Home / Arte / Revista Traços inicia ação de “Embaixadores” do projeto e lança venda digital
Revista Traços, Porta-Vozes da Cultura. Divulgação.

Revista Traços inicia ação de “Embaixadores” do projeto e lança venda digital

Ações buscam minimizar o impacto da crise na vida dos Porta-Vozes da Cultura

Você já sabe: os responsáveis por fazer que a Revista Traços chegue até os leitores são os Porta-Vozes da Cultura. Pessoas que, antes de conhecerem a Traços, estavam em situação de rua ou extrema vulnerabilidade. E neste momento de combate à pandemia do coronavírus, o esforço para manter a saúde dos Porta-Vozes em dia é contínuo. Por isso, eles não estão em circulação nas ruas de Brasília. Estão em isolamento domiciliar, na residência de familiares, em casas de passagem ou em comunidades terapêuticas.

Publicidade: Banner Luiz Carlos de Andrade Lima

“O período é muito delicado, a normalização do funcionamento de bares, restaurantes e espaços culturais ainda é muita incerta. Isso impacta diretamente o trabalho dos Porta-Vozes da Cultura. E eles são a parte mais frágil, muitos estão no grupo de risco do coronavírus, com a saúde fragilizada devido à vivência nas ruas. E é com a renda gerada pela venda da revista que eles arcam com os gastos básicos, como aluguel e alimentação. Então, o esforço da nossa equipe é para minimizar o impacto na vida dessas pessoas e continuar gerando uma renda mínima, que possibilite que eles enfrentem com dignidade essa situação”, explica Michelle Cano, coordenadora geral do projeto.

Seja um Embaixador da Traços

A ideia é que moradoras e moradores de condomínios e síndicos de prédio se organizem para atuar como vendedores da revista neste momento delicado, fazendo compras coletivas e distribuição para grupos próximos, utilizando as caixinhas de correio, por exemplo. O chamamento é para que pessoas fora do grupo de risco representem os Porta-Vozes neste momento. Os pedidos devem ser de no mínimo 10 exemplares, e a equipe da Traços fará a entregas para os Embaixadores.

Outras ações

Para quem gosta e quer continuar apoiando o projeto é a compra da versão digital pelo site da Revista Traços. A edição nº 38, de março de 2020, será a primeira a ter o conteúdo disponibilizado para compra e leitura digital. A ação permite que pessoas de outros estados também tenham acesso à publicação, que já conquistou os brasilienses com seus textos de qualidade e imagens surpreendentes. Acompanhamento SocialDe forma emergencial, os Porta-Vozes da Cultura receberam, nos últimos dias, kits para higiene e prevenção, com frasco de álcool em gel, sabonete líquido e máscara (para eventual necessidade), além de cesta básico e ajuda de custo. O time de atendimento social mantém contato diário com todos os Porta-Vozes. Por meio de vídeos, eles recebem informações e recomendações para enfrentar este período e tentar driblar um pouco da solidão. #TraçosTransforma

A Revista Traços alia duas características que a tornam única em Brasília: inclusão social por meio de um acompanhamento robusto e informação de qualidade sobre cultura e arte. Nos últimos quatro anos, em média, a Traços ajudou uma pessoa por semana a sair da extrema pobreza. Já são cerca de 280 Porta-Vozes da Cultura beneficiados pelo projeto.

Comentários

Deixe um Comentário

O seu endereço de email não será publicado.Campos obrigatórios estão marcados *

*