Home / Arte / No próximo sábado, 27/8, CEU São Rafael recebe concertos da Orquestra Sinfônica Municipal e do Coro Lírico executando grandes obras clássicas, com destaque para piano e voz

No próximo sábado, 27/8, CEU São Rafael recebe concertos da Orquestra Sinfônica Municipal e do Coro Lírico executando grandes obras clássicas, com destaque para piano e voz

O projeto Municipal Circula, ação itinerante do Theatro Municipal de São Paulo, apresenta, junto aos concertos de seus corpos artísticos, espetáculo da Orquestra de Samba e Choro de São Mateus




São Paulo, 22 de agosto de 2022 – No mês de agosto, o Theatro Municipal de São Paulo, com o compromisso de ampliar e promover o acesso à sua programação, realiza mais uma grande apresentação do projeto Municipal Circula, que busca levar seus corpos artísticos a diversos espaços culturais nas periferias da cidade. No sábado, 27 de junho, às 11h, o espaço que abriga o espetáculo é o CEU São Rafael, que recebe dois concertos gratuitos, um da Orquestra Sinfônica Municipal e outro do Coro Lírico Municipal. A abertura do evento ficará por conta da Orquestra de Samba e Choro de São Mateus, que toca clássicos do choro, samba e bossa-nova.

Os solistas e os programas para as apresentações trarão um repertório especial para os amantes da música clássica e, também, para os que estão querendo conhecer grandes clássicos, entre árias e compositores. Na Orquestra Sinfônica Municipal, destaque para a pianista Cecília Moita e para as harpistas Jennifer Campbell e Paola Baron, que executam um programa que inclui a Peer Gynt Suite nº1 (10’) (I. Morning Mood, III. Anitra’s Dance e V. In the Hall of the Mountain King), do compositor norueguês Edvard Grieg; Parvis (6’), do Francês Bernard Andres; Intermezzo – Manon Lescaut (5’), do italiano Giacomo Puccini; Satin Doll (2’30”’), dos pianistas de jazz americanos Duke Ellington e Billy Strayhorn; Trout (arr. John Thomas) (2’30”), do austríaco Franz Schubert; Sonata in Ré (3’40”), do pianista espanhol Isaac Albéniz; Danza nº1 de La Vida Breve (4’), do também espanhol Manuel De Falla e March from the Love of Three Oranges (1’40’’), do compositor russo Sergei Prokofiev.




Já o Coro Lírico Municipal leva ao concerto a contralto Magda Painno; a soprano Caroline De Comi; o barítono Sebastião Teixeira; o tenor Miguel Geraldi e, ao piano, Marcos Aragoni. O programa vai contar com Largo al Factotum (ária da ópera O BARBEIRO DE SEVILHA), do italiano Gioachino Rossini; Habanera (ária da ópera CARMEN), do francês Georges Bizet; La donna è mobile (ária da ópera RIGOLETTO), Un dì, se ben rammentomi… Bella figlia dell’amore (quarteto da ópera RIGOLETTO) e Brindisi –  I. “Libiamo, ne’ lieti calici” (dueto da ópera La Traviata), do compositor Giuseppe Verdi e Der Hölle Rache kocht in meinem Herzen (ária da ópera A FLAUTA MÁGICA), do compositor austríaco Wolfgang Amadeus Mozart.

Como parte do projeto, ao longo do mês haverá exibições do filme Pedro e o Lobo, com a Giramundo Teatro de Bonecos e a Orquestra Experimental de Repertório, em instituições, ONGs, CEUs, CCAs e coletivos do bairro do Ipiranga que atendem prioritariamente o público infanto-juvenil.

Projeto Municipal Circula Com o intuito de promover o acesso às criações artísticas do Theatro Municipal à periferia, o projeto Municipal Circula promove a circulação dos Corpos Artísticos do Theatro Municipal em várias regiões da cidade. O projeto consiste em apresentações gratuitas que acontecem até novembro de 2022 em várias instituições de diferentes bairros de São Paulo, e também no intercâmbio entre os artistas locais e artistas do Theatro. A programação conta com apresentações da Orquestra Sinfônica Municipal, Orquestra Experimental de Repertório, Balé da Cidade de São Paulo, Coral Lírico, Coral Paulistano, Quarteto de Cordas da Cidade de São Paulo e convidados especiais, seguidas de exibições da animação Pedro e o Lobo, com a Giramundo Teatro de Bonecos e a Orquestra Experimental de Repertório e encontros de troca de experiências entre os corpos artísticos e os artistas locais.

Receba Notícias de Exposições e Eventos em geral em nosso grupo de Whatsapp!
*Só nós postamos no grupo, então não há spam! Pode vir tranquilo.

SERVIÇO

Concerto da Orquestra Sinfônica Municipal e do Coro Lírico

Abertura: Orquestra de Samba e Choro de São Mateus
Sábado, 27/08
Local: CEU São Rafael 
Horário: 11h
R. Cinira Polonio, 100 – Conj. Promorar Rio Claro, São Paulo/SP

SOBRE O COMPLEXO THEATRO MUNICIPAL DE SÃO PAULO

O Theatro Municipal de São Paulo é um equipamento da Prefeitura da Cidade de São Paulo ligado à Secretaria Municipal de Cultura e à Fundação Theatro Municipal de São Paulo.

O edifício do Theatro Municipal de São Paulo, assinado pelo escritório Ramos de Azevedo em colaboração com os italianos Claudio Rossi e Domiziano Rossi, foi inaugurado em 12 de setembro de 1911. Trata-se de um edifício histórico, patrimônio tombado, intrinsecamente ligado ao aperfeiçoamento da música, da dança e da ópera no Brasil. O Theatro Municipal de São Paulo abrange um importante patrimônio arquitetônico, corpos artísticos permanentes e é vocacionado à ópera, à música sinfônica orquestral e coral, à dança contemporânea e aberto a múltiplas linguagens conectadas com o mundo atual (teatro, cinema, literatura, música contemporânea, moda, música popular, outras linguagens do corpo, dentre outras). Oferece diversidade de programação e busca atrair um público variado.

Além do edifício do Theatro, o Complexo Theatro Municipal também conta com o edifício da Praça das Artes, concebido para ser sede dos Corpos Artísticos e da Escola de Dança e da Escola Municipal de Música de São Paulo.

Sua concepção teve como premissa desenhar uma área que abraçasse o antigo prédio tombado do Conservatório Dramático e Musical de São Paulo e que constituísse um edifício moderno e uma praça aberta ao público que circula na área.

Inaugurado em dezembro de 2012 em uma área de 29 mil m², o projeto vencedor dos prêmios APCA e ICON AWARDS é resultado da parceria do arquiteto Marcos Cartum (Núcleo de Projetos de Equipamentos Culturais da Secretaria da Cultura) com o escritório paulistano Brasil Arquitetura, de Francisco Fanucci e Marcelo Ferraz.

SOBRE A SUSTENIDOS

A Sustenidos é a organização responsável pela gestão do Conservatório Dramático e Musical de Tatuí e do Theatro Municipal de São Paulo, dos programas Musicou, Som na Estrada, e MOVE (Musicians and Organizers Volunteer Exchange); e pelos festivais Ethno Brazil e Imagine. Foi responsável pela gestão do Projeto Guri, programa de ensino musical, no litoral e no interior do Estado de São Paulo, incluindo os polos da Fundação CASA, de 2004 a 2021. Além do Governo de São Paulo, a Sustenidos, eleita a Melhor ONG de Cultura de 2018, conta com o apoio de prefeituras, organizações sociais, empresas e pessoas físicas. Instituições interessadas em investir na Sustenidos, contribuindo para o desenvolvimento integral de crianças e adolescentes, têm suporte fiscal da Lei Federal de Incentivo à Cultura e do Fundo Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente (FUMCAD). Pessoas físicas também podem ajudar. Saiba como contribuir no site da Sustenidos.

Patrocinadores e apoiadores do Theatro Municipal de São Paulo – Sustenidos: Nubank, Bradesco e Visa

Patrocinadores Institucionais da Sustenidos: Microsoft e VISA Patrocinador do Projeto Municipal Circula: Nubank

Deixe um Comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *

*