Home / Arte / Cloffice: conheça a nova tendência para home office
Café foto criado por master1305 - br.freepik.com
Café foto criado por master1305 - br.freepik.com

Cloffice: conheça a nova tendência para home office

Hoje é impossível ignorar os impactos que a crise de 2020 teve no mundo como um todo, não só na saúde, mas também no sentido profissional e na rotina das empresas e dos profissionais. Aí é que surge o conceito de cloffice, uma novidade e tanto.

De fato, devido à pandemia, mais de 45% de pessoas que trabalhavam presencialmente tiveram de mudar para a modalidade home office do dia para a noite. Isso só não inclui, praticamente, os serviços que precisam obrigatoriamente ser presenciais.

Seria o caso, por exemplo, de uma profissional que faz pintura epoxica ou de qualquer outro tipo. Claro que ele sempre vai precisar estar presente, contudo os demais profissionais da mesma empresa podem facilmente operar remotamente.

Assim, basicamente tudo o que pode ser feito com ajuda da internet, migrou para esse formato. Os números são de uma pesquisa realizada pela Fundação Getulio Vargas (FGV), e indicam que a tendência é o home office se normalizar.

No máximo algumas empresas deverão trabalhar com um formato híbrido, que permite ao profissional operar de casa alguns dias da semana, embora precise comparecer presencialmente às vezes, como para reuniões de fechamento de mês.

Também por isso, as empresas têm investido cada vez mais em soluções de TI (Tecnologia da Informação), como programas e softwares que ajudam na gestão de trabalho a distância, na formação de equipes e, assim, na delegação de funções, videoconferências, etc.

Publicidade: Banner Luiz Carlos de Andrade Lima

Mas pouca gente se lembra de um aspecto igualmente importante: e o funcionário, que de repente se vê obrigado a mudar sua rotina e até sua metodologia de trabalho? Precisamos repensar até mesmo suas novas instalações físicas, não é mesmo?

O cloffice surge para atender essa demanda, envolvendo tanto a questão de móveis e objetos de trabalho quanto o aspecto de decoração e harmonia que isso pode exigir. Vale lembrar que mesmo as empresas já precisavam levar isso em conta.

Por exemplo, dependendo do tempo que cada colaborador passava sentado, era preciso pensar em uma cadeira de escritorio comprar que atendesse aquela demanda, conforme a exposição sofrida e até normas de segurança do trabalho.

Sem falar, é claro, no problema da falta de espaço que hoje acomete a maioria das casas e apartamentos, sobretudo nas grandes cidades. Por isso decidimos escrever este artigo, trazendo as novas tendências da área para você.

O mais bacana é que tudo isso ajuda a otimizar o espaço e ainda torna seu dia mais confortável e mais produtivo, às vezes com dicas simples como embutir uma estante de inox pequena, facilitando o acesso a materiais impressos e afins.

Então, se o seu objetivo é compreender melhor esse universo incrível e quem sabe começar a montar ou melhorar seu próprio cloffice, basta seguir adiante na leitura.

Cloffice: do que se trata exatamente?

Como o nome já sugere, trata-se de unir o “home office” ao “closet”, ou seja, a um armário que muitas vezes até já existia no local. Isso pode ser feito no dormitório, na sala de estar e até mesmo em corredores de acesso que contem com um espacinho a mais.

Algumas pessoas fazem na varanda, especialmente quando se trata de varandas gourmets, que contam com cortina envidraçada, o que impede a ação danosa do vento e das chuvas, com a vantagem de deixar a pessoa mais à vontade.

De fato, não existe nada pior do que trabalhar se sentindo sufocado. Daí que o cloffice seja perfeito, por permitir que a pessoa o instale onde se sentir melhor. Depois, basta fechar a porta do móvel onde ele está, e pronto, o cômodo “volta ao normal”.

Ou seja, o computador, os arquivos, as ferramentas de trabalho e até acessórios como uma régua com tomadas para rack não vão impactar o ambiente da casa.

Isso também estimula a limpeza e organização das duas áreas, tanto a da casa quanto a do “escritório”, pois uma não vai concorrer com o espaço da outra.

Certamente, trata-se de uma inovação bastante criativa e que pode trazer várias vantagens para o funcionário e até para a empresa, pois a comodidade e a satisfação do trabalhador impactam diretamente na produtividade.

Os primeiros passos para aplicar a tendência

Você que amou a ideia do cloffice e quer implementá-la, primeiramente precisa fazer um certo planejamento, ao menos antes de sair comprando móveis, prateleiras e utensílios.

Uma dica de ouro é levar em conta os seguintes pontos:

  • A iluminação do local;
  • O seu orçamento;
  • A medida útil do espaço;
  • Prateleiras necessárias;
  • O tipo de escolha a fazer;
  • O necessário conforto;
  • A decoração do ambiente.

Enfim, imagine que o corredor onde tem o espaço ideal não apresenta a melhor iluminação. No médio prazo isso certamente vai prejudicar sua visão, talvez até gerar dor de cabeça e acabar trazendo mais transtorno do que solução.

Então, ou será preciso escolher outro lugar ou então instalar uma iluminação que favoreça as exigências do seu tipo de trabalho. Isso vale mais ainda para quem lida com design, como as artes de impressão em madeira, ou mesmo com leitura, redação, revisão e afins.

Esse é um exemplo de como o planejamento é importante, pois é preciso imaginar o médio e o longo prazo, para que não haja arrependimentos depois de feitas todas as alterações nos móveis que vão “receber” seu cloffice.

Sobre orçamento e medida útil

Quando falamos em planejamento, é preciso reconhecer que um erro muito comum é comprar peça por peça, primeiro a mesa, depois uma poltrona bacana, enfim os equipamentos, sem pensar no conjunto.

O maior problema disso não é tanto a harmonia entre os itens, o que até poderia ser conseguido mesmo comprando os elementos no avulso. O grande ponto é o orçamento, que se não for bem calculado pode trazer prejuízos.

Por exemplo, não adianta ter uma mesa de inox reforçada para um computador mais pesado, caso isso leve você a comprar uma poltrona muito inferior, que prejudicaria no conforto e até na sua saúde, concorda?

A mesma situação vale para a medida ou espaço útil do local, que também precisa ser pensada em conjunto, para que um elemento não se sobressaia demais e o obrigue a ficar com menos espaço para o que realmente importa.

Por dentro do uso das prateleiras

Uma tendência atual são os nichos, que são prateleiras com formatos “fechados”, como quadrados, retângulos e até estrelas e formas mais diferenciadas.

O indicado aqui é que se pense sempre na funcionalidade, pois não se trata de um elemento de decoração apenas, mas sobretudo do papel que vai ter na organização diária.

Além da organização é possível pensar no tipo de uso que você fará das coisas que forem guardadas nessas prateleiras.

Certamente, os itens mais necessários podem ficar sobre a mesa. Se quiser evitar a desorganização, basta utilizar aqueles organizadores que deixam suas gavetinhas à mão, de modo que você nem precisaria levantar.

Pense também na decoração

Com certeza a funcionalidade e o conforto são importantes, mas também é preciso pensar na aparência do seu cloffice. E não apenas do espaço em relação a si mesmo, mas também na maneira como ele harmoniza com os demais elementos do cômodo.

Vale lembrar também que até a cor do local pode influenciar, como já se sabe, graças à cromoterapia. Por exemplo, a cor amarela tende a gerar descontração e otimismo, ao passo que o azul traz serenidade e tranquilidade.

Dependendo do tipo de trabalho, uma parede cinza pode contribuir bastante, por despertar em nós a estabilidade emocional. Esse elemento pode ir além do cloffice e já envolver outra peça do cômodo, como o tecido rustico para cortina que fecha a janela.

Também vale pensar nos enfeites, que podem ir desde bonecos que a pessoa goste até quadros ou mesmo plantas (vivas ou de plástico, como preferir).

Além disso, alguns elementos podem servir como decoração e ao mesmo tempo ter uma utilidade. Um exemplo são as tintas tipo lousa, que permitem dar um toque especial em uma parede e depois ainda servem para fazer anotações fáceis de apagar.

Considerações finais

Por fim, uma indicação bacana é sobre como fazer o lugar “desaparecer” quando não estiver em uso. Em alguns casos um simples varão com cortina pode resolver isso de modo estiloso, mas uma porta de correr costuma ser mais definitiva.

Outra alternativa é a porta camarão, que pode ser aberta para o lado sem cruzar a passagem inteira. Caso a decoração tenha ficado perfeita, há quem recorra até mesmo a portas de vidro, que protegem o lugar, mas aceitem que ele se torne parte do todo.

Em todo caso a limpeza de escritorio é importante, mas considere que com a porta de vidro será ainda mais. Até porque, ela também vai ser responsável por você se sentir bem no local, impactando diretamente sua produtividade.

Com isso chegamos ao fim, deixando claro que qualquer um pode fazer ou melhorar seu cloffice, o que vai dar um estímulo a mais para trabalhar em casa.

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

oje é impossível ignorar os impactos que a crise de 2020 teve no mundo como um todo, não só na saúde, mas também no sentido profissional e na rotina das empresas e dos profissionais. Aí é que surge o conceito de cloffice, uma novidade e tanto. De fato, devido à pandemia, mais de 45% de pessoas que trabalhavam presencialmente tiveram de mudar para a modalidade home office do dia para a noite. Isso só não inclui, praticamente, os serviços que precisam obrigatoriamente ser presenciais. Seria o caso, por exemplo, de uma profissional que faz pintura epoxica ou de qualquer outro…

Revisão Geral

Excelente!!

Sumário : Avalie o artigo! Agradecemos sua participação!!

Avaliação do Usuário: 4.8 ( 1 votos)

Deixe um Comentário

O seu endereço de email não será publicado.Campos obrigatórios estão marcados *

*