Home / Arte / Poltronas: como combiná-las com o ambiente?
Poltronas: como combiná-las com o ambiente?. Foto: Sala de tv foto criado por vanitjan - br.freepik.com.
Poltronas: como combiná-las com o ambiente?. Foto: Sala de tv foto criado por vanitjan - br.freepik.com.

Poltronas: como combiná-las com o ambiente?

A grande vantagem de colocar poltronas dentro de um ambiente é que elas possuem a capacidade de se adaptar tanto em lugares pequenos, quanto em lugares grandes. As cores? Você vai se deparar com várias opções, desde a poltrona mais colorida, até as mais neutras.

As ideias para inserir uma poltrona dentro da sua decoração são infinitas, e o melhor de tudo é que ela consegue trazer um conforto indiscutível para as pessoas que irão frequentar o ambiente.

Por sua natureza, a poltrona sempre arranja um jeito de marcar a sua presença, mesmo que ele esteja naquele canto da sala, ou mesmo dentro do seu quarto.





O mesmo vale para um tapete de vinil em rolo que são comercializados, geralmente por lojas que são dedicadas à decoração de casas. Essa opção, por exemplo, dependendo do ambiente, consegue dar um ótimo destaque na composição dos decorativos, tornando o local ainda mais original.

O tapete de vinil, quando escolhido, traz ainda mais personalidade para o seu ambiente, visto que você pode personalizá-lo da maneira que quiser.

Até aqui, entendemos como a poltrona pode contribuir para o conforto e a decoração do ambiente, contudo, quais são as maneiras certas de inseri-la como um decorativo?

Diante dessa dúvida, levantamos alguns itens que você deve levar em consideração na hora de escolher a sua poltrona.

Atenção ao tamanho

Inicialmente, você deve estar atento às medidas da poltrona. O recomendado é que as dimensões deixem um espaço de no mínimo 80 cm para circulação.

Pense que a sua poltrona deve ser posicionada em lugares estratégicos, da mesma forma que acontece com outros decorativos. Na decoração da sua casa, você pode optar por procurar uma fábrica de capachos personalizados, escolher a que mais diz sobre a sua personalidade e posicionar logo na entrada.

Ou seja, do mesmo modo que um capacho deve ser posicionado já na entrada de uma casa, a poltrona deve estar posicionada em um local onde as pessoas querem ter um conforto maior.

Não esqueça da utilidade

Quando você for escolher o estofado, pense primeiro na utilidade que a poltrona irá proporcionar.

Ao mesmo tempo, você não pode esquecer o conceito da sua decoração, por exemplo, você pode estar investindo em uma mais conectada com a natureza, contratando uma empresa de jardinagem Ribeirao Preto e escolhendo uma poltrona que puxa mais para o lado formal.

Esse contraste, naturalmente, pode comprometer a sua decoração, portanto nunca esqueça o conceito dos seus itens de decoração.

Caso ela fique localizada na sua sala de estar, por exemplo, a poltrona pode ser de estofado mais firme para que as visitas sejam recebidas da melhor forma possível.

Já na sala de TV, o ideal é que o conforto seja a maior prioridade, com um estofado mais macio. Considere comprar algumas cortinas em lona, visto que elas ainda conseguem deixar o visual mais bonito, e além disso trazer uma sensação de aconchego para as pessoas que estarão no local.

No quarto, as poltronas podem ser reclináveis, caso ela ocupe o espaço de leitura do cômodo. Elas também podem vir acompanhadas de banquetas para que os pés fiquem apoiados, proporcionando um conforto maior.

Quando você decide colocar uma poltrona em ambientes corporativos, considere contratar uma empresa terceirizada de limpeza de escritório, já que com a adição do móvel pode tornar o espaço mais complexo para as devidas higienizações.

Se elas forem compradas pensando em ser um suporte para trocas de sapatos e de roupas, o recomendado é que você escolha um estofado mais firme.

Escolha a cor e a sua textura

Nessa parte, você precisa observar as cores que predominam no ambiente em que deseja colocar a poltrona. Caso a base seja de tons lisos, você pode escolher uma poltrona revestida com um tecido estampado e torná-la o ponto de cor do seu ambiente.

Se a sua sala for composta por cores vibrantes, vale a pena escolher uma cor complementar para a poltrona.

Posteriormente, você pode procurar por uma empresa de lavagem de persianas para que eles possam cuidar da higienização completa das janelas para que o seu cômodo fique em seu melhor estado.

As texturas são fundamentais para ajudar na escolha do material que será usado para fazer a poltrona. Por exemplo, se o seu sofá é de couro, você pode investir em uma poltrona feita de algodão ou em linho.

Posicione-o adequadamente

Na hora de posicionar a sua poltrona, considere usar a tática do círculo visual. Na prática, ela consiste em dispor os móveis em um círculo ou semicírculo, de forma que quem sente no sofá, consiga conversar com a pessoa que está na poltrona.

O mais importante no posicionamento da poltrona é que a posição dos móveis forme um espaço delimitado, de modo que favoreça a operação de uma empresa de raspagem de pisos de madeira, isso se o ambiente precisar.

Se a sua sala tiver dimensões amplas, você pode considerar a ideia de colocar duas poltronas similares, posicionadas uma ao lado da outra.

No quarto, as poltronas podem ser posicionadas em um canto, de modo que ela seja usada como um apoio para troca de sapatos ou roupas.

Quando os móveis são posicionados estrategicamente no círculo visual, automaticamente promovem uma sensação de aconchego entre as esquadrias de alumínio portas e janelas, incluindo também todas as outras partes do ambiente.

Tipos de poltrona

Para te ajudar na escolha das poltronas, vamos agora citar os principais tipos desse decorativo para que você possa escolher a que mais lhe agrade e combine com o seu cômodo.

Poltrona Charles Eames

Esse tipo de poltrona é uma das mais requisitadas na composição de uma decoração, já que apresenta um design clássico e é muito confortável.

Criada pelo designer Charles Eames em 1956, a poltrona hoje ainda é comercializada e vendida respeitando as medidas, acabamentos e características do modelo que foi desenvolvido na década de 1950.

Poltrona Barcelona

A poltrona Barcelona é outra opção que se encontra no topo da lista das poltrona decorativas. Considerada também como uma das mais procuradas, esse tipo de poltrona é visto como símbolo de modernidade e foi toda desenhada por Mies Van der Rohe e Lily Reich, no ano de 1929.

No caso, há duas versões existentes para essa poltrona. Alguns acreditam que ela foi feita para a Exposição Internacional de Barcelona.

Em contrapartida, outros afirmam que o assento foi criado para o rei e a rainha da Espanha. Contudo, independente da sua finalidade, a poltrona se tornou um verdadeiro sucesso no mercado.

Poltrona Le Corbusier

Aproveitando que os primeiros tipos são históricas, é inevitável não citar a Le Corbusier. A poltrona, curiosamente, também foi projetada no início da década de 1920, mais precisamente em 1928, e leva o nome de um dos arquitetos que contribuiu com os estudos do uso do metal tubular em decorações.

O resultado desse estudo foi o desenvolvimento de vários sofás que tornaram-se cada vez mais confortáveis e contam com um visual moderno.

Poltrona Florença

A poltrona Florença, dentre os tipos que já foram citados até agora, é uma das mais clássicas.

O seu design conta com elementos mais ousados e com cores geralmente mais fortes. A poltrona costuma ser encontrada para compra junto com o puff, o que dá um charme a mais na decoração.

Seguindo a ideia de colocar poltronas clássicas, mas ao mesmo tempo modernas, você pode conferir os seguintes tipos:

  • Poltrona Vladimir Kagan;
  • Poltrona Egg;
  • Poltrona Swan;
  • Poltrona Bertoia.

Todas elas têm estilos diferentes que combinam com diversos ambientes, desde os com uma pegada mais clássica, industrial ou moderna, basta você escolher o modelo que mais gosta e que mais combine com o seu cômodo.

Ambientes para uma poltrona

Como dito no início deste artigo, uma poltrona consegue ser posicionada praticamente em qualquer lugar. Entretanto, há lugares mais propícios para esse decorativo.

Espaço ampliado

Quando você coloca uma poltrona em um espaço, não é exagerado dizer que elas conseguem deixar o ambiente mais amplo, principalmente quando o local já é naturalmente espaçoso.

Projetos que seguem esse tipo de conceito mostram que até tons de cores diferentes podem ser trabalhados em harmonia.

Para ampliar a roda

Quando o morador aposta em uma poltrona para decorar a sua sala, é fato que o cômodo se torna ainda mais útil, visto que ele terá mais lugares para as pessoas sentarem.

Ao contrário do sofá, pelo fato de ser grande, a poltrona dá mais possibilidade de mudança no ambiente, proporcionando sempre mais espaço.

Ambiente de estudo

Por fim, considere usar a poltrona no seu ambiente de estudo. Vale lembrar que, na hora de escolher o modelo, é preciso considerar o conforto que ela é capaz de proporcionar a você.

Além disso, ela pode moldar a sua postura, já que os estudos em sua grande maioria demandam várias horas.

É essencial que você tenha em mente que o propósito da poltrona não é ser um convite para uma cochilada ou relaxada, e sim proporcionar um conforto maior para que a sua mente possa trabalhar da melhor maneira possível.

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

Deixe um Comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *

*