Home / Arte / Portfólio da plataforma on-line da Galeria São Paulo Flutuante chega ao mercado com 16 artistas selecionados pela marchande Regina Boni e por seu sócio, o artista multimídia Manu Maltez
Fachada no novo espaço cultural que será inaugurado na Barra Funda. Foto: Divulgação.
Fachada no novo espaço cultural que será inaugurado na Barra Funda. Foto: Divulgação.

Portfólio da plataforma on-line da Galeria São Paulo Flutuante chega ao mercado com 16 artistas selecionados pela marchande Regina Boni e por seu sócio, o artista multimídia Manu Maltez

A inauguração da Galeria São Paulo Flutuante – o novo espaço dedicado às artes plásticas da marchande Regina Boni e de seu sócio, o artista multimídia Manu Maltez – vai ocorrer em fevereiro de 2021. No entanto, a plataforma de vendas on-line já está em plena atividade. Em comum, tanto o antigo galpão da Barra Funda que se transformou para acolher exposições, shows e performances quanto o canal digital exemplificam a postura de seus idealizadores, que sinaliza, claramente, a adoção de uma nova visão para esse segmento que se desfaz, segundo eles, dos laços arcaicos que sempre dominaram a relação entre artistas e público.

Publicidade: Banner Luiz Carlos de Andrade Lima

“A plataforma digital dá um alcance e uma visibilidade em nível nacional extremamente ampla, democratizando o acesso à arte e à produção artística, pois utiliza uma linguagem que promove o diálogo entre artistas e o público em um exemplo de renovação do conceito de venda on-line com uma proposta moderna de realização cultural”, afirma Regina.

Em seu start, o novo canal de vendas de obras de arte da Galeria São Paulo Flutuante reúne em seu portfólio 16 artistas que, em conjunto, representam a produção artística por meio de diferentes linguagens e gerações de talentos brasileiros – como Ângela Leite, Gregorio Gruber, Luiz Paulo Bavarelli, Mauricio Parra, Evandro Carlos Jardim, Rafael Kenji e Danielle Noronha, entre outros. A intenção, porém, é ampliar esse número. Quanto aos valores de comercialização das obras, oscilam entre R$ 120 e R$ 20 mil e são entregues em todo o Brasil.

Colecionismo

O canal também traz como atrativo a seção Mercado Secundário, a qual foi concebida tendo em vista que há uma quantidade expressiva de obras de arte de qualidade indiscutível e de valor superior do ponto de vista mercadológico que está nas mãos de grandes colecionadores. “Estas coleções não são engessadas, mas sofrem mudanças de rumo que resultam no surgimento de obras à venda. O Mercado Secundário se propõe, justamente, a aproximar a oferta dos colecionadores ao interesse dos investidores e amantes da arte e de peças especiais, que agora podem ser conhecidas em nível nacional e negociadas neste site”, diz a marchande, que não disfarça seu contentamento com esse retorno ao mercado. “Quero caminhar em outras realidades, transitar por outras propostas estéticas, acolher um novo público e praticar novos preços”, diz.

PLATAFORMA DE VENDAS ON-LINE DA GALERIA SÃO PAULO FLUTUANTE
Site: www.saopauloflutuante.com
Instagram: @sp_flutuante
Facebook: spflutuante

Deixe um Comentário

O seu endereço de email não será publicado.Campos obrigatórios estão marcados *

*