Galeria Mario Cohen recebe exposição inédita do fotógrafo Mario Cravo Neto

Exposição exclusiva com 22 obras terá abertura em 19 de novembro e marca inauguração da Galeria em novo espaço no Jardim Europa

A Galeria Mario Cohen realiza, de 19 de novembro a 18 de fevereiro de 2023, a Exposição Tudo Era Novo Sob o Sol da Bahia, do artista visual Mario Cravo Neto. Das 22 obras expostas, treze nunca foram publicadas antes.

Anúncio

O fotógrafo baiano é um dos nomes mais importantes da fotografia contemporânea brasileira, reconhecido internacionalmente e com trabalhos expostos em acervos de diversos países, como França, Estados Unidos, Espanha e Holanda.

A exposição nasceu da parceria entre a Galeria e o Instituto Mario Cravo Neto. O filho do artista, Christian Cravo, abriu o acervo do Instituto MCN, em Salvador, para a curadoria de Mario Cohen. Nesse cuidadoso trabalho de seleção, Cohen buscou fotografias em cores menos óbvias do artista, como a série Geometrias e os retratos coloridos de cenas da cultura baiana.

Com mais da metade das imagens selecionadas pela curadoria exposta ao público pela primeira vez, os trabalhos remontam a diferentes fases do fotógrafo, durante as décadas de 1970, 1980 e 1990. Todas as obras serão comercializadas.

Anúncio

Nascido e criado na Bahia, o fotógrafo vivenciou, nas décadas de 1950 e 1960, a efervescência da cena artística baiana, convivendo com grandes nomes da cultura nacional como Jorge Amado, Dorival Caymmi, Caetano Veloso, Gilberto Gil e Maria Bethânia.

Receba Notícias de Exposições e Eventos em geral em nosso grupo no Whatsapp!
*Só nós postamos no grupo, então não há spam! Pode vir tranquilo.

Mario Cravo Neto também aprendeu novas formas de enxergar a beleza da cultura popular local com o antropólogo francês Pierre Verger, que influenciou diretamente sua produção. Dessa forma, os temas abordados por ele giram em torno da religiosidade, do povo baiano, da natureza e do candomblé.

A exposição marca também a inauguração da nova Galeria Mario Cohen. Fundada em 2000, esta que foi a primeira galeria especializada em fine art photography da América Latina, abre em 10 de novembro seu novo espaço, na Rua Capitão Francisco, 69.

Com projeto original de Isay Weinfeld e atualizado pelo arquiteto André Vainer, a nova galeria possui 137m² e abriga importante acervo de nomes como Cristiano Mascaro, Bob Wolfenson, Ellen von Unwerth, Gui Paganini, MAR+VIN, Norman Parkinson, Pierre Verger, Sebastião Salgado, entre outros.

Anúncio

A mudança coloca ainda a Galeria Mario Cohen no Circuito de Arte do Jardim Europa, ao lado de outras sete galerias da região, que, também no dia 19/11, realizam a 2ª Edição do Arte Circuito Jardim Europa, com programação especial e vans disponíveis para fazer o circuito entre elas ao longo de todo o dia, com entrada gratuita.

Inscreva-se para receber as Novidades sobre Eventos
e o Universo das Artes primeiro!

Serviço – Exposição Tudo Era Novo Sob o Sol da Bahia
Abertura: 19 de novembro de 2022, das 11h às 17h
Em cartaz até 18 de fevereiro de 2023
Local: Rua Capitão Francisco Padilha, 69 – Jardim Europa, São Paulo
Funcionamento: de terça a sexta, das 11h às 19h; aos sábados, das 11h às 17h
Entrada gratuita

Sobre Mario Cravo Neto

Além de fotógrafo, Mario Cravo Neto também possui trabalhos nas áreas de escultura, cinema e desenho. Como escultor, recebeu seu primeiro prêmio na Bienal de Arte da Bahia, em 1966, mas foi com a fotografia que o artista baiano ficou internacionalmente conhecido – feito inédito até então para um fotógrafo brasileiro.

Possui diversos livros publicados, inúmeros prêmios e suas fotografias integram acervos importantes como os da Maison Européenne de Photographie e da Fundação Cartier, ambas em Paris; do Brooklyn Museum e do MoMa, em Nova York; do Reina Sofia, em Madri; do Stedelijk Museum, em Amsterdam, dentre outros. Mario faleceu em Salvador, sua cidade natal, em 2009.

Sobre a Galeria Mario Cohen

A Galeria, aberta em 2000, no Rio de Janeiro, foi a primeira da América Latina a dedicar um espaço exclusivamente para valorização da fotografia como expressão artística, instalando-se em São Paulo em 2015.

Em sua vida profissional, Mario Cohen usou a arte e a cultura como forma de agregar valor, sendo responsável, além da Coleção Pirelli/Masp, pela criação do Museu da Língua Portuguesa, do Auditório Ibirapuera com sua escola de música, do Prêmio Tim para Música Brasileira, do Tim Festival, entre outros.

Deixe um comentário