Home / Arte / Maria Jose Oliveira – “A arte como transformação”, por Edmundo Cavalcanti

Maria Jose Oliveira – “A arte como transformação”, por Edmundo Cavalcanti

Edmundo Cavalcanti é Artista Plástico, Colunista de Arte e Poeta.

Edmundo Cavalcanti é Artista Plástico, Colunista de Arte e Poeta.

1- Onde você nasceu? E qual sua formação acadêmica?

Sou Natural de São Paulo, mas moro no Rio de Janeiro há muitos anos.

Psicóloga há mais de 30 anos com várias especializações.

2- Como e quando se dá o seu primeiro contato com as Artes?

Desde criança já apresentava uma maturidade incomum, empatia e sensibilidade às emoções e sentimentos humanos. Sempre gostei de todo tipo de arte e na infância e pré-adolescência já me destacava nas disciplinas de artes plásticas e artes cênicas, participando das apresentações de dança, peças de teatro e musicais. Aprendi a tocar violão aos 13 anos.

Maria Jose Oliveira é Artista Plástica.

Maria Jose Oliveira é Artista Plástica.

3- Como surgiu ou você descobriu este dom?

Não acredito que eu tenha um dom. Apenas gosto de me expressar e conforme fui crescendo vi a necessidade de buscar conhecimentos que me ajudassem nesta expressão.

Na adolescência estudei, como autodidata, desenho artístico, fazendo Sketches para retratar os sentimentos ambíguos e as situações do cotidiano dessa época da minha vida.

4- Quais são suas principais influências?

Sou influenciada pelo estilo realista, pois gosto de abordar temas do cotidiano e da natureza.

E para retratar estes temas sou influenciada pelas pinceladas, cores e expressão das emoções dos estilos impressionista, pós impressionista, expressionista e fauvista.

5- Quais os materiais que você utiliza em suas obras?

Grafite, carvão, giz pastel, tinta a óleo e tinta acrílica sobre tela.

6- Como é o seu processo criativo em si? O que te inspira?

Meu processo criativo e de inspiração é bastante simples, geralmente observo o que está acontecendo ao meu redor e na sociedade, refletindo como estes acontecimentos nos afetam.

A partir daí decido qual mensagem quero transmitir com minha obra.

O que mais importa, para mim, é que as obras contêm alguma história, promovam alguma reflexão e estimulem o que há de melhor no ser humano: a compaixão, a generosidade, a empatia, a contemplação e o amor ao próximo, a natureza e aos animais.

7- Quando você começou efetivamente a produzir ou criar suas obras?

Em 1991, como autodidata, produzi várias pinturas abstratas, fazendo uso de cores fortes e vibrantes. Em 1995 fiz curso sobre pintura a óleo, produzindo quadros com temas florais.

Como psicóloga trabalhava em horário integral e não pude me dedicar as artes como gostaria.

Mas a partir de 2018 a dedicação passou a ser integral, onde tive a oportunidade de fazer vários cursos sobre História da arte, técnicas de pinturas inspiradas nos grandes mestres, realizar releituras e criar minhas próprias obras.

8- A arte é uma produção intelectual primorosa, onde as emoções estão inseridas no contexto da criação, porém na história da arte, vemos que muitos artistas são derivados de outros, seguindo técnicas e movimentos artísticos através do tempo, você possui algum modelo ou influência de algum artista? Quem seria?

Dentre os estilos já mencionados na pergunta número 4, os artistas que mais me influenciam são: Millet, Monet, Van Gogh, Munch e Matisse.

9- O que a arte representa para você? Se você fosse resumir em poucas palavras o significado das Artes na sua vida…

Sempre acreditei e acredito até hoje que a arte é uma forma de expressar e ressignificar pensamentos e sentimentos, podendo influenciar e transformar a vida das pessoas.

Publicidade: Banner Luiz Carlos de Andrade Lima

10- Quais as técnicas que você usa para expressar suas ideias, sentimentos e percepção acerca do mundo? (Se é através da pintura, escultura, desenho, colagem, fotografia… ou usa várias técnicas no sentido de fazer um mix de formas diferentes de arte).

Me expresso através do desenho e pintura, utilizando as técnicas e influências do impressionismo, pós-impressionismo, expressionismo e fauvismo.

11- Todo artista tem seu mentor, aquela pessoa a quem você se espelhou que te incentivou e te inspirou a seguir essa carreira, indo adiante e levando seus sonhos a outros patamares de expressão, quem é essa pessoa e como ela te introduziu no mundo das artes?

Na verdade, a arte sempre existiu dentro de mim. Nunca tive incentivo para seguir a carreira de artista. Em 2018 decidi abraçar esta carreira de forma integral e a partir daí comecei a receber apoio dos familiares e de muitos amigos queridos que conheci através da arte.

Atualmente há uma pessoa, em especial, que pela sua técnica e estilo de pintura e pelo significado que dá à arte, me inspira e me influencia bastante. Seu nome é Fabrícia Gonçalves.

Ela é arquiteta, artista plástica e idealizadora de uma escola de artes que leva seu nome em Balneário de Camboriú.

12- Você tem outra atividade além da arte? Você ministra aulas, palestras etc.?

Como psicóloga já exerci várias atividades, incluindo as de ministrar palestras, conferências etc., mas, como já dito anteriormente, decidi, a partir de 2018 a me dedicar exclusivamente às artes plásticas.

13- Suas principais exposições nacionais e internacionais e suas premiações?

1) Exposição “Arte com Contos”
Período: 12/07/2019 a 12/08/2019

Local: Balneário Camboriú – Santa Catarina – Brasil
Promoção e realização: Escola de Artes Fabrícia Gonçalves

2) Exposição: Salon Art Shopping Carrousel du Louvre (Intercâmbio Cultural Internacional de Artes)
Período: 18 a 20/10/2019
Local: Paris – França
Obs.: A obra exposta “Praia das moças em Búzios” foi premiada pela Artcom Expo (Associação Internacional de Artistas) na categoria CRIATIVIDADE

3) Exposição: I Mostra de Arte Brincadeira de Criança fase 2 & ALARP (Academiade Letras e Artes de Ribeirão Preto)
Período: 28/11 a 20/12/2019

Local: Ribeirão Preto – São Paulo
Promoção e realização: Ateliê LUCIANE LIMA Ribeirão Preto

4) Exposição: Coletiva de Arte “Mulher”
Período: 05 a 14/03/2020

Local: Centro Cultural Palace – Ribeirão Preto – São Paulo
Promoção e realização: Ateliê LUCIANE LIMA Ribeirão Preto

5) Exposição: “Essas mulheres maravilhosas”
Período: 01 a 30/03/20

Local: Campinas – São Paulo
Promoção e realização: Galeria de Artes Licia Simoneti e Marly Straciere

Participação em Exposições virtuais em função da pandemia

1) Exposição virtual CONVIDA – ART EXPO 2020 – Galeria virtual arte em Goiás
Período: em realização

Obs: Exposição de máscaras artísticas, visando registrar este momento da pandemia na história da arte.
Link: @galeriavirtualgoias

2) Exposição virtual “Entre frestas” – promovida pelo Artista visual e Acadêmico Miguel Ângelo de Ribeirão Preto – Julho/2020
Link: Ateliê Miguel Angelo

3) Exposição Coletiva virtual de arte – “Releituras” – promovida e organizada pelo Artista plástico Edmundo Cavalcanti – Raphael Art Gallery – Julho /2020
Acesse: @cavalcanti.edmundo

4) Exposição Coletiva virtual de arte – “Multiplicidade” – promovida e organizada pelo artista plástico Edmundo Cavalcanti – Raphael Art Gallery – Agosto/2020
Acesse: @cavalcanti.edmundo

5) Exposição virtual na Arte 2 – EM QUADRADOS – promovida pela Universidade Estadual do Centro-Oeste – Unicentro – Exibição de 10 a 31/08/20
Acesse: @emquadrados

6) 45a Semana de Portinari – Edição virtual 2020 Brodowski – 107 anos, de 15 a 23/08/2020, do Museu Casa de Portinari em parceria com a Prefeitura do Município.
Ateliê Coletivo – Pintando com PORTINARI – Encontro Virtual de Artistas Plásticos – Museu Casa de Portinari
Acesse: Museu Casa de Portinari – Encontro Virtual de Artistas Plásticos
Acesse o vídeo: Maria José Gonçalves Oliveira | Ateliê Coletivo – Pintando com Portinari

14- Seus planos para o futuro?

Continuar me dedicando as artes, às exposições coletivas, aos concursos de arte, fazer uma exposição individual etc. Enfim, viver de arte.

15- Em sua opinião qual é o futuro da arte brasileira e dos seus artistas? (no contexto geral) e por que tantos artistas estão dando preferência em mostrar seus trabalhos em exposições internacionais apesar dos altos custos?

A arte e os artistas brasileiros estão tendo cada vez mais espaço e credibilidade no Brasil. Quanto a tendência às exposições internacionais, sonho de todo artista, aprendi, apesar de já ter participado de uma exposição internacional, que primeiro temos que fazer nossa história aqui, solidificar nossa arte e nosso nome no País para, só assim, termos valor no mercado internacional.

Site: em elaboração.

Site/marketplace: www.smartgallery.com.br/members/maria-jose-oliveira

Facebook: EstiloeArteMaria Oliveira

Instagram: @estiloearte_maria_oficial

.

….

.

Comentários

1- Onde você nasceu? E qual sua formação acadêmica? Sou Natural de São Paulo, mas moro no Rio de Janeiro há muitos anos. Psicóloga há mais de 30 anos com várias especializações. 2- Como e quando se dá o seu primeiro contato com as Artes? Desde criança já apresentava uma maturidade incomum, empatia e sensibilidade às emoções e sentimentos humanos. Sempre gostei de todo tipo de arte e na infância e pré-adolescência já me destacava nas disciplinas de artes plásticas e artes cênicas, participando das apresentações…

Revisão Geral

Excelente!!

Sumário : Avalie a entrevista! Agradecemos sua participação!!

Avaliação do Usuário: 4.57 ( 12 votos)

Um comentário

  1. Sergio Fausto Rodrigues da Conceição Fausto Rodrigues

    Excelente trabslho. Parabéns.

Deixe um Comentário

O seu endereço de email não será publicado.Campos obrigatórios estão marcados *

*