Home / Arte / IMFUSION
Imfusion. Divulgação.
Imfusion. Divulgação.

IMFUSION

Imersão em ambientes lúdicos e escalas paradoxais inspiram instalação no Museu do Amanhã, no Rio

Sem contato físico, a tecnologia capta o movimento dos visitantes e propicia uma interação com sons e imagens em alta definição;

IMFUSION será aberto ao público em 29 de outubro, respeitando os protocolos das autoridades sanitárias.

Belo Horizonte recebe IMFUSION em dezembro deste ano e São Paulo no primeiro trimestre de 2021

Rio de Janeiro, outubro de 2020 – O desenvolvimento de novas tecnologias e as conquistas científicas têm impactado a forma como o ser humano se relaciona com a natureza em escalas de proporções paradoxais. Ao mesmo tempo que manipulamos formas diminutas – como vírus e bactérias – exploramos imensidões como a Lua ou Marte. IMFUSION é uma instalação tecnológica que propicia uma experiência lúdica, capaz de despertar reflexões sobre a forma como interagirmos com o micro e o macro, em diferentes contextos e ambientes.

Publicidade: Banner Luiz Carlos de Andrade Lima

Desenvolvida pela DeepLab Project, produzida pela Dellarte, IMFUSION abre ao público em 29 de outubro, no Museu do Amanhã, no Rio de Janeiro. Para participar da experiência é preciso realizar o agendamento, mesmo que o visitante já tenha adquirido o ingresso pelo www.ingressorapido.com.br/home para entrada no Museu. Dessa forma, a visitação à instalação está sujeita a disponibilidade dos horários em aberto no dia.

A medida visa cumprir os protocolos estipulados pelas autoridades sanitárias em razão da pandemia de Covid-19, limitando o número de visitantes, tanto no Museu quanto para a IMFUSION. O funcionamento é das 10h às 17h e a instalação poderá ser vista até 29/11.

Do micro ao macro três cenários são explorados: da molécula à diversidade de uma floresta até a imensidão do universo. Em 12 minutos, os visitantes estarão imersos em formas coloridas e interagindo por meio de sensores com projeções plenas de efeitos especiais – gráficos e sonoros. A tecnologia empregada dispensa a necessidade do contato físico e a fantasia se faz por meio da aproximação.

Em uma sala escura, com 5,7 metros de largura, 4 metros de altura, e 10,4 metros de profundidade, câmeras e sensores captam a movimentação da pessoa que passa a interferir randomicamente nas exibições. Uma metáfora da interação do Homem com a natureza.

Apenas seis pessoas são admitidas por sessão, respeitando o distanciamento social. Uma cortina de tecido, com tratamento antibacteriano, e potentes equipamentos de filtragem do ar são parte dos cuidados.

“Os sensores de movimento permitem ao visitante participar da transformação do conteúdo projetado”, conta o idealizador da experiência Felipe Reif. “Queremos reforçar a percepção de que o individual tem reflexo no coletivo, transformando todo o ambiente em que vivemos”, completa. O conteúdo para IMFUSION foi criado por mais de 10 pessoas entre Brasil, Chile e Estados Unidos.

Mesmo projetada antes da pandemia, a instalação já previa a interação sem necessidade de contato físico num trajeto de sentido único para os visitantes, impedindo o retorno ao início. “No atual contexto, essas características foram essenciais para a escolha do projeto produzido pela Dellarte e co-realizado pela BM Produções”, conta Steffen Dauelsberg, diretor executivo da empresa. “São medidas determinantes para o segmento de instalações interativas”, completa o diretor.

“A vinda da IMFUSION para o Museu do Amanhã é parte de nossa estratégia de apresentar novidades aos nossos visitantes. Estamos sempre focados em expandir a narrativa da Exposição de Longa Duração do nosso museu, apresentando ao público, em diferentes formatos e conteúdos, reflexões sobre que Amanhãs queremos construir desde já”, afirma Eduardo Carvalho, editor artístico do IDG, instituição gestora do Museu do Amanhã. “Esta é a primeira atração temporária desde a reabertura do Museu, fechado até setembro devido à pandemia da Covid-19. Estamos sendo bem cuidadosos para que o visitante vivencie esta experiência com segurança e qualidade”, complementa Carvalho.

IMFUSION será levada para outras cidades: “Em dezembro deste ano será a vez de Belo Horizonte e, em 2021, São Paulo”, diz Dauelsberg.

Em razão da pandemia, o Museu do Amanhã adotou as seguintes medidas:

  • redução da capacidade de visitantes simultâneos;
  • uso obrigatório de máscaras cobrindo nariz e boca;
  • medição, na entrada, da temperatura dos colaboradores e do público;
  • uso de tapetes sanitizantes;
  • totens de álcool gel;
  • sinalização de distanciamento entre as pessoas;
  • percurso de orientação única;
  • higienização constante dos equipamentos interativos.
SERVIÇO
Data: de 29 de outubro a 29 de novembro de 2020
Horário: de quinta-feira a domingo, das 10h às 17h
Local: Museu do Amanhã, Praça Mauá, 1 – Centro. Rio de Janeiro
Entrada para o Museu: acesse: www.ingressorapido.com.br/home
Ingressos para o Museu: R$ 26,00 e R$ 13,00 (meia-entrada)
Importante: O agendamento da experiência deve ser feito na bilheteria do Museu

SOBRE A DELLARTE 

Produtora de soluções culturais, a Dellarte atua em parceria com os setores público e privado, há quase 40 anos, realizando a curadoria, coordenação e consultoria de grandes eventos de arte, festivais de música, projetos educacionais e digitais. Reconhecida como uma das maiores produtoras da América Latina, vem realizando, nos últimos meses, novos projetos de tecnologia, streaming e redes digitais com a criação do Digital Dellarte.

SOBRE A DEEPLAB

DEEPLAB PROJECT é um estúdio colaborativo que combina inovação, design e tecnologia, criando experiências digitais em escala de arquitetura. Fundado por Felipe Reif e Marcelo Pontes, tem sede no Rio de Janeiro e escritório em São Paulo, desenvolveu experiências para diversos clientes como Museu do Amanhã, Sesc, Oi e H-Stern.

SOBRE O MUSEU DO AMANHÃ

O Museu do Amanhã é um museu de ciências aplicadas que explora as oportunidades e os desafios que a humanidade terá de enfrentar nas próximas décadas a partir das perspectivas da sustentabilidade e da convivência. Inaugurado em dezembro de 2015 pela Prefeitura do Rio, o Museu do Amanhã é um equipamento cultural da Secretaria Municipal de Cultura, que opera sob gestão do Instituto de Desenvolvimento e Gestão (IDG). Exemplo bem-sucedido de parceria entre o poder público e a iniciativa privada, o Museu do Amanhã já recebeu mais de 4 milhões de visitantes desde a inauguração. Tendo como patrocinador máster o Banco Santander, a Shell como mantenedora e uma ampla rede de patrocinadores que inclui empresas como IBM, Engie, Lojas Americanas, Grupo Globo e Renner, o museu foi originalmente concebido pela Fundação Roberto Marinho.

SOBRE A BM PRODUÇÕES

Com múltiplas experiências no desenvolvimento de projetos no Brasil e exterior, realizou exposições em galerias e instituições culturais dos Estados Unidos, Alemanha, Espanha e em Londres. Fundou e administrou a Kunst, galeria com acervo de artistas brasileiros. Atualmente foca sua expertise em projetos de arte e tecnologia em parceria com a Dellarte Soluções Culturais.

SOBRE A YOUSE

A Youse é a plataforma de venda de seguros online da Caixa Seguradora que nasceu em 2016 como a pioneira entre as Insurtechs no Brasil. A marca carrega em seu DNA a inovação contínua para oferecer proteção e bem-estar a seus clientes com soluções tecnológicas e simples. Além de oferecer seguros para carro, casa e vida de maneira 100% online, a Youse empodera seu cliente deixando que ele escolha como, quando e onde contratar seu seguro. Disponível por meio dos sistemas Google Android, Apple iOS e Apple Watch, a empresa também conta com um time de profissionais disponíveis 24h por dia, 7 dias por semana. Acesse: www.youse.com.br

IMFUSION tem o apoio da Lei Federal de Incentivo à Cultura, com patrocínio da Youse, plataforma de venda online de seguros da Caixa Seguradora, apoio da TIVIT, e realização da BM Produções, Ministério do Turismo, Secretaria Especial da Cultura – Governo Federal.

Comentários

Deixe um Comentário

O seu endereço de email não será publicado.Campos obrigatórios estão marcados *

*