Home / Arte / Últimos dias: “SPRAY DO BEM”, artistas de Street Art se mobilizam na luta contra o Covid-19

Últimos dias: “SPRAY DO BEM”, artistas de Street Art se mobilizam na luta contra o Covid-19

Campanha lançada no início de abril já arrecadou mais de uma tonelada de alimentos para serem doados para a população de rua. A ação é uma parceria com a Cruz Vermelha.

Lançada no início de abril, a campanha “SPRAY DO BEM”, idealizada pelas galerias Casa Jacarepaguá e Galeria Crua, encerra na primeira semana de maio. Com mais de 50 latas vendidas, a ação, que conta com a parceria da Cruz Vermelha, já soma mais de uma tonelada em doações de alimentos e kits de higiene para a população em situação de rua. A iniciativa convocou diversos artistas a dar uma nova vida a latas de spray, tornando-as obras de arte. Metade do valor arrecadado com a venda das peças é dedicada aos mais necessitados e afetados pelas consequências do novo Coronavírus.

Publicidade: Banner Luiz Carlos de Andrade Lima

Devido ao sucesso da ação no sul-sudeste do país, instituições como Além da Rua – Festival Internacional de Artes e Conexões, a ONG Velaumar e o Instituto Iracema, se uniram ao projeto e convocaram mais 20 artistas cearenses para a produção de latas. O auxílio será recebido pelos moradores do Poço da Draga, comunidade de grande vulnerabilidade social de Fortaleza – CE. Artistas locais como Bruna Beserra, Dinha, Almeida Luiz, Laura Holanda, Thyagão, entre outros fazem parte da iniciativa.

Os artistas Gen Duarte, Fabiano Senk, Feik Frasão, Ciro Schu, Tikka Meszaros, Guiga, Leiga, Leonardo Dogh, Júlio Vieira, Nem, Mônica Barbosa, Leiga, Ricardo Akn, G.G. Sustos, Ondas Mar, Kelly Reis, entre outros, foram os primeiros representantes do “SPRAY DO BEM”.

Os criadores desta mobilização são os galeristas José Brazuna, da Casa Jacarepaguá, e, Gen Duarte, da Galeria Crua. “A gente anda bem agoniado com a situação de quem vive nas ruas, e, vem discutindo diariamente em como – do “cativeiro” – ter ideias criativas para ajudar nesta crise. E, poxa, logo o nosso mercado, que tem seu DNA nas ruas, agora trancado”, comenta Brazuna. “Normalmente o artista de street-art têm uma ligação muito forte com as populações de ruas, fragilizadas”, complementa ele.

“Foi assim que surgiu a ideia da mobilização online, de usar a lata de spray, tão presente em nossa arte de rua. Na quarentena de nossas casas e ateliês, resolvemos pegar este suporte para criar arte como uma forma de movimentar e ajudar quem está vulnerável, nas ruas, que são normalmente os grandes suportes para nós, do Street-art”, complementa Gen Duarte.

Sobre as galerias

Casa Jacarepaguá – Dedicada ao universo do streetart, a Casa Jacarepaguá, criada em 2015, realiza diversas exposições da cena e já participou de feiras como Feira Parte 2016 e 2017, SP-Arte 2018 e Arte-BH 2018. Artistas como Sérgio Free, Senk, Ciro Schu, Caligrapixo, Gen Duarte e Fabio Biofa já ocuparam a galeria, que hoje está instalada em um galpão de 400m², com pé direito de 8m, localizado no Butantã, bairro de São Paulo – SP.

“A Casa Jacarepaguá tem em seu DNA o street art. Temos orgulho de estar 100% focados neste mercado, e ter o prazer de promover encontros como estes, de artistas de origens díspares, mas, com obras que conversam tão bem entre si”, diz Brazuna.

Galeria Crua – Galeria de arte, espaço cultural e ateliê, do artista Gen Duarte, a Crua surge na região central de SP com objetivo de ser mais que uma galeria, mas um local de produção, divulgação e comercialização de arte. É dedicada às manifestações de diferentes naturezas, como artes visuais e música.

“Reviver o centro da cidade com exposições, performances e atrações musicais: este é o objetivo da Galeria Crua, um ambiente múltiplo com espaço cultural, galeria de arte e bar”, segundo Gen Duarte, que transformou seu ateliê, no bairro de Campos Elíseos, neste espaço multicultural.

Serviço:
“SPRAY DO BEM”
Exposição e compras online nas contas de instagram: @casajacarepagua e @galeriacrua ou pelos telefones abaixo
11-97158-9878 (Casa Jacarepaguá)
11-97462-4925 (Galeria Crua)
Obras produzidas ficarão disponíveis até o final do mês de abril

Comentários

Deixe um Comentário

O seu endereço de email não será publicado.Campos obrigatórios estão marcados *

*