Home / Arte / Cozinha: veja qual o melhor piso para o ambiente
Cozinha: veja qual o melhor piso para o ambiente. Foto: Pia de cozinha foto criado por wirestock - br.freepik.com.
Cozinha: veja qual o melhor piso para o ambiente. Foto: Pia de cozinha foto criado por wirestock - br.freepik.com.

Cozinha: veja qual o melhor piso para o ambiente

A cozinha é um dos ambientes mais importantes de uma casa, pois além de ser um espaço repleto de amor e carinho, ainda é o lugar onde as melhores refeições do lar são preparadas por alguém especial e com um tempero único.

Por isso, é normal que diversas pessoas se preocupem com a qualidade dos móveis e de todos os materiais que irão adentrar esse cômodo, pois por ser um espaço onde os alimentos da casa serão expostos, é preciso muita organização e higiene.

Além de contar com uma boa empresa de gestão de obras, também é importante se atentar ao tipo de piso que será posto em sua cozinha, pois nem sempre o mais bonito ou o barato é o que entregará segurança, durabilidade e facilidade para você.




Sabemos que esse pode ser um grande desafio para quem está na loucura que é a rotina de uma reforma e até mesmo para quem não entende bulhufas do assunto, são tantos tipos de pisos que muitos se sentem perdidos na hora da escolha.

Mas fique tranquilo que este artigo foi produzido para ajudar você a entender um pouco mais sobre cada piso recomendado para sua cozinha e, além disso, algumas dicas para que você faça uma boa escolha e não se arrependa dela.

8 tipos de pisos para sua cozinha

Dentre milhares de opções disponíveis no mercado, selecionamos algumas dicas para te ajudar a escolher o melhor piso da sua cozinha, levando em consideração desde aqueles que querem pagar pouco até os que desejam utilizar uma lavadora elétrica de piso na hora de limpar. Confira:

1. Porcelanato

O porcelanato é um dos tipos de piso mais utilizados para revestir não apenas a cozinha, mas diversos outros cômodos da casa. Isso porque ele entrega muita praticidade e versatilidade, podendo se adaptar a diversos ambientes.

Trata-se de um produto de alta resistência e baixíssima absorção de produtos, líquidos ou alimentos que podem cair no piso e que, dentro da cozinha, é comum acontecer. Atualmente existe uma grande variedade de estampas e texturas lindas do porcelanato.

Esses pisos são opções que duram bastante e ainda também são fáceis de limpar, utilizando apenas água, detergente neutro e um pano úmido você já consegue deixá-lo novinho em folha.

2. Cerâmica

Os pisos feitos de cerâmica são menos resistentes do que os de porcelanato e constantemente precisam de manutenção. Porém, esse revestimento também possui alguns pontos positivos que merecem destaque.

O primeiro deles é o preço, já que a cerâmica possui um valor mais acessível do que os demais tipos de piso, e também é uma opção que possui uma enorme variedade de cores, texturas e modelos que com certeza farão você se apaixonar.

O piso de cerâmica é feito de argila e a maioria deles não reproduz, com a mesma perfeição, pedras, madeiras ou outros elementos. Entretanto, o material continua sendo uma ótima opção para quem deseja economizar na obra.

Caso a sua casa já tenha algum piso antigo ou vestígios de algum outro material, vale a pena procurar por um serviço de raspagem de pisos e assoalhos para que seu novo piso de cerâmica seja aplicado da maneira correta e não lhe traga problemas mais para frente.

3. Laminados

O laminado se destaca pela sua rapidez durante o processo de instalação. As chapas amadeiradas podem até mesmo ser colocadas sobre outros pisos, o que o torna uma ótima opção para quem não quer passar por uma grande reforma na casa.

Além disso, esse piso também é muito fácil de limpar, com apenas um aspirador de pó e um pano úmido você já consegue deixá-lo brilhantes. Ao mesmo tempo, ele também oferece um incrível conforto térmico para os lugares mais frios.

Encontrar pisos laminados não é difícil, você pode encontrar diversos modelos na internet de maneira rápida e simples, assim como se encontrar uma empresa de pintura epóxi em poucos segundos e com apenas alguns cliques.

Entretanto, o piso laminado não deve ser lavado com água corrente jamais, pois isso pode desbotá-lo no momento que for exposto diretamente ao sol. Por conta disso, ele não é recomendado para espaços com grande exposição ao sol, como varandas.

4. Mármore e granito

Os pisos de mármore e granito são práticos, fáceis de limpar e ainda disfarçam a sujeira, quase tudo o que um dono ou dona de casa deseja. Esses materiais são extraídos de rochas naturais, e isso acaba limitando as opções de texturas, cores e estampas.

O granito é o mais resistente a infiltrações do se comparado ao mármore, porém os dois são opções modernas e funcionais para o espaço da cozinha.

Justamente por ter uma textura natural, talvez você precise procurar por um serviço de autonivelante assim como quem possui o piso de epóxi também contratar uma epóxi autonivelante para piso para garantir que ele fique lindo e dure bastante.

5. Vinílicos

Feito de PVC, o piso vinílico precisa ser instalado sobre uma superfície totalmente lisa e nivelada para que o resultado seja um piso bem colocado, bonito, que dure bastante e não te traga preocupações.

Falando um pouco sobre a estética dessa opção, a manutenção e a limpeza desse piso assemelha-se ao processo feito no laminado. Além de ser mais barato, ele também oferece grande conforto térmico e acústico para a cozinha.

Vale destacar que os pisos vinílicos são ótimos para apartamentos com pets, pois eles são menos escorregadios que os porcelanatos e as cerâmicas e ainda mais resistentes às garras.

Inscreva-se em nossa Newsletter de Decoração!

Na internet, você consegue encontrar diversos modelos, cores, texturas e estampas desta opção, assim como se encontra facilmente até mesmo piso para tenda, você consegue achar o seu modelo ideal de piso vinílico.

6. Cimento queimado

Esses pisos são, na maioria das vezes, feitos com água, areia e cimento, por isso possuem um custo mais barato se comparado com os outros materiais. Eles colaboram para quem deseja criar um ambiente rústico e moderno na cozinha.

Por outro lado, é necessário ter atenção e cuidado com a limpeza desse tipo de piso. Isso porque o cimento queimado pode apresentar trincas e pode engordurar com facilidade, e sabemos que gordura é algo que não falta em uma cozinha.

A maior característica estética dessa opção, com certeza é a sua textura exclusiva, que constrói um moderno que, combinado com outros objetos de decoração, consegue deixar a sua cozinha linda e com um piso que durará bastante.

7. Epóxi

O piso epóxi é um dos mais fáceis de limpar, além de ser uma opção muito higiênica e resistente. Quando bem conservado e cuidado, ele possui uma grande durabilidade, chegando a durar até mesmo 10 anos ou mais na cozinha.

As desvantagens desse tipo de revestimento são o alto preço e a falta de empresas disponíveis para fazer a aplicação dele da maneira correta, principalmente em ambientes pequenos, como é o caso da cozinha.

Mas essa não é uma missão impossível, assim como se encontra uma empresa de pintura epóxi, você também consegue achar profissionais qualificados que façam esse serviço para você, basta pesquisar com atenção e até mesmo conversar com quem entende mais sobre o assunto.

8. Assoalhos e tacos de madeira

Feitos com madeira, um material que já conhecemos muito bem, esse piso trata-se também de um dos materiais mais caros do mercado. Isso porque, além da estética luxuosa, essa opção proporciona muito conforto para os ambientes.

No entanto, a manutenção desse tipo de piso também é mais trabalhosa e custosa, ou seja, dificilmente você irá conseguir limpá-lo com um simples detergente neutro ou um aspirador de pó.

Sem contar que ele também é um piso mais fácil de quebrar, mas se você contar com uma boa empresa que realiza conserto de piso de madeira SP, isso talvez não seja um grande problema.

Dicas para escolher o piso ideal

Agora que você já conhece algumas das melhores opções de pisos para a sua cozinha, chegou o momento de se atentar a algumas dicas que separamos para te ajudar a fazer a escolha certa, que não fará você se arrepender e nem te traga problemas. Confira:

  • Tente fugir do branco e cores claras;
  • Tome cuidado com pisos escorregadios;
  • Opte por pisos mais escuros, se gostar;
  • Escolha pisos com alta durabilidade;
  • Prefira opções fáceis de limpar;
  • Tenha o estilo de decoração bem definido;
  • Considere as necessidades do espaço da sua cozinha.

Escolher um bom piso é tão importante quanto escolher um bom serviço de pintura de quadra com tinta epóxi para quem está a procura, pois sabe-se que se trata de algo que ficará na sua cozinha por muito tempo.

Por isso, pesquise bastante sobre as opções apresentadas, converse com profissionais e anote seus desejos e necessidades quanto a compra do piso de sua cozinha. Dessa maneira, você irá adquirir algo compatível com o que deseja e de muita qualidade.

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

Deixe um Comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *

*