Home / Arte / Mostra CineCidades traz filmes que apostam na pluralidade da cidade do Rio de Janeiro
Mostra CineCidades. Divulgação.
Mostra CineCidades. Divulgação.

Mostra CineCidades traz filmes que apostam na pluralidade da cidade do Rio de Janeiro

Mostra CineCidades traz olhar contemporâneo e plural de novos diretores sobre a cidade do Rio de Janeiro.

Parte da programação 2021 do Rolé Carioca – plataforma multifacetada de cultura e conhecimento sobre a cidade – a Mostra CineCidades traz um panorama das narrativas audiovisuais que versam sobre a cidade do Rio de Janeiro a partir dos anos 2000.

Publicidade: Banner Luiz Carlos de Andrade Lima

A Mostra, gratuita e 100% online, estreia no dia 09 de março (terça-feira) e vai até 25 de março, apostando na diversidade e na discussão de temáticas urbanas a partir do olhar de uma safra de novos diretores – alguns em seus filmes de estreia, outros com várias realizações no currículo.

Com a curadoria do cineasta Emílio Domingos, serão exibidos 17 documentários – entre curtas e longas metragens – que retratam as múltiplas facetas da cidade e abordam assuntos como cultura, tradições, religiosidade, política, patrimônio, memória e identidade no Rio de Janeiro.

A Mostra CineCidades é dividida em sessões temáticas e terá dez debates com diretores e produtores dos filmes exibidos – todos às 19 horas, ao vivo, traduzidos em libras e transmitidos pelos perfis do Rolé Carioca no Facebook (www.facebook.com/RoleCarioca) e no YouTube (www.youtube.com/RoleCarioca). Serão três semanas de programação, com os filmes disponíveis no canal Vimeo da Mostra durante a semana de cada sessão: vimeo.com/cinecidades

Na programação, um Rio de alegrias, contradições e desigualdades

Na primeira semana (de 09 a 15/03), a mostra apresenta o novo ritmo dos bailes funk em 150BPM – o ritmo louco, passando pela ocupação cultural do viaduto de Madureira em 6 por 20 e pelo Batuque na Cozinha das tias do samba carioca, mergulhando no universo dos Clóvis do subúrbio em Carnaval, bexiga, funk e sombrinha. A programação volta os olhares para desafios e alegrias da devoção, com os filmes Nosso Sagrado, Uma festa para Jorge e Fé e Fúria e fecha a semana com uma reflexão sobre o um Rio que não existe mais em Crônica da Demolição. Os debates da primeira semana acontecem entre 9 e 12 de março.

O percurso continua, entre 16 e 22/03, Carioca era um Rio – sobre o rio que dá nome aos habitantes da cidade, seguindo para o grito das ruas em Vozerio. Finalizando a Sessão 2, o direito à rua, à cidade será debatido na sessão que traz os curtas Cidade Partida, Camelôs e À margem das torres. Os debates da segunda semana acontecem entre 16 e 18 de março.

Na semana final, a mostra investiga as origens do “ser carioca”, a malemolência e a malandragem, em Cidade Invisível. O reflexo dessa “alma” no imaginário de estrangeiros que fazem tours pelas favelas do Rio está Em busca de um lugar comum. A mostra termina com a dor e a delícia do esporte nacional em Copa Vidigal e O Maraca é nosso! Os debates da terceira semana acontecem entre 23 e 25 de março.

A Mostra CineCidades é uma realização da Toca o Barco Produções e do Estúdio M’Baraká e faz parte do calendário de estreia da programação do nono ano do Rolé Carioca – projeto que trata da memória, história e identidade carioca desde 2013. Em sua primeira edição, a Mostra CineCidades é realizada com o patrocínio da lei Aldir Blanc, pela Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Rio de Janeiro.

Mais informações em www.rolecarioca.com.br/cinecidades

Sobre o Rolé Carioca

Projeto multiplataforma de cultura e conhecimento sobre o Rio de Janeiro, o Rolé Carioca agrega um rico acervo de histórias, curiosidades, fatos e personagens coletados em quase uma década dedicada às pessoas, à memória e à cultura da cidade.

Criado em 2013 a partir de passeios presenciais por diferentes roteiros, contando histórias sobre o Rio e seus personagens, o Rolé Carioca expande sua atuação em 2021 se dedicando a ouvir histórias de moradores e trazer reflexões sobre o espaço urbano por meio de ações como o Mapa de Memórias e o webseminário Papo de Rolé, além da Mostra CineCidades – mesclando programação virtual e presencial, adaptada ao momento de pandemia.

Por sua metodologia, abrangência e relevância, o Rolé Carioca foi um dos vencedores de 2019 do prêmio Rodrigo Melo Franco de Andrade, concedido pelo IPHAN a iniciativas de preservação e difusão do patrimônio histórico e cultural.

Conheça mais sobre o projeto:
Site: www.rolecarioca.com.br
Facebook: /RoleCarioca
Instagram: @rolecarioca
YouTube: /RoleCarioca

Deixe um Comentário

O seu endereço de email não será publicado.Campos obrigatórios estão marcados *

*