Home / Destaques / Filósofo luso-brasileiro é uma das pessoas mais inteligentes do mundo

Filósofo luso-brasileiro é uma das pessoas mais inteligentes do mundo

Filósofo Fabiano de Abreu é aprovado como membro da Mensa, um clube de gênios mundiais e tem o QI maior que do Steve Jobs, Bill Gates e Eistein

O renomado assessor de imprensa, jornalista, pesquisador e filósofo Fabiano de Abreu foi aprovado na Mensa, a maior, mais antiga e mais famosa sociedade de alto QI (Quociente de Inteligência) do mundo. De acordo com a bateria de testes pelo qual o luso-brasileiro foi submetido, ele tem o QI acima de 180, o que o coloca na em categoria acima de superdotado, ou gênio.

Publicidade: Banner Luiz Carlos de Andrade Lima

Figurar neste rol super exclusivo de gênios é um feito para poucos. No Brasil, por exemplo, dentre as celebridades, temos o músico Chico Buarque, com QI 140, o apresentador Jô Soares com QI 156 e o músico Roger Moreira, da banda Ultraje a Rigor, com QI 172. O fato do filósofo Fabiano de Abreu marcar acima de 180 pontos no teste de QI o posiciona junto ao topo desta lista, dentre as mais inteligentes pessoas públicas e personalidades brasileiras vivas.

Se compararmos em nível global, as cantoras Madonna e Shakira tem ambas QI 140, e o multibilionário Bill Gates tem QI 152. Einstein tinha QI 160. Esses números posicionam Fabiano de Abreu em um seleto grupo, também em nível mundial.

Fabiano de Abreu. Foto: Divulgação / MF Press Global.

Fabiano de Abreu. Foto: Divulgação / MF Press Global.

Fundada no Reino Unido em 1946, a Mensa tem apenas 134 mil membros espalhados por 100 países. Isto porque os seus membros correspondem apenas aos chamados 2% da população mundial, com QI acima de 127. Dentre os membros desse clube exclusivo, o grau de instrução não é o que determina a inteligência. Eles podem ser tanto pessoas com múltiplos doutorados ou que nunca tenham terminado a escola secundária. A lista de profissões é diversa. No Brasil, de acordo com o site da Mensa, são cerca de 1,4 mil membros.

Fabiano de Abreu relata como descobriu pertencer a este grupo de inteligências acima da média:

“Quando eu tinha 17 anos, fiz meu primeiro teste de QI, e o resultado foi 175 pontos. Então, eu estava no Rio de Janeiro recentemente, e então decidi fazer um teste, esse mês, dessa vez com 37 anos, com a psicologa Roselene Espírito Santo Wagner, que não me apresentou números (QI), mas um resultado nomeando-me como “inteligência acima da média”. Depois fui procurar em São Paulo a neuropsicóloga Cristiane Costa Cruz, que é membro da Mensa e especialista em teste de inteligência. Fazendo um teste amplo de diversos tipos de inteligência, como habilidades verbais e de raciocínio. Após esses dois testes, fiz também a prova para a Mensa, associação dos maiores QI’s do mundo. Depois, recebi então a aprovação confirmando o alto QI e passei a fazer parte da Mensa internacional”.

Existem diversos métodos para medir o quociente de inteligência. Contudo, o método mais preciso, que é adotado pela Mensa Brasil e Mensa Internacional, é baseado em percentil: “Em consulta com a neuropsicóloga especialista em teste de QI e com membros da associação, a medida correta do QI é percentil. Esses números que são ditos na imprensa e em sites não são aceitos. Para entrar na Mensa tem que ter no mínimo 98% de percentil, que seria o equivalente a 2% da população mundial. No meu caso, 99% equivale a 1% da população. Se nos basearmos em números teremos resultados relativos. Alguns testes, de pontuação máxima de 150, 99% seria algo entre 130 e 150. Já em um teste de pontuação máxima 200, 99% daria de 180 a 200. No último teste que fiz esse mês, se fosse me basear nisso, poderia dizer que tenho 180, 190 ou 200, mas não é correto isso, pois não é mais avaliado assim. Os testes da Mensa tem a aprovação da sua sede na Inglaterra, e a associação é pioneira e a mais relevante do mundo”.

Fabiano afirma que sente-se feliz em poder representar o Brasil positivamente no exterior: “Para mim nunca importou o grau de QI, realmente nunca me preocupei com isso. O que acho legal disso tudo é poder levar o nome do Brasil para o exterior, de forma positiva. Eles precisam saber que aqui também há super cérebros, não só por lá.”

Fabiano relata que era rebelde na infância e chegou a ser expulso da escola por ser baderneiro.

“Até o ensino médio não era o chamado aluno modelo. Tinha problemas de disciplina. Mas veio a maturidade e me tornei um jornalista, escritor e um profissional respeitado no Brasil e no exterior. Sou um filósofo que não se formou em filosofia. Por ser aprovado na Mensa, tenho condição de pleitear uma bolsa em Harvard e outras universidades igualmente prestigiosas ao redor do mundo. Como vivo em Portugal, pretendo fazer faculdade no Porto ou Coimbra.”

Fabiano de Abreu. Foto: Vagner Souza / MF Press Global.

Fabiano de Abreu. Foto: Vagner Souza / MF Press Global.

Para David Wechsler, famoso psicólogo que desenvolveu escalas de inteligência bem conhecidas, como a Wechsler Adult Intelligence Scale e a Wechsler Intelligence Scale for Children, o termo “gênio” poderia ser aplicado a quem obtivesse escore acima de 127, numa padronização com média = 100 e desvio-padrão = 15. Mais tarde, passou a classificar como “gênio” quem obtivesse escore acima de 150. Pela classificação mais recente do Stanford-Binet V (2003), o termo gênio é aplicado a quem obtém escore acima de 160.

Confira as bases de QI mundial:

QI acima de 127: Superdotação
121 – 127: Inteligência superior
111 – 120: Inteligência acima da média
91 – 110: Inteligência média
81 – 90: Embotamento ligeiro
66 – 80: Limítrofe
51 – 65: Debilidade ligeira
36 – 50: Debilidade moderada
20 – 35: Debilidade severa
QI abaixo de 20: Debilidade profunda
Abaixo de 20: profundo retardo mental

Outro teste de Q.I. comumente utilizado em crianças é a Escala de Bailey de desenvolvimento infantil.

Conheça 15 dos maiores QI do mundo:

  1. Steve Jobs, criador da Apple tem 140 de QI
  2. Bill Gates criou a Microsoft tem 151 de QI
  3. Quentin Tarantinoo diretor de cinema teria 160 de QI
  4. Albert Einstein, o mais pop dos gênios, tinha QI 160 a 190(previsão)
  5. O apresentador Jô Soares aparece na lista com 156 pontos
  6. A cantora Madonna tem 140 pontos
  7. A atriz Nicole Kidman tem 132 pontos
  8. Rowan Atkinson, o comediante tem 178 pontos
  9. O escritor Rick Rosner tem 192 pontos
  10. O escritor, filósofo e jornalista Fabiano de Abreu tem 180 pontos (previsão)
  11. Stephen Hawking, o famoso cientista tem o QI de 160
  12. O pintor Leonardo da Vinci – QI de 180-190 (previsão)
  13. Kim Ung-Yonq que trabalhou na NASA desde criança tem o QI de 210
  14. Judit Polgar, grã mestre em xadrez tem QI de 170
  15. Americana, 44 anos, Marilyn Von Savant conseguiu uma façanha: figurar no livro Guinness de recordes com o mais alto quociente de inteligência (QI) já medido: 228 pontos.

Sobre Fabiano de Abreu

Fabiano de Abreu é um filósofo, pesquisador, poeta, escritor, jornalista e assessor de imprensa conhecido no Brasil, Portugal e em Angola. Escreveu o livro “Viver Pode Não Ser Tão Ruim” que encontra-se na Universidade de Coimbra em Portugal, na Gregório Semedo em Luanda, Angola e nas bibliotecas de Castelo de Paiva em Aveiro e São Lázaro em Lisboa, ambos em Portugal. Também na Biblioteca Nacional do Rio de Janeiro. A versão em espanhol de ‘Vivir Puede No Ser Tan Malo‘ pode ser encontrada online. Como jornalista possui mais de 15 colunas entre diversos jornais, revistas e sites. Dono da empresa MF Press Global – assessoria de imprensa e mídia social, Fabiano criou mais de 500 personagens para imprensa brasileira obtendo assim o atual recorde do jornalista que mais criou personagens na história, recebendo o prémio Melhores do Ano de 2017 por este feito. Além do prémio de jornalista revelação em 2015, melhor assessor de imprensa em 2016 e o prémio Brazil Films de cinema em 2016.

Informações também no Wikipédia
https://en.wikipedia.org/wiki/Fabiano_de_Abreu

Comentários

Deixe um Comentário

O seu endereço de email não será publicado.Campos obrigatórios estão marcados *

*