção artística de Laura Ronai ( flautista).

No programa as diversas matizes da música barroca com obras de “Jean-Baptiste Lully “(1632-1687), compositor italiano, naturalizado francês e considerado mestre do barroco francês; “Joseph Bodin de Boismortier (1689-1755)”, compositor barroco francês de música instrumental, cantatas , opéra-ballets e música vocal, “Michel Corrette” (1707-1795), organista francês, compositor e autor de livros de método musical, “Jean-Philippe Rameau” (1683-1764), um dos maiores compositores do período Barroco-Rococó e tido na França como a maior expressão do Classicismo musical, apresentando obras como “Concerto cômico op. 4 n°3 em ut maior”, “Suite retirada de Indes galantes” e “Concerto VI em mi menor para 5 sopranos”.

No sábado Benoît Dratwicki volta ao auditório da Aliança Francesa para ministrar a Masterclass voltada a estudantes e profissionais de música, especializados ou não, para falar sobre a música barroca, suas características mais importantes, seus compositores, harmonia tonal em oposição aos modos gregorianos até então vigentes no período. O bate papo acontece das 11h e às 18h30 com intervalo para almoço. As inscrições para a Masterclass vão até quinta-feira, 25 de abril, através do e-mail: cultural@rioaliancafrancesa.com.br.

Programa do concerto “Une soirée au salon: Paris au temps des Lumières“:

Jean-Baptiste Lully (1632-1687)
Suite retirada de Atys

Joseph Bodin de Boismortier (1689-1755)
Concerto VI em mi menor para 5 sopranos

Michel Corrette (1707-1795)
Concerto cômico op. 4 n°3 em ut maior

Joseph Bodin de Boismortier (1689-1755)
Concerto à 5 op. 37 em mi menor

Jean-Philippe Rameau (1683-1764)
Suite retirada de Indes galantes

Os solistas da Orquestra Barroca da Universidade do Rio (OBU):
Laura Ronai, flauta transversa e direção artística
Patricia Michelini, flauta doce
Roger Gomes Ribeiro, violino
Luan Braga, violino
Nichola Viggiano, violino & alto
Lucas Bracher, violoncelo
Rosanna Lanzelotte, cravo

Sobre Benoît Dratwicki

Benoît Dratwicki estudou violoncelo, fagote, música de câmara, treinamento musical, análise, orquestração e a história da música no Conservatório de Metz, do qual ele é graduado. Ao mesmo tempo, ele começou estudos universitários primeiro em Metz e depois na Universidade Paris IV – Sorbonne, onde obteve um mestrado e um DEA em musicologia. Completou a sua formação nas aulas de história da música, cultura musical e estética da CNR de Paris e do CNSMDP. Especialista em ópera francesa do século XVIII e na mutação de estilos e gêneros líricos entre 1750 e 1815, ele é o autor de várias obras de pesquisa sobre esses temas e defendeu na Sorbonne uma tese sobre François Colin de Blamont (1690-1760).

Como parte de suas atividades, ele também é ativo no campo da publicação de livros e partituras. Autor da primeira biografia do diretor da Ópera de Paris, Antoine Dauvergne, ele supervisiona séries de programas da sala ou livros-registros. No CMBV – Centro de Música Barroca de Versalhes, ele publica partituras de música vocal, incluindo uma coleção de canto e teclado.

Entre 1996 e 2008 ele apareceu em concerto com o conjunto L’Astrée que ele fundou e para o qual ele transcreveu livros. Ele continuou esta prática de transcrição para vários conjuntos profissionais (Missa Pontifical de Théodore Dubois para a Filarmônica de Bruxelas, Átis de Piccini ou Le Saphir de David para Le Cercle de l’Harmonie).

Em 2001, ele se juntou ao Centro de Música Barroca de Versalhes como um delegado para relações artísticas; em 2006, ele se tornou o diretor artístico que ocupa atualmente.

A partir de 2006, ele participa da criação do Palazzetto Bru-Zane (Centro de Música Romântica Francesa) em Veneza, uma instituição dirigida pela Fundação Bru. Ele é o primeiro diretor artístico (2006-2009) antes de se tornar o conselheiro artístico (2010- /) responsável pela distribuição vocal e a implementação de projetos operísticos.

Convidado para seminários, conferências ou júris, Benoît é produtor dos programas La Querelle des Bouffons e Saia os binóculos em France Musique (2006-2007) apresentados com o seu irmão gémeo Alexandre Dratwicki.

Sobre a Diretora artística, Laura Ronai

Flautista formou-se em Licenciatura em Música pela UNIRIO e em Flauta pela State University of New York. Obteve título de mestrado na City University of New York e de doutorado em Práticas Interpretativas na UNIRIO. Ministrou cursos no Real Conservatório Superior de Madrid e, nos EUA, nas universidades de Rutgers e Princeton. Visitou a Inglaterra, a convite do British Council, e tocou recitais nos EUA e na Europa. Tocou em duo com a pianista Ruth Serrão e com a cravista Sula Kossatz, com quem integra os grupos de câmara Sine Nomine e Re-Toques. Laura Ronai escreve para as revistas norte-americanas Early Music America, Flute Talk e Fanfare, além de publicar artigos regularmente nas principais revistas de música do Brasil. Na UNIRIO é responsável pela cadeira de flauta transversal, além de ser professora do Programa de Pós Graduação em Música. De 2006 a 2010 foi chefe do Departamento de Canto e Instrumentos de Sopro da mesma instituição, e é coordenadora da Orquestra Barroca da UNIRIO.

Sobre a Aliança Francesa

Com 133 anos de atividades no Brasil, a Aliança Francesa é uma referência no idioma e sem dúvida, a instituição mais respeitada e conhecida do mundo, quando o assunto é a difusão da língua francesa e das culturas francófonas. Possui, atualmente, mais de 830 unidades em 132 países, onde estudam cerca de 500.000 alunos. Na França, ela conta com escolas e centros culturais para estudantes estrangeiros. O Brasil tem a maior rede mundial de Alianças francesas com 37 associações e 68 unidades.

É a única instituição no Brasil autorizada pela Embaixada da França, a aplicar os exames que dão acesso aos diplomas internacionais DELF e DALF, reconhecidos pelo Ministério da Educação Nacional francês. A Aliança Francesa também é centro de exames oficial para aplicação de testes internacionais com validade de dois anos TCF (Teste de Conhecimento do Francês) e TEF Canadense (Teste de Avaliação de Francês) e do teste nacional com validade de um ano Capes (reconhecido pelas agencias CAPES e CNPq do MEC).

A Aliança Francesa no Brasil desenvolve parcerias com inúmeras empresas francesas e brasileiras, além de ser um ator essencial do diálogo cultural franco-brasileiro.

A Aliança Francesa do Rio de Janeiro oferece 25% de desconto em todos os cursos regulares, Ateliês, Seniors, entre outros para os servidores estaduais e municipais do Rio de Janeiro.

Serviço:
Evento: Ciclo de Música Barroca
Sexta-feira – 26 de abril de 2019
19hConferência com Benoît Dratwicki, do CMBV – “La vie musicale à Paris au temps des Lumières”
20h – Concerto com solistas da OBU – “Une soirée au salon : Paris au temps des Lumières”
Local: Aliança Francesa Botafogo, Botafogo, Rio de Janeiro
Rua: Rua Muniz Barreto, 730
Entrada franca.
Reservas aconselhadas pelo e-mail: cultural@rioaliancafrancesa.com.br
Sábado – 27 de abril de 2019
Evento: Masterclass com Benoît Dratwicki
Local: Aliança Francesa Botafogo
Rua: Rua Muniz Barreto, 730, Botafogo, Rio de Janeiro
Horário: 11h às13h / 14h30 às 18h30
Mais informações e reservas através do email: cultural@rioaliancafrancesa.com.br
Entrada franca.
www.rioaliancafrancesa.com.br
www.facebook.com/aliancafrancesarj
www.youtube.com/user/aliancafrancesarj
www.instagram.com/rioaliancafrancesa

Comentários

Deixe um Comentário

O seu endereço de email não será publicado.Campos obrigatórios estão marcados *

*