Home / Arte / Vernissage dos Adotados no CCJ
Evento idealizado pelo Centro Cultural Jerusalém (CCJ), em parceria com o Projeto Adotados. Foto: Divulgação.
Evento idealizado pelo Centro Cultural Jerusalém (CCJ), em parceria com o Projeto Adotados. Foto: Divulgação.

Vernissage dos Adotados no CCJ

A arte em forma de um recomeço. Uma vernissage que traduz autoestima, redescobertas e superação através de pinturas nas telas. O evento idealizado pelo Centro Cultural Jerusalém (CCJ), em parceria com o Projeto Adotados, acontecerá no próximo dia 31, à partir das 9h. Ao todo serão exibidas 110 pinturas que estarão disponíveis para venda com mais 10 telas que serão pintadas ao vivo.

Publicidade: Banner Luiz Carlos de Andrade Lima

Os artistas são pessoas que foram recuperadas das ruas, da criminalidade e dos vícios, sendo “adotados” por este projeto que já existe há dois anos e que tem como sede/abrigo, um sítio em Capivari, em Duque de Caxias, onde os adotados são acolhidos numa nova moradia, recebem alimentação, tratamentos médicos, ajuda espiritual e aprendem uma nova profissão através de medidas de incentivo pelos idealizadores. “Os convidados especiais para estes artistas serão os familiares. A vernissage dos adotados vem para mostrar às famílias de que sim, sempre haverá uma segunda chance para recomeçar. Nossa missão é recuperar pessoas e mostrar o quanto elas têm valores”, conta Gabriela Marques, uma das idealizadoras do Projeto.

A Vernissage será aberta com um coffee break. No cronograma estão os vídeos sobre o projeto e os bastidores da produção das peças; uma oração em homenagem aos adotados; os relatos de vida de alguns deles; pintura livre em cerâmica para a interação com convidados e curso de pintura em tela.

A visitação em torno na Maquete de Jerusalém deverá ser agendada previamente pelo telefone do CCJ, pelo número: (21) 2582-0140.

O ingresso custa R$ 25 e o espaço dispõe de estacionamento gratuito. O uso e máscaras é obrigatório. O Centro Cultural Jerusalém fica na Avenida Dom Hélder Câmara, 4242, em Del Castilho.

Deixe um Comentário

O seu endereço de email não será publicado.Campos obrigatórios estão marcados *

*