Home / Arte / Premiado casal de artistas Feres Khoury e Luise Weiss lança video em projeto do MNBA nesta sexta, 13 novembro, às 16h
Projeto Arte em Diálogo – Na Quarentena, flyer. Divulgação.
Projeto Arte em Diálogo – Na Quarentena, flyer. Divulgação.

Premiado casal de artistas Feres Khoury e Luise Weiss lança video em projeto do MNBA nesta sexta, 13 novembro, às 16h

Lembranças familiares e o imaginário da tradição são alguns dos temas desenvolvidos pelo premiado casal de artistas Feres Khoury e Luise Weiss. Agora, o processo individual de criação da dupla poderá ser conferido nesta sexta, 13 de novembro, às 16h, em video a ser lançado no Projeto Arte em Diálogo – Na Quarentena, e exibido nas redes sociais do Museu Nacional de Belas Artes.

Publicidade: Banner Luiz Carlos de Andrade Lima

Feres Khoury circula pelas Artes, Arquitetura e Design, com ênfase na pintura, gravura, livros de artista e gravura. Nascido em Urupês(SP, 1951), o artista é formado em arquitetura, com doutorado em Póetica Visuais pela Universidade de São Paulo. Atualmente é professor livre docente na USP.

Sua pesquisa científica envereda pelo relacionamento entre imagem e texto, livros de artista, apresentadas em forma de caligrafias, monotipias e técnicas correlatas, provocando assim um rico imaginário inserido na tradição e no diálogo da imagem e texto poético: uma poesia interagindo na imagem.

Feres freqüentou os ateliês de Luís Dotto, Renina Katz, Sérgio Fingermann e Rubens Matuck. Desde os anos 1970 participa de exposições, em espaços como o MAC-USP, MASP, Itaú Cultural(em SP), Santander Cultural(RS), e Paço Imperial(RJ), como também na Itália, Argentina, Holanda, EUA, Portugal, etc.

Artista Multipremiado, tendo produzido várias publicações, Feres Khoury produziu obras que complementam acervos como os do Museu de Arte Contemporânea-USP, MNBA, MASP, Instituto Cultural Itau e o MAM-SP.

Enquanto isso, sua esposa, a artista Luise Weiss, leciona linguagem gráfica – desenho, gravura e fotografia – na graduação e pós-graduação da Universidade de Campinas (UNICAMP), sendo livre docente em Poéticas Visuais pela UNICAMP.

Colecionadora de lembranças visuais, ela estampa em seu trabalho plenitude expressiva, partindo de sua própria história, viajando em busca de sua origem, não para reconstituí-la, mas para dar vida a imagem e torna-la visível e tangível.

Os trabalhos recentes de Luise Weiss demonstram sua plenitude expressiva e nos afetam profundamente. Seu pensamento visual atravessa vários domínios: gravura, fotografia, desenho e pintura, objeto” encontrado” e reconstruído.

A paulista Luise traça um caminho de volta a Europa Central, perseguindo indícios de memórias familiares. Deixa-se guiar pelas imagens guardadas, itinera pelos sítios registrados nas velhas fotografias.

Entre individuais e coletivas, suas obras já foram expostas em espaços no Brasil e no exterior, como a Galeria de Arte Unicamp(SP), no MASP e na Estação Pinacoteca(ambas em SP), no Museu do Holocausto de Curitiba(PR), etc.

O Museu Nacional de n Artes/IBRAM, desenvolveu o projeto Arte em Diálogo – Na Quarentena, para proporcionar aos artistas contemporâneos e à sociedade civil uma interação afetiva e reflexiva, neste difícil momento de isolamento social.

Facebook: www.facebook.com/MNBARio
Instagram: www.instagram.com/mnbario
Inscreva-se no Canal do Youtube: MNBARio

Deixe um Comentário

O seu endereço de email não será publicado.Campos obrigatórios estão marcados *

*