Home / Arte / Espaços integrados: como modificar os ambientes de sua casa
Madeira foto criado por wirestock - br.freepik.com.
Madeira foto criado por wirestock - br.freepik.com.

Espaços integrados: como modificar os ambientes de sua casa

A criação de espaços integrados tem sido uma excelente maneira de aproveitar melhor a área de apartamentos e casas, que, inclusive, estão cada vez menores, ou seja, ambientes funcionais viraram mais do que um desejo, agora são uma obrigação.

A tendência de ambientes integrados teve origem nos Estados Unidos, mas logo alcançou o público brasileiro, principalmente pela praticidade e elegância que apresenta em apartamentos e casas.

Publicidade: Banner Luiz Carlos de Andrade Lima

Por isso, qualquer pessoa que esteja pensando em adquirir um novo imóvel ou reformar, pode levar em conta essa opção, que além de valorizar o imóvel, pode trazer uma série de vantagens para o dia a dia.

Por que fazer um espaço integrado?

A primeira coisa a se pensar com um espaço integrado é o quão amplo ele passa a ser. A sensação de que você está em um ambiente maior é muito satisfatória, e isso é alcançado quando você tem menos paredes e divisórias em uma casa.

Para espaços pequenos, este tipo de vantagem é essencial, mas o estilo também pode favorecer imóveis maiores. Uma sala de estar integrada com uma varanda ou outro cômodo da casa passa uma sensação de conforto e charme para a estrutura.

Outro ponto importante que deve ser levado em conta é o quanto estes espaços incentivam o convívio entre os moradores da casa. A ausência de paredes e portas acaba criando espaços de convivência, onde todos os moradores se reúnem para fazer suas atividades.

Dessa forma, é possível conversar e interagir com as pessoas enquanto elas estão realizando suas atividades diárias, sem que se faça necessário uma das partes parar o que está fazendo para ir até o cômodo onde a outra pessoa está.

Mas se você ainda prefere ter alguns espaços isolados, isso não é um problema, pois mesmo com um design integrado é possível instalar portas acústicas em ambientes mais íntimos, como os banheiros e os quartos.

Agora, no restante da casa, como salas de estar, cozinhas e salas de jantar, as bancadas e paredes a meia altura são ótimas para separar os espaços, deixando o ambiente com um ar sofisticado e elegante, o que é o sonho de muita gente.

Inclusive, pessoas que têm crianças em casa acabam conseguindo um ambiente ainda melhor. Isso porque você pode fazer todas as atividades de sua rotina sem se preocupar, conseguindo observar todas as ações dos pequenos.

Você pode criar um cantinho especial para eles em um cômodo integrado com sua área de trabalho e outros pontos importantes da casa, como a cozinha. Assim, independentemente de sua atividade, você não precisa ficar preocupado com a segurança das crianças.

Ademais, muitas casas com um bom espaço externo têm optado por utilizar a integração de ambientes para criar uma área de contato direto com a natureza. É importante pensar nesse tipo de interação, uma vez que o dia a dia pode ser muito estressante.

Para isso, a utilização de toldos de vidro temperado, assim como portas de vidro ou fechamento de sacada, podem ser excelentes escolhas.

Cuidados para ambientes integrados

Esta tendência de arquitetura tem encantado muitas pessoas, sendo assim, acabou se tornando um dos estilos decorativos mais procurado, principalmente por quem está construindo ou reformando.

Porém, para criar um espaço bonito, elegante e funcional, alguns cuidados importantes devem ser tomados durante a montagem.

Por exemplo, se você possui um revestimento cimento queimado, é preciso que todo o ambiente esteja de acordo com esta escolha estética, principalmente para continuar o funcionamento com elegância e beleza.

Isso porque a divisão dos espaços acaba sendo muito mais sutil, uma vez que não há uma parede delimitando o espaço de um ambiente. Por isso, é preciso compreender qual é a área reservada para cada tipo de espaço.

Além disso, objetos decorativos e mobília também são diretamente afetados pela escolha de delimitação de espaço, e devem ser incluídos na hora de você pensar em como ficará seu ambiente.

Um ponto importante, caso você não esteja construindo uma casa do zero, é identificar junto a um profissional se as paredes que pretende derrubar não fazem parte de alguma forma da estrutura do local.

Uma solução para isso pode ser a utilização de estruturas metálicas, dando um ar mais industrial para a decoração. Outras opções são:

  • Balcões;
  • Meias paredes;
  • Vigas;
  • Colunas de sustentamento.

É importante pensar em imóveis como um todo. Se você mora em um apartamento, modificar a estrutura pode acabar afetando diretamente seus vizinhos de cima ou de baixo, ocasionando muitos problemas, por isso cuidado.

Delimitando os espaços

Existem diversas maneiras para definir o que é cada espaço do seu imóvel, sem que precise de paredes para separar cada um deles.

Para isso, alguns toques sutis podem fazer total diferença, siga nossas dicas e conquiste o ambiente dos sonhos:

Faça um mapeamento

Para conseguir identificar como delimitar um espaço integrado, o primeiro passo é que você faça um planejamento e mapeie o que deseja em cada cômodo da casa. Assim, terá uma ideia básica do que quer como resultado final.

Por exemplo, se você sabe que a sua parede da cozinha conta com um revestimento monolítico, seria interessante que a área a ser integrada contasse com um outro elemento para as paredes, mas sem tirar a elegância e o charme da residência.

Quanto mais você trabalhar acerca dessa construção, mais facilmente virão ideias para conseguir delimitar os espaços da casa e ter todos os cômodos que você deseja sem perder os elementos dos espaços integrados.

Tenha atenção ao piso

Um dos principais pontos de mudança está no piso. Quando você coloca um piso de cor ou textura diferente em um ambiente, é um grande indicativo de que aquele espaço tem uma função distinta do anterior.

A madeira e o porcelanato costumam ser uma boa união para separar ambientes, mas mantendo o conceito de integração, para que as pessoas possam continuar aproveitando as opções de convívio que a estrutura da casa apresenta.

Neste caso, basta acompanhar o chão para identificar a separação de cada cômodo, tornando o ambiente funcional e agradável, sem perder seu charme.

Os biombos continuam em alta

Outra excelente opção para ambientes é o uso de biombos. Essa peça de decoração é ótima para criar uma estética diferenciada, funcionando como um delimitador de ambientes.

Dessa forma, você consegue continuar a utilizar a funcionalidade de cada cômodo, sem perder o conceito de união trazido pelos ambientes integrados. É importante pensar nesse tipo de estrutura como uma interligação de vários espaços.

Móveis também ajudam no processo

Móveis são, no geral, uma excelente forma de dividir espaços integrados. Um sofá bem posicionado pode delimitar perfeitamente o espaço de uma sala de estar, mantendo ainda a amplitude e a abertura para diálogo com pessoas em outros ambientes da casa.

Além disso, uma bancada de inox sob medida pode criar a diferenciação perfeita entre dois espaços no ambiente integrado, sem que se perca funcionalidade e estilo.

Por isso, é importante escolher bem seus móveis na hora de montar sua casa, garantindo desta forma que as possibilidades de decoração sejam amplas e funcionais aos desejos que você tem em relação à sua decoração.

Tapetes garantem a divisão dos espaços

Para conseguir proteger seu piso e criar uma diferenciação entre ambientes, uma boa aposta são os tapetes. Essas peças costumam fazer toda a diferença em uma decoração e ainda delimitam o espaço de forma simples e discreta.

Os tapetes possuem diversos modelos, estampas e materiais, servindo como coringas, uma vez que se adaptam a maioria dos modelos que você pode procurar para se adequar melhor ao ambiente que você quer decorar.

Pequenos detalhes na construção

Se você ainda está em uma etapa de construção, pode pensar em um pequeno degrau ou desnível.

Dessa forma, é possível identificar exatamente onde um cômodo termina e outro começa. Além disso, você pode montar toda a estrutura de decoração em volta desse espaço.

Uma boa opção para estes casos é o piso autonivelante PU, que pode criar um espaço adequado para o ambiente. Assim, quando você decidir utilizar um espaço diferente, conseguirá identificar claramente onde fica a divisão.

Aposte em uma iluminação diferente

A iluminação também pode ser uma grande aliada na hora de separar cada um dos cômodos.

Isso porque você pode criar uma estrutura de foco para conseguir encaixar corretamente cada um dos ambientes que deseja criar em seu espaço integrado, garantindo assim uma melhor visibilidade.

É importante pensar também na utilização da luz natural. Por conta do espaço integrado ser maior, é comum que haja uma intervenção maior do sol, o que pode ser muito bom para renovar o ambiente e criar um espaço de conforto e frescor.

Considerações finais

Utilizar espaços integrados é uma ótima opção de design. Ideal para espaços menores, onde a sensação passada pelo ambiente é de amplitude, ele pode também ser usado em imóveis grandes e gerar um espaço muito interessante.

Entretanto, é preciso saber explorar todo o ambiente. Isso porque a ausência de paredes não elimina a necessidade de vários cômodos.

Pensando nisso, mesmo sacadas de vidro podem ser facilmente integradas a outro ambiente, desde que você saiba o que está fazendo com relação à decoração.

Por isso, pensar em formas de delimitar o espaço deve ser um dos primeiros pontos de seu planejamento, principalmente, quando decidir construir ou reformar um imóvel.

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

criação de espaços integrados tem sido uma excelente maneira de aproveitar melhor a área de apartamentos e casas, que, inclusive, estão cada vez menores, ou seja, ambientes funcionais viraram mais do que um desejo, agora são uma obrigação. A tendência de ambientes integrados teve origem nos Estados Unidos, mas logo alcançou o público brasileiro, principalmente pela praticidade e elegância que apresenta em apartamentos e casas. Por isso, qualquer pessoa que esteja pensando em adquirir um novo imóvel ou reformar, pode levar em conta essa opção, que além de valorizar o imóvel, pode trazer uma série de vantagens para…

Revisão Geral

Excelente!!

Sumário : Avalie o artigo! Agradecemos sua participação!!

Avaliação do Usuário: 4.9 ( 1 votos)

Deixe um Comentário

O seu endereço de email não será publicado.Campos obrigatórios estão marcados *

*