Home / Destaques / Servido? Conheça a história dos restaurantes
Restaurante. Foto: Divulgação / MF Press Global.
Restaurante. Foto: Divulgação / MF Press Global.

Servido? Conheça a história dos restaurantes

Dani Borges. Foto: Divulgação / MF Press Global.

Dani Borges. Foto: Divulgação / MF Press Global.

Em qualquer lugar do mundo, quem observa um ambiente onde há mesas, cadeiras, e, principalmente, refeições, não vai ter dúvidas: ali existe um restaurante. Independente do idioma, da cultura ou do local onde está instalado, o fato é que nossa mente permite reconhecer aquele ambiente ideal para se alimentar.

Mas se hoje o restaurante é algo tão comum, até o final do século XVIII a história revela que até então a situação era completamente diferente. Há alguns vestígios que dão conta de que em Roma havia tavernas que serviam comidas e bebidas aos visitantes. “Porém, do modo como conhecemos, serviços onde alimentação é comercializada, demorou todo este tempo para surgir de fato”, revela a nutricionista Dani Borges.

Publicidade: Banner Luiz Carlos de Andrade Lima

Naquela época, conta Dani, “as refeições não eram selecionadas como atualmente, tanto é que se preparava uma diferente por dia e preço fixo para aqueles que estivessem longe de suas casas”. Além disso, “um dos principais objetivos desses estabelecimentos ser servir bebidas alcoólicas. Outra curiosidade é que as refeições poderiam variar de acordo com o país e não eram tão sofisticadas como é atualmente. Elas apenas serviam para acompanhar as bebidas. Aliás, a nobreza não frequentava esses locais, mas degustava as comidas preparadas pelo cozinheiro real”.

No entanto, existem duas versões para explicar o surgimento dos restaurantes na forma como é conhecido atualmente. As duas situadas em Paris. “Uma conta que o primeiro restaurante surgiu em 1765, por um vendedor de sopa chamado Boulanger. Ele servia um caldo chamado bouillon restaurant (restaurador) destinado àqueles que se sentiam fracos ou cansados fisicamente”, revela a nutricionista. Mas há uma segunda versão, apontada pela pesquisadora Rebecca Spang, do London College, “que atribui o primeiro restaurante ao francês Roze de Chantoiseau, em 1766”, pontua Dani.

Fato é que, depois desse momento, várias outras lojas com esta proposta de comercializar alimentos surgiram na França logo depois da Revolução Francesa, em 1789. “Afinal, o movimento reforçava os ideais de liberdade e igualdade, e naquele momento, muitos cozinheiros estavam sem emprego depois que os nobres perderam suas propriedades, então eles estavam dispostos a abrir seus estabelecimentos”, observa Dani.

A título de curiosidade, o primeiro restaurante no formato atual, onde há clientes escolhendo porções individuais em um cardápio, aguardando em suas mesas, com horários fixos ou não, foi o “Grand Taverne of London”, fundado em 1782 por Antoine Beauvilliers, na rua de Richelieu, em Paris. Na mesma época, os restaurantes começaram a se espalhar rapidamente nos Estados Unidos.

Já o restaurante mais antigo do Brasil, conta Dani, fica em Pernambuco, num histórico casarão na Praça Joaquim Nabuco, em Recife. “Criado em 1882, ele existe até hoje e está em pleno funcionamento”, completa.

Deixe um Comentário

O seu endereço de email não será publicado.Campos obrigatórios estão marcados *

*