Home / Arte / Saiba como criar um jardim vertical para decorar sua área externa
Foto: Gabriel Cesar on Visual Hunt / CC BY.
Foto: Gabriel Cesar on Visual Hunt / CC BY.

Saiba como criar um jardim vertical para decorar sua área externa

Você sabe o que é um jardim vertical e como ele pode ser aplicado na sua casa para criar uma decoração mais bonita e natural?

Em áreas ou cidades urbanas, é possível perceber o quanto a natureza vai sumindo do horizonte das pessoas. Alto número de prédios e poucos parques ou praças próximas de um condomínio mostram o quanto esse cenário pode ser “menos verde” a cada dia.

Para contornar essa situação, os proprietários de imóveis buscam maneiras de inserir na sua casa alguns elementos naturais, mesclando entre as tendências decorativas atuais e estruturas que tornem o ambiente mais leve e fresco.

Publicidade: Banner Luiz Carlos de Andrade Lima

As plantas, independentemente da espécie, são ótimas opções para trazer para dentro da sua residência um pouquinho da natureza, de modo que o ar da casa se torne menos urbano e mais natural.

Em vez de utilizar apenas artigos e móveis na organização do seu lar, por que não criar um jardim vertical na área externa ou mesmo dentro do imóvel?

Uma empresa de jardim vertical pode ser contratada para essa finalidade, mas se você deseja criar e o personalizar o seu, algumas dicas podem ajudar nessa atividade.

Por isso, para entender sobre o assunto e conseguir deixar a casa ainda mais bonita e valorizada, siga na leitura deste conteúdo e entenda melhor o conceito do jardim vertical e como ele pode ser aplicado no seu lar.

O que é um jardim vertical?

Um bonito jardim pode compor, facilmente, o cenário de casas que possuem um grande terreno, tendo um gramado com diversas plantas e espécies, recebendo periodicamente uma irrigação automática e outros cuidados pertinentes.

Como é sabido, encontrar imóveis com grandes extensões é cada vez mais difícil.

Além disso, mesmo quando se encontra uma residência com jardim, ela pode ter altos custos para compra ou locação, o que faz com que muitas pessoas que desejavam ter uma área verde em casa desistam dessa possibilidade.

Uma alternativa interessante nesse sentido, e que pode ser aplicada facilmente em um imóvel com menos espaço, por exemplo, é o jardim vertical, que vem ganhando grande destaque no setor decorativo.

Isso porque, com uma estrutura pré moldada fixada na parede, é possível posicionar os vasinhos nela, formando um jardim suspenso, que em vez de ficar posicionado no pavimento, é colocado em áreas mais altas, contribuindo para um cenário natural na casa.

Assim, quem antes não tinha um espaço apropriado para investir no posicionamento de plantas no imóvel, tanto na área externa quanto na interna, pode apostar no jardim vertical.

O uso do jardim vertical pode trazer uma série de benefícios para o imóvel, tais como:

  • Aproveitar espaços pequenos;
  • Diminuir a poluição sonora;
  • Utilizar uma decoração mais green e natural;
  • Economia com condicionamento de ar;
  • Entre outros pontos.

O uso de plantas na sua casa pode ser responsável por decorar uma área, mesmo que ela seja pequena. Ao mesmo tempo, ela diminui a poluição sonora que impacta o interior do seu imóvel.

Isso porque as espécies ficam posicionadas na parede da casa, e retém grande parte dos ruídos de grandes centros urbanos.

Um jardim vertical também é uma ótima maneira de aplicar uma decoração mais verde, mesmo que a casa siga um estilo industrial ou clássico. Assim, é possível posicioná-lo perto de uma janela de vidro, por exemplo, criando um cenário único dentro e fora da casa.

Por fim, as plantas contribuem para um ambiente mais fresco, deixando o clima externo e interno da casa bastante agradáveis. Isso ainda pode trazer economia com aparelhos de ar condicionado, já que a entrada de calor no imóvel é reduzida.

Depois de entender algumas das vantagens do uso de jardim vertical, certamente você desejará montar um desses na sua casa. Mas como fazer isso? As principais dicas podem ser conferidas a seguir.

Dicas para montar um jardim vertical na sua casa

Apesar de grande parte das pessoas pensar apenas na decoração interna da sua casa, a área externa também pode ser beneficiada com elementos para deixá-la mais bonita e agradável.

Umas dessas possibilidades é, justamente, montar um jardim suspenso no quintal, na varanda de vidro, ou na garagem, por exemplo.

Também há quem prefira posicioná-lo em cômodos como a sala de estar, a cozinha ou os quartos.

Para criá-lo, é preciso ter alguns conhecimentos básicos de decoração e de jardinagem, para que ele floresça e possa se desenvolver naturalmente.

1 – Escolha uma área estratégica

Como é sabido, existem diversas espécies de plantas, sendo que algumas delas crescem no sol, outras na sombra ou mesmo nas duas situações.

Por isso, escolha uma área estratégica na sua casa, de acordo com os tipos que você pretende colocar no seu jardim.

Com isso, você garantirá que elas recebam a luminosidade mais indicada, de modo que elas sejam bem cuidadas.

2 – Escolha o tipo de jardim que você deseja

O jardim vertical pode ser feito de diversas maneiras, de acordo com o efeito desejado para a área externa, ou interna, da sua casa.

Assim, você pode optar por uma estrutura completamente verde, que cobrirá toda a parede e o suporte do jardim. Para isso, é indispensável escolher espécies mais volumosas, com uma grande quantidade de folhas.

Outra opção é justamente escolher um jardim florido, com vasos suspensos. Você pode optar por diferentes tipos de flores, e cultivá-las adequadamente para que estejam sempre belas.

Uma pequena horta também pode ser uma alternativa interessante. Além de cultivar temperos especiais, você pode apostar na plantação de alguns vegetais, colhendo alimentos orgânicos na sua casa.

3 – Optar por espécies perenes

Você já ouviu falar em plantas perenes? Elas possuem maior durabilidade, sendo que um destaque especial dessas espécies é justamente que as suas folhas não caem, independentemente da estação. Elas florescem a cada dois anos.

Alguns exemplos são: a papoula, o hibisco, a azinheira e o sobreiro. Ao optar por essas espécies, além de desfrutar de um jardim sempre bonito, os cuidados são mais fáceis, e a sujeira natural pode ser bem menor do que com outras flores.

4 – Estime o peso dos vasos

Não se esqueça de estimar o peso dos vasos que você colocará no seu jardim vertical.

Afinal, a estrutura que será colocada na parede deve suportar o peso de todos eles, para que a parede ou o suporte não sejam danificados.

5 – Cuide da irrigação

Para manter as suas plantas sempre hidratadas e crescendo, é preciso irrigá-las periodicamente, conforme a necessidade de cada espécie.

Afinal, a quantidade de água pode variar de um tipo para outro, precisando saber o quanto molhar cada uma delas idealmente.

Um investimento válido pode ser a instalação de um irrigador automático, onde o acionamento do aspersor para jardim é feito por uma programação, permitindo que as plantas recebam água em diferentes períodos do dia.

Além de tornar os cuidados mais fáceis, o sistema de irrigação pode contribuir para que as plantas não sejam prejudicadas mesmo que o proprietário precise se ausentar por vários dias, por exemplo.

6 – Esteja atento às características do ambiente

A depender de onde você pretende posicionar os vasos de plantas escolhidos, é fundamental perceber as características do ambiente.

Assim como algumas espécies não resistem ao frio, outras precisam estar na sombra, de modo que, em diferentes estações do ano, pode ser necessário posicioná-las em outro local.

Para quem fez o fechamento de varanda com vidro no seu apartamento, e deseja colocar um jardim vertical na área, isso pode ser mais fácil. Afinal, é possível protegê-las das geadas frias ao deixar o local fechado.

7 – Contrate uma empresa especializada

Se você quer um jardim vertical, mas não deseja montá-lo pessoalmente, uma boa dica é encontrar empresas especializadas no segmento.

Afinal, elas poderão indicar as melhores paredes da sua área externa e os tipos de plantas mais apropriados, além de passar instruções sobre os cuidados com cada espécie, para que você consiga aplicar a manutenção de modo correto.

Periodicamente, você também pode contratar os serviços do estabelecimento para uma remodelagem do seu jardim vertical, cultivando novas plantas e modernizando o seu imóvel.

Bônus: Como fazer vasos caseiros?

Se você possui alguns materiais que restaram de uma obra feita na sua casa, que tal fazer alguns vasos caseiros para plantar as suas espécies?

Além de deixá-los personalizados, você ainda economiza na aquisição desses recipientes. Um perfil de PVC, garrafas pet e até mesmo alguns potes de vidro podem ser utilizados para plantar sementes.

Você pode pegar esses materiais e serrá-los (no caso dos itens de plástico) na altura indicada para a espécie que você pretende cultivar. Não se esqueça de fazer furinhos para o escoamento da água.

Depois, você pode fixá-las na estrutura do seu jardim vertical, com a ajuda de arcos de alumínio ou cabos de aço, deixando-os bem posicionados na estrutura.

Com as dicas mencionadas neste conteúdo, é possível criar um ambiente mais verde na área externa do seu imóvel, contando com uma decoração natural e bonita, ao mesmo tempo em que sua casa é valorizada com um jardim vertical.

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

Comentários

ocê sabe o que é um jardim vertical e como ele pode ser aplicado na sua casa para criar uma decoração mais bonita e natural? Em áreas ou cidades urbanas, é possível perceber o quanto a natureza vai sumindo do horizonte das pessoas. Alto número de prédios e poucos parques ou praças próximas de um condomínio mostram o quanto esse cenário pode ser “menos verde” a cada dia. Para contornar essa situação, os proprietários de imóveis buscam maneiras de inserir na sua casa alguns elementos naturais, mesclando entre as tendências decorativas atuais e estruturas que tornem o ambiente mais leve…

Revisão Geral

Excelente!!

Sumário : Avalie o artigo! Agradecemos sua participação!!

Avaliação do Usuário: 4.75 ( 1 votos)

Um comentário

Deixe um Comentário

O seu endereço de email não será publicado.Campos obrigatórios estão marcados *

*