Home / Arte / Projeto leva música gratuita e de qualidade as Ruas da Cidadania
Rua da Cidadania do Boqueirão. Foto: Divulgação.
Rua da Cidadania do Boqueirão. Foto: Divulgação.

Projeto leva música gratuita e de qualidade as Ruas da Cidadania

Compositores paranaenses são os destaques em apresentações nas 10 Regionais

A música clássica vai envolver as Ruas da Cidadania nos meses de outubro e novembro. São 10 apresentações gratuitas e abertas para a comunidade, uma em cada Regional Administrativa. Os concertos têm direção artística de Vitor Andrade e acontecem dentro do projeto Composições Paranaenses: a música pede passagem.

A primeira apresentação será na Rua da Cidadania do Carmo, dia 14 de outubro, às 16h. Além do público livre, também participam alunos de escolas da Rede Pública de Ensino, como forma de democratizar o acesso à música clássica e incentivar a formação de plateia nas salas de concerto.

A ocupação do espaço será reduzida e todos os protocolos sanitários contra a covid-19 serão respeitados, de acordo com as orientações das autoridades de saúde pública.

Repertório

Henrique de Curitiba. Foto: Divulgação.

Henrique de Curitiba. Foto: Divulgação.

Obras de Bento Mossurunga (1879-1970), Henrique de Curitiba (1934-2008) e Alceo Bocchino (1918-2013) serão executadas por cinco músicos reconhecidos na cidade e com ampla experiência no Brasil e exterior. “Foram escolhidos compositores que fizeram história e hoje são referência de música clássica aqui no Estado. Precisamos passar para frente esse legado! ”, explica o diretor artístico.

Com duração de uma hora, foram selecionadas para o repertório as obras mais relevantes de cada compositor. De Mossurunga, Ondas do Iapó, Tristeza do Pinheiro e Devaneio. Seguido por 6 Poemas de Helena Kolody e Suite Brasileira, de Henrique de Curitiba e encerra-se com Canção de Inverno e Modinha e Fuga, de Bocchino.

O grupo é formado pela soprano Luciana Melamed e um quarteto de cordas com violinos de Ricardo Molter e Vitor Andrade, viola de Daniel Mendes e violoncelo de Samuel Pessatti.

Após os concertos nas Regionais, o grupo ainda faz apresentações em asilos da cidade, levando a população de outras faixas etárias o reencontro com a música.

Projeto

Este projeto visa a descentralização das apresentações de música clássica, incentiva o acesso e a divulgação de artistas paranaenses. “Por meio destas ações buscamos instigar as pessoas o contato com a música clássica”, afirma Vitor.

Com os concertos nas Ruas da Cidadania as ações culturais ficam mais próximas do público em geral. Essa facilidade fomenta a escuta e propicia através de momentos prazerosos e descontraídos o encontro com obras de grandes autores paranaenses.

Composições Paranaenses: a música pede passagem é um projeto produzido por meio da lei municipal de incentivo à cultura da Fundação Cultural de Curitiba e da Prefeitura de Curitiba, e incentivo do Colégio Positivo.

Deixe um Comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *

*