Home / Arte / #MAS – Café Teológico apresenta: “Patrimônio Colonial Latino-americano”
#MAS – Café Teológico apresenta: “Patrimônio Colonial Latino-americano”. Divulgação.

#MAS – Café Teológico apresenta: “Patrimônio Colonial Latino-americano”

O Museu de Arte Sacra de São Paulo promove no dia 10 de outubro de 2018 o Café Teológico “Patrimônio Colonial Latino-americano “, com o Prof. Dr. Percival Tirapeli.

Neste café, veremos como anos de pesquisa podem gerar uma publicação interessante e completa – em texto e imagens agradáveis e atraentes para qualquer pessoa. Percival Tirapeli, depois de dedicar parte da sua vida a percorrer as cidades, povoações, monastérios, catedrais e capelas rurais esquecidas na América Latina, acaba de publicar sua interpretação panorâmica das duas Américas, a espanhola e a portuguesa. O espírito do barroco foi um dos denominadores comuns entre a produção artística das duas Américas, e ele mergulha nas teorias desse estilo em suas descrições sensoriais dos templos religiosos “O olhar conduz à emoção. Entre a crítica racional e o deleite da visualidade pura, sucumbe-se nesta última.

Publicidade: Banner Luiz Carlos de Andrade Lima

Essa é a uma das funções da arte barroca: deslocar o fiel do peso do corpo e lançá-lo ao voo da imaterialidade”, afirma. Nessa descrição dos espaços religiosos e dos elementos ornamentais, imaginamos a arquitetura e os elementos artísticos tal como se estivéssemos observando e percorrendo o local. Como afirma Victor Hugo Mori em seu prefácio, ler o livro “é encontrar na densa narrativa científica aqueles momentos, que por descuido involuntário, o competente professor é substituído pela figura humana – Percival – artista e poeta”.

O pesquisador percorreu os Patrimônios da Humanidade desde o México até a Patagônia, em 8 anos de idas e vindas nos antigas praças maiores das capitais latino-americanas – antigos vice-reinados de Nova Espanha, Nova Granada, do Peru e Prata, onde se encontram os palácios de governo, as catedrais e palácios episcopais. As ordens religiosas – agostinianos, dominicanos, mercedários e jesuítas – nos legaram as mais belas igrejas da América Colonial assim como as capelas dos mosteiros femininos, e, nas cidades de mineração como Potosi e Ouro Preto, o legado artístico é insuperável, com o urbanismo espontâneo.

Todo esse conteúdo e sua organização em livro será apresentada nesse Café Teológico com sessão de autógrafos.

Percival Tirapeli, 1952 (Nhandeara, SP) é professor titular de História da Arte Brasileira do Instituto de Artes da Universidade Estadual Paulista, UNESP, mestre e doutor pela ECA/USP. É autor de mais de 20 livros sobre o tema, com ênfase para o barroco e a pintura. Publicou Arquitetura e Urbanismo no Vale do Paraíba, Edições SESC/UNESP,2014, São Paulo – Artes e Etnias, 2001, Imprensa Oficial do Estado/UNESP, mesmas editoras de Arte Sacra Colonial: barroco memória viva (org.,2001) e Igrejas Paulistas: barroco e rococó, 2003, prêmio Sérgio Milliet de melhor pesquisa em artes pela Associação Brasileira de Críticos de Artes, ABCA. Pela Metalivros, As mais belas igrejas do Brasil (com Wolfgang Pfeiffer, 1999), Patrimônio da Humanidade no Brasil (2000), Festas de Fé, (2003). Igrejas Barrocas do Brasil (2008). Pela Arte Integrada/UNESP, I e II Patrimônio Sacro na América Latina (2015 e 2017). No prelo, Arte dos Jesuítas na América Latina (Edições Loyola, 2019). Como curador de exposições e autor de catálogos: Arte Sacra – gênese da fé no novo mundo (Palácio Bandeirantes, 2007), Fragmentos: coleções de Rafael Schunk e Museu de Arte Sacra (MAS) de São Paulo (2016), Oratórios Barrocos na Coleção Cristiane e Ary Casagrande e Vestes Sagradas (ambas 2011), todas no MAS. Tem proferido palestras sobre arte brasileira em Sevilha, Carmona, Burgos, Salamanca, Santa Cruz (Tenerife), Lisboa, Rouen, Bergen, México, Bogotá, Assunção, e em inúmeros congressos no Brasil e no exterior. Foi vice-presidente da ABCA e diretor de projetos especiais no ICOMOS/BRASI, e é conselheiro titular do Acervo Artístico dos Palácios do Governo de São Paulo e do CONDEPHAAT. Como artista plástico participou de duas Bienais Internacionais de São Paulo (1977/1985), e sua biografia está publicada em: Arte sobre Arte – depoimentos na obra de Percival Tirapeli (Arte Integrada, 2015). Em 2018 publicou Patrimônio Colonial Latino-Americano, pelas Edições SESC.

Quando: Quarta-feira, 10 de outubro de 2018
Horário: 17h
Tema: Patrimônio Colonial Latino-americano
Palestrante: Prof. Dr. Percival Tirapeli
Inscrição: não é necessária a inscrição, vagas limitadas, entrada por ordem de chegada
Informações: c/ Fátima Paulino no telefone (11)5627-5393
Número de vagas: 50 lugares
Atividade Gratuita

Comentários

Deixe um Comentário

O seu endereço de email não será publicado.Campos obrigatórios estão marcados *

*