Home / Arte / Samba ganha exposição temática com coletivo Entreartes

Samba ganha exposição temática com coletivo Entreartes

O samba ganha homenagem na nova exposição do coletivo Entreartes, que será aberta dias 10 e 12 de agosto, na Sala Carlos Couto, ao lado do Theatro Municipal de Niterói, RJ. Bia Torres, Cesar Coelho Gomes, Lia Berbert, Renata Barreto, Rudi Sgarbi e Wil Catarina mostrarão trabalhos inspirados no ritmo, em “Samba na alma, samba no pé”, que tem entrada franca e vai até 28 de setembro.





“Desafiamos os artistas a traduzir, cada um através de sua poética, um pouco desse espírito, que fala muito de miscigenação, de integração e de resistência que são próprias do nosso país. Eles foram convidados a pensar como traduzir esse nosso patrimônio cultural tão alegre e tão brasileiro”, explica a curadora da mostra, Ana Schieck.

Se Bia Torres pinta em tamanho natural a elegância do sambista na marcação do pandeiro, Cesar Coelho Gomes joga luz e dá novos contornos aos músicos que embalam o ritmo. Por sua vez, Lia Berbert puxa versos de canções registradas na memória para colocar na roda desenhos florais, formas orgânicas e geométricas, homenageando clássicos como “Trem das onze”.

Na exposição, Renata Barreto traça com bordados a história da música brasileira e a influência africana, no Rio e na Bahia. Ela batiza de “Mulheres no samba” a série de quadros que faz a conexão com a ancestralidade e a força feminina, nas cores e nos movimentos de dança.

Clementina de Jesus, Adoniran Barbosa, Cartola e Donga recebem a reverência de Rudi Sgarbi. Ele usa interferências digitais e um toque azul de aquarela para realçar a importância dos mestres no altar dos compositores. Já a artista Wil Catarina retrata temas que também são a cara do samba, como a feijoada, o violão, a passista e a carioca Pedra do Sal, berço dos primeiros encontros musicais.

“Samba na alma, samba no pé” é a 12ª edição do Entreartes – Coletivo de Arte. Idealizado pela produtora cultural Cacau Dias, o projeto valoriza os artistas locais e foi contemplado pela Lei Municipal de Incentivo à Cultura (Lei 3182/15). O Complexo Hospitalar de Niterói (CHN) apoia o trabalho do coletivo, sendo o incentivador das quatro edições contempladas pelo edital. A exposição pode ser visitada até 28 de setembro, com samba na alma e também no pé.

Serviço
Abertura da exposição: 10 de agosto, das 13h às 17h.
Visitação: de 12 de agosto até 28 de setembro, às terças e quintas, das 10h às 16h.
Local: Sala Carlos Couto – Rua Quinze de Novembro, 35 – Centro, Niterói – RJ.

Deixe um Comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *

*