Home / Arte / ROBERTO RANGEL – Exposição de Esculturas
Convite exposição. Divulgação.

ROBERTO RANGEL – Exposição de Esculturas

De 04 de Fevereiro a 16 de Março, na Biblioteca Pública Estadual de Minas Gerais

Belo Horizonte receberá, em fevereiro e março de 2019, a Exposição de Esculturas de Roberto Rangel, composta por um acervo de cerca de 30 esculturas, produzidas em madeiras, mármore, pedra sabão e bronze, com medidas de 25 cm a 2 metros de altura. A exposição será realizada na Galeria de Arte Paulo Campos Guimarães, na Biblioteca Pública Estadual de Minas Gerais, na Praça da Liberdade. Parte do acervo poderá ser visitado no Setor Braile da Biblioteca, onde poderão ser vistas e sentidas através do toque. A exposição possibilita uma apreciação estética de parte do acervo por pessoas cegas, ou com baixa visão.

Publicidade: Banner Luiz Carlos de Andrade Lima

Atualmente, Rangel se diz numa fase cósmica, na qual investiga as grandes interrogações do ser humano: de onde surgiu e para onde vai. O trabalho do artista é uma escultura lírica, poética, onde revela a expansão da consciência humana, seu evolucionismo, através de formas esguias, vazadas, completadas por miríades de esferas, que podem ser universos ou células. Presente nessas imagens, o homem, que evolve da essência para a razão cósmica. “Puro lirismo, pura poesia escultórica.”

SERVIÇO:

O QUE:
Exposição de Esculturas de Roberto Rangel

QUANDO:
De 04 de fevereiro a 16 de março de 2019
Visitação de segunda a sexta-feira de 8h às 20h e aos sábados de 8h às 12h

ONDE:
Biblioteca Pública Estadual de Minas Gerais
Galeria de Arte Paulo Campos Guimarães
Praça da Liberdade, 21, Funcionários, Belo Horizonte, MG

Outras Informações:

Roberto Rangel, Martinho Campos, 1954

Autodidata, Roberto Rangel começou a desenhar aos 8 anos fazendo perfis de rostos em caixotes. Aos dezesseis, decidiu dar forma aos desenhos através da escultura. Em Contagem, onde então morava, recebeu orientação artística do escultor Pedro Miranda e passou a esculpir em madeira e em pedra-sabão. A partir daí iniciou uma carreira que dura quase 50 anos, sem interrupção, dedicando-se exclusivamente à arte, utilizando madeiras, pedra sabão, mármore, bronze, isopor, concreto, PVC e outros materiais. O trabalho de Roberto Rangel atravessou as fronteiras do Brasil e está pelo menos na Alemanha, Estados Unidos, França, Itália, Portugal e Suíça. No Brasil, já esteve no acervo de diversas galerias em Minas Gerais, no Rio de Janeiro, em São Paulo e no Distrito Federal. O artista também produziu as grandes esculturas do cenário da Opera AIDA, apresentada em 2002, no Palácio das Artes, em Belo Horizonte. Possui 3 grandes monumentos em Minas Gerais, sendo o Cristo em Bom Despacho, a Índia Vaqueira no distrito de Aranha, em Brumadinho, e a Índia Cósmica no Museu Jeca Tatu, em Itabirito. O artista também possui vasto acerto de obra sacra, distribuído em diversas igrejas de Minas Gerais.

Contatos:

Irene Rangel
(31) 4104.0404 | 99147.6666
casa@dellagioia.com.br

Comentários

Deixe um Comentário

O seu endereço de email não será publicado.Campos obrigatórios estão marcados *

*