Home / Arte / Uma rara iconografia italiana de São Francisco no MNBA
La Madonna del latte con i SS. Sebastiano, Rocco, Francesco e Antonio da Padova, Cola dell’Amatrice, séc XVI, óleo s/ tela, 48x75cm. Foto: Divulgação.

Uma rara iconografia italiana de São Francisco no MNBA

Obras de importantes coleções italianas, que datam dos séculos XV a XVII, traduzem as fases mais relevantes da representação de São Francisco na arte. Mostra inclui um passeio virtual à Basílica Superior de Assis, na Itália

Poucos santos católicos possuem tanta ressonância ainda nos dias de hoje como São Francisco de Assis (Assis, 1182 – 1126). Sua carismática efígie, identificada com uma vida mais simples e frugal, pelo amor à natureza, continua inspirando o imaginário coletivo, mesmo séculos após sua morte.

Agora, pela primeira vez uma importante iconografia dedicada ao religioso poderá ser vista, a partir de 5 de novembro, no Museu Nacional de Belas Artes/Ibram/MinC, dentro da exposição “São Francisco na Arte de Mestres Italianos”.

Este valioso acervo de arte renascentista e barroca vai apresentar obras de mestres como Tiziano Vecellio, Perugino, Orazio Gentileschi, Guido Reni, Guercino, Carracci e Cigoli. Pertencentes à coleções de 15 museus de 7 cidades italianas: Galleria Corsini, Palazzo Barberini, Musei Capitolini, Museo di Roma, Museo Francescano dell’Istituto Storico dei Cappuccini (Roma); Pinacoteca Civica, Sacrestia della chiesa di San Francesco, Convento Cappuccini (Ascoli Piceno); Museo Nazionale d’Abruzzo (L’Aquila), Galleria Nazionale dell’Umbria (Perugia); Istituto Campana per l’Istruzione permanente (Osimo); Museo Civico (Rieti), Pinacoteca Nazionale (Bolonha) e Duomo di Novara (Novara).

Com 20 trabalhos produzidos entre os séculos XV e XVII, a exibição “São Francisco na Arte de Mestres Italianos” tem curadoria do especialista em História da Arte, Giovanni Morello – que idealizou e curou diversas exposições de arte antiga na Itália, no Vaticano e outros países e integra a comissão permanente de tutela dos monumentos históricos e artísticos da Santa Sé – e do professor Stefano Papetti, diretor da Pinacoteca Civica Di Ascoli, na Itália.

Ambos prepararam uma exposição na qual se poderá apreciar nada menos do que as fases mais relevantes da representação de São Francisco, por meio de telas que se integraram à cultura local de toda uma época, repletas de valores artísticos, históricos e simbólicos.

Para diretora do MNBA, Monica Xexéo, “a exposição vai possibilitar a fruição de obras de arte que nunca estiveram antes no Brasil, verdadeiros tesouros culturais da humanidade, e assim contribuir para a democratização e o acesso à cultura”.

Publicidade: Banner Luiz Carlos de Andrade Lima

Atrações

Na mostra “São Francisco na Arte de Mestres Italianos”, destacam-se os quadros “San Francesco ricevelestimmate” (1570), de Tiziano Vecellio; “San Francesco sorretto da unAngelo” (primeira metade do séc. XVII), de Orazio Gentileschi; “San Francesco d’Assisisi e quattro disciplinati” (1499), de Perugino; “San Francesco confortato da un angelo musicante” (1607-1608), de Guido Reni, que também pintou a Bandeira de Procissão “Francesco riceve le stimmate (frente); San Francesco predica ai confratelli (verso)” (séc. XVII); e “San Francesco riceve le stimmate” (1633), de Guercino.

Ampliando uma experiência imersiva e única, haverá uma sala de Realidade Virtual, que vai transportar o visitante para a Basílica Superior de Assis (1228), na Itália, com o uso de óculos de tecnologia 3D.

Será possível caminhar por uma das mais importantes e belas basílicas daquele país e conhecer obras-primas do pintor italiano Giotto (1267-1337), artista símbolo dos períodos medieval e pré-renascentista.

Depois de passar pela Casa Fiat (Belo Horizonte), onde foi inaugurada em agosto, a exposição “São Francisco na Arte de Mestres Italianos” ficará em cartaz no MNBA até 29 de janeiro de 2019.

A exposição “São Francisco na Arte de Mestres Italianos” foi idealizada pela diretora do MNBA, Monica Xexéo, e produzida pela Base 7.

Serviço
Exposição “São Francisco na arte de mestres Italianos”, no MNBA.
Período: 6 de novembro de 2018 (abertura para o público) até 27 de janeiro de 2019
Visitação: de terça a sexta, das 10h às 18h; e aos sábados, domingos e feriados, das 13h às 18h.
Ingressos: R$ 8,00 inteira, R$ 4,00 meia e ingresso família (para até 4 membros de uma mesma família) a R$ 8,00. Grátis aos domingos.
Museu Nacional de Belas Artes: Avenida Rio Branco, 199 – Cinelândia
Tel: (21) 3299-0600.

.

Assessoria de imprensa do MNBA – Nelson Moreira Jr

Visite o site: www.mnba.gov.br
Curta a nossa fanpage: www.facebook.com/MNBARio
Inscreva-se no canal doYoutube: MNBARio

Comentários

Deixe um Comentário

O seu endereço de email não será publicado.Campos obrigatórios estão marcados *

*