Home / Arte / Confira as palestras e oficinas na Casa-Museu Ema Klabin
A recepção do embaixador de Damasco, 1511, Louvre. Foto: Divulgação.

Confira as palestras e oficinas na Casa-Museu Ema Klabin

Também haverá uma Jornada em homenagem ao centenário de nascimento da ensaísta, crítica de arte e professora universitária Gilda de Mello e Souza (1919-2005)

A Casa-Museu Ema Klabin promove um ciclo de palestras sobre identidades romana, oriente próximo, identidade paulistana e sobre museus. Os encontros reúnem feras como o doutor em Arqueologia Romana pela Université Lumière, Lyon, Yves Rolland; a ex-conselheira do Museu do Louvre, a arqueóloga Cintia Gama; a pesquisadora, docente e curadora Sabrina Moura, entre outros.

Publicidade: Banner Luiz Carlos de Andrade Lima

A Casa-Museu também oferece atividades para quem é apaixonado por livros, que vai desde uma palestra sobre o processo histórico do surgimento do livro à uma oficina sobre encadernação.

Para fechar o mês de dezembro em grande estilo, haverá uma jornada em homenagem ao centenário de nascimento da ensaísta, crítica de arte e professora universitária Gilda de Mello e Souza.

As inscrições estão abertas no site da Casa-Museu: emaklabin.org.br

Confira a programação!

Palestra Identidade romana – Yves Rolland – Sábado, 23/11/2019, das 11h às 13h- R$40,00- 35 vagas

Inicialmente limitada à cidade, a influência romana acabou se espalhando por todas as terras em torno do Mediterrâneo. A extensão da identidade romana acompanhou essa expansão territorial. A palestra inicia apresentando o conceito de “identidade nacional” através da Eneida, o mito fundador de Roma, confrontando textos com dados arqueológicos e também através da noção de cidadania. Ainda discute como os habitantes do império romano exibiram suas identidades pessoais por meio da iconografia e de inscrições. E retorna à recuperação da “identidade romana” ao longo dos séculos até os regimes totalitários do século XX.

Palestra: O século XIX e o encontro com o Oriente próximo: o orientalismo e uma nova afirmação de identidade- Cintia Alfieri Gama Rolland, Sábado, 30/11/2019, das 11h às 13h, R$40,00 – 35 vagas. Essa palestra tem como objetivo apresentar a história do que hoje nomeamos orientalismo e seu desenvolvimento no século XIX, principalmente após a campanha do Egito, bem como discutir a teoria associada a esse vocábulo vastamente utilizado desde a publicação do trabalho de Edward Said, em 1978. A palestra abordará como esse “encontro com o oriente próximo” teve influências literárias, históricas e arquitetônicas para a construção tanto de uma identidade quanto de um imaginário referente a esse oriente por meio de uma visão ocidental e mais precisamente europeia.

Palestra Museus e Identidades – As negociações por uma nova definição de museu- Sabrina Moura – Quinta-feira, 05/12/2019, das 10h às 12h, R$40,00 – 20 vagas. Nas últimas décadas, o museu tem se transformado radicalmente, ajustando e reinventando seus princípios, políticas e práticas, a ponto de a definição corrente de museu, adotada pelo ICOM (International Council of Museums) em 2007, não refletir os desafios contemporâneos dessas instituições. Ao longo do encontro – segundo da série Museus e Identidades – será analisado as origens e os desdobramentos dessa proposta.

Palestra: História do Livro (Parceria ABER) – Fernanda Mokdessi Auada- Sábado, 30/11/2019, das 14h30 às 17h30, R$80,00 – 30 vagas. A palestra abordará sucintamente o processo histórico do surgimento e processos de produção dos livros, a partir do desenvolvimento dos suportes e instrumentos para escrita, discorrendo sobre a ideia de reunião e proteção das informações, apresentando formatos como o volumen, codex, livros medievais, o advento da tipografia até o aparecimento dos livros digitais e a encadernação de conservação.

Oficina de encadernação (Parceria ABER): 27/11/2019, 28/11 e 29/11, 14h30 às 17h30 – R$260,00 – 15 vagas – Estela Vilela, representante brasileira da Associação Internacional de Encadernação Artística: Les Amis de la Reliure d’Art (ARA International). A Oficina abordará uma breve contextualização histórica do livro copta e suas estruturas de encadernação. Em seguida os alunos serão orientados a confeccionar um modelo, com costura copta etíope, cujo miolo será um planner impresso em papel pólen 90 g/m2.

Jornada em homenagem a Gilda de Mello e Souza Silvio Rosa, Priscila Loyde Gomes Figueiredo, Suzana Avelar, Brunno Almeida Maia, Celso Lafer, Walnice Nogueira Galvão, Renato Janine Ribeiro e Jorge Coli – dia 6/12, das 9h às 18h30, gratuito. Por ocasião do centenário de nascimento da ensaísta, crítica de arte e professora universitária Gilda de Mello e Souza (1919-2005), a Fundação Ema Klabin promove jornada, composta por mesas temáticas e homenagem, com a participação de professores da USP, UNIFESP e UNICAMP. A jornada tem como objetivo a incursão pelas suas principais obras, como O tupi e o alaúde: uma interpretação de Macunaíma (1979), Exercícios de leitura (1980), Os melhores poemas de Mário de Andrade – Seleção e apresentação (1988), O espírito das roupas: a moda no século dezenove (1987), A ideia e o figurado (2005).

Inscrição: www.emaklabin.org.br

Fundação Ema Klabin

Endereço: Rua Portugal, 43, Jardim Europa – São Paulo. Tel: 55 11 3897-3232

Comentários

Deixe um Comentário

O seu endereço de email não será publicado.Campos obrigatórios estão marcados *

*